Como ter “bom ânimo” em tempos difíceis

Em todas as escrituras, os seguidores de Jesus Cristo foram convidados a ter “bom ânimo”.

Paulo recebeu esse convite quando foi ferido e preso por homens iníquos. E na noite seguinte, o Senhor apareceu para ele e disse,

“Paulo, tem bom ânimo; porque, como de mim testificaste em Jerusalém, assim te é necessário testificar também em Roma” (Atos 23:11).

Os que acreditavam em Cristo na América antiga seriam mortos se o sinal do nascimento de Cristo não aparecesse no céu, mas foram confortados ao ouvir a voz do Senhor dizendo,

“Levanta a cabeça e tem bom ânimo; pois eis que é chegada a hora e esta noite será dado o sinal; e amanhã virei ao mundo para mostrar ao mundo que cumprirei tudo aquilo que fiz com que fosse dito pela boca de meus santos profetas” (3 Néfi 1:13).

Enquanto Joseph Smith e os primeiros líderes da Igreja trabalhavam para estabelecer a restauração da Igreja de Cristo, eles constantemente eram relembrados de permanecer otimistas em relação à suas fraquezas e erros.

Arte: Kim Yongsung

E não podeis suportar tudo agora; contudo, tende bom ânimo, porque eu vos guiarei. Vosso é o reino e são vossas as suas bênçãos e são vossas as riquezas da eternidade” (Doutrina e Convênios 78:18).

Em nossos dias, o Senhor continua a oferecer este convite. O Presidente Thomas S. Monson disse,

“Meus amados irmãos e irmãs, não temam. Tenham bom ânimo. O futuro é tão brilhante quanto sua fé.”

Com tantas evidências de que o Senhor deseja que permaneçamos esperançosos e felizes, pode ser frustrante quando temos experiências diferentes.

O mundo ao nosso redor tem uma necessidade extrema do amor e da misericórdia de Cristo. Muitos encaram problemas financeiros, angustias emocionais, dores físicas e discórdias familiares.

Sabemos que os últimos dias serão terríveis enquanto a influencia do adversário se torna cada vez mais forte. Como podemos seguir o chamado do Salvador para ter bom ânimo quando sentimos tudo, menos ânimo? Veja quatro ideias que podem nos ajudar a começar o processo.

Aceite a graça de Deus

Ao encarrar provações e tribulações, frequentemente sentimos uma grande necessidade de aumentar nossos esforços em uma tentativa de sair daquela situação.

Enquanto o Senhor certamente quer que façamos o nosso melhor para seguir Seus mandamentos e agir de acordo com a Sua vontade, Ele também quer que tenhamos paz em Sua grande graça.

Em alguns casos, não teremos controle ou a habilidade de fazer uma mudança drástica de nossas circunstâncias.

Quando esses momentos chegam, devemos tentar deixar o controle nas mãos de Cristo. Podemos ficar envolvidos em tantas coisas.

Ao aceitar a graça de Deus, seremos mais gentis conosco, seremos mais gentis com os outros e encontraremos paz em saber que a graça de Deus está sobre todas as pessoas e todas as coisas.

Eventualmente, o poder do Senhor consertará todas as coisas. Internalizar essas verdades eternas pode nos ajudar a encontrar confiança na bondade de Deus, ao mesmo tempo que clareia nossa perspectiva para vermos os raios de bondade que permanecem em nossa vida.

Encontre um propósito

Enquanto algumas experiências que teremos não serão tão agradáveis, elas podem ser usadas para um bem eventual ou para o bem de outros.

Tente dar um passo para trás da posição em que está e descobrir o que pode aprender, o que pode fazer e como Deus pode usar você.

Quando falamos sobre crescer e aprender com as provações, podemos facilmente nos tornar egoístas. É verdade que somos refinados pela vida, mas não é somente para o nosso orgulho ou aperfeiçoamento.

Deus nos refina para que possamos ser usados em seu plano. A consagração abnegada de nossas vidas para Deus é a maior fonte de alegria. Isto é o oposto do que o mundo nos ensina.

Desenvolva hábitos felizes

Pense ativamente em maneiras que pode trazer a luz para a sua vida. Ler as escrituras, orar e ministrar podem manter a luz do evangelho brilhando.

Reserve um tempo para pensar sobre o que traz momentos de paz e descanso para você. Pode ser uma caminhada, ouvir a sua música favorita, aprender uma nova habilidade ou passar um tempo com as pessoas que ama.

Não importa o que seja, faça sempre. Se programe e reserve um tempo para essa atividade. Quando as coisas ficarem difíceis, tente não se voltar para algo que entorpeça ou que cubra você com mais escuridão.

Nem sempre teremos a energia que queremos para agir, mas até mesmo os menores esforços podem ser magnificados pelo poder de Deus.

Olhe para Cristo

Jesus Cristo é a fonte de tudo o que é bom. Quando Sua voz chegou aos que acreditavam Nele na antiga América, Ele os convidou a levar suas cabeças.

Ao manter os olhos em Cristo, receberemos a clareza sobre como podemos balancear as dores de nossa vida com os milagres. O Élder Yoon Hwan Choi nos ensinou:

“Não é fácil reconhecer o amor do Pai Celestial quando olhamos a nosso redor com nossos olhos terrenos, porque vemos primeiro as inconveniências, as perdas, os fardos e a solidão. Por outro lado, podemos ver as bênçãos futuras quando olhamos para cima.”

Olhe para Cristo em cada pensamento. Nós ainda sofreremos com dores e perdas. Seremos convidados, assim como Ele foi, a andar por caminhos cruéis e injustos.

No entanto, ter bom ânimo significa estar seguro e confiante em Cristo. Quando permitirmos que esta verdade entre em nossos corações, a paz e a alegria eventualmente serão nossas para sempre.

Fonte: LDS Daily

Relacionado:

Como você pode responder às necessidades que não pode ver?

| Para refletir

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *