Jeová é a mesma pessoa que Cristo? De onde vem o nome?

Pergunta

Por que o nome do nosso Salvador, Jesus Cristo, é escrito e transcrito das Escrituras Hebraicas como “Yahweh? (Javé)” Qual é a conexão com Jesus e Jeová?

Entendo que há uma grande importância em um nome. O pai disse a Moisés o deveria ser compartilhado com seu povo no hebraico. Porque é que o nome mudou? Jeová é a mesma pessoas que Jesus? De onde vem esse nome?

Resposta

A Palavra, Yahweh, é um modo em hebraico de escrever Senhor. Esta palavra foi escrita em hebraico sem os pontos das vogais e apenas as quatro consoantes foram usadas.

Por causa de sua natureza sagrada, não devia ser pronunciada pelos hebreus. Sem os pontos vogais não temos ideia de como teria sido pronunciada originalmente.

“As quatro consoantes são escritas de diversas maneiras IHVH, JHVH, JHWH, YHVH, YHWH. Tendo havido numerosas maneiras de reproduzir a suposta forma original, como Jahaveh. Jahvah, Jahve, Javeh. Yahve, Yahveh, Yahwe, Yahweh, etc” (Joseph Fielding Smith Jr., Doutrinas de Salvação, Vol.3, p.122, notas de rodapé).

Essa palavra é representada no Antigo Testamento por “Jeová”. Na tradução do Rei Tiago do Antigo Testamento, em todos, exceto quatro casos, a palavra Jeová é traduzida como ‘SENHOR’ em letras maiúsculas.

a expiação

Se apenas a primeira letra está em letra maiúscula, como ‘Senhor’, a palavra é traduzida do hebraico como Adonai, que é um título de respeito e não necessariamente refere-se à Deidade. Como exemplo, veja Gênesis 18:1-3, abaixo:

“Depois, apareceu-lhe o Senhor nos carvalhais de Manre, estando ele assentado à porta da tenda, no calor do dia.

E levantou os seus olhos, e olhou, e eis que três homens estavam em pé junto a ele. E vendo-os, correu da porta da tenda ao seu encontro, e inclinou-se à terra,

E disse: Meu Senhor, se agora achei graça aos teus olhos, rogo-te que não passes de teu servo”.

A palavra Jeová ou Senhor no Antigo Testamento, refere-se ao Senhor pré-mortal, Jesus Cristo, que é o Deus desta Terra sob a administração do Pai.

Jeová se apresentou aos antigos como Deus Todo-Poderoso, que se referiria ao Pai. No entanto, Ele esclareceu a Moisés quem era e pelo nome que ele era conhecido. Em Êxodo 6:3 lemos,

“E eu apareci a Abraão, a Isaque, e a Jacó, como o Deus Todo-Poderoso, mas pelo meu nome, JEOVÁ, não lhes fui perfeitamente conhecido”.

As palavras de Zacarias esclarecem que Jeová é realmente o Salvador pré-mortal:

“Naquele dia o Senhor protegerá os habitantes de Jerusalém; e o que tropeçar entre eles naquele dia será como Davi, e a casa de Davi será como Deus, como o anjo do Senhor diante deles.

E acontecerá, naquele dia, que procurarei destruir todas as nações que vierem contra Jerusalém;

Porém sobre a casa de Davi, e sobre os habitantes de Jerusalém, derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim, a quem transpassaram; e prantearão por ele, como quem pranteia pelo unigênito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito” (Zacarias 12:8-10).

Nesta passagem, fica claro que o SENHOR (Jeová) está falando e referindo-se a si mesmo na primeira e na terceira pessoa.

Ele diz que “eles devem e olharão para mim, a quem transpassaram; e prantearão por ele, como quem pranteia pelo unigênito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito”, identificando claramente a si mesmo como o Salvador que seria crucificado.

Arte: A Savior is Born – Joseph F. Brickey

Quando Jesus nasceu na mortalidade da Virgem Maria, o anjo do Senhor apareceu a José e lhe disse que a criança deveria ser chamada de Jesus (Mateus 1:20-21).

Porém, novamente estamos falando da Bíblia na língua inglesa que foi traduzida do grego original.

Jesus é uma tradução da palavra grega Iesous, e Iesous é a tradução grega do hebraico Yeshua.

A tradução em inglês de Yeshua é Joshua. Então o Salvador provavelmente era chamado de Yeshua pelos seus contemporâneos.

E se tivéssemos recebido o Novo Testamento como uma tradução do hebraico ao invés do grego, o Salvador provavelmente teria sido conhecido por nós como Josué o Messias (do hebraico), em vez de Jesus O Cristo (do grego).

o salvador e minha doença crônica

No Livro de Mórmon, o Senhor revelou a Néfi, cerca de 550 anos antes do nascimento do Salvador que ele seria chamado de Jesus Cristo, o Filho de Deus (2 Néfi 25:19) e novamente temos um problema de tradução.

Néfi falava hebraico, mas ele registrou seus escritos na língua egípcia. Assim, nas placas do Livro de Mórmon, a inscrição para as palavras, Jesus Cristo, era sem dúvida o equivalente egípcio de Josué o Messias.

Essas palavras egípcias escritas em placas de metal por Néfi foram traduzidas para o inglês por Joseph Smith “pelo dom e poder de Deus”.

Então, é coerente que o termo em inglês para Joshua ou Yeshua seja usado para dar significado e compreensão à passagem em inglês.

Fonte: Ask Gramps

| Para refletir

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *