A máscara que todos amam

“Portanto, meus amados irmãos, todo homem seja pronto para ouvir, tardio para falar…” – Tiago 1:19

Vocês conseguem acreditar nesta montanha-russa histórica e pandêmica em que todos estamos? Que viagem global mais louca. Espero que estejam bem. Vamos ter muitas histórias para contar aos nossos bisnetos. Por exemplo, vemos pessoas usando máscaras dentro dos bancos, e eles não são ladrões!

Espero que possamos ficar alertas e preparados para o que pode acontecer nos próximos anos. Compartilhamos fé e conexão em todo o mundo. Vamos vencer essa situação.

Eu estava pensando em outro tipo de máscara recentemente: a máscara de oxigênio. Meus pensamentos foram inspirados por esta citação do falecido, grande Stephen R. Covey, que disse:

“Quando você realmente ouve outra pessoa pelo ponto de vista da pessoa e reflete de volta a mesma compreensão, é como lhe dar oxigênio emocional.”

Sim.

Quando escutamos profundamente os outros, é como se estivéssemos gentilmente estendendo máscaras de oxigênio a eles. Podem respirar melhor, respirar mais fundo. Seus “pulmões emocionais” podem ser enchidos completamente. Eles podem relaxar. Eles podem ficar tranquilos.

Estas são as máscaras que todos querem.

Anos atrás, Jack Klugman, um ator, estrelou um show divertido e engraçado (e dentro dos padrões! Você pode encontrá-lo no YouTube) chamado The Odd Couple, O Casal Estranho. Disseram que o Jack era um ator fácil de ser dirigido. Ele só queria uma coisa. Ele queria saber qual era “a única coisa que o personagem precisava” em qualquer cena em particular. Ele assumia o controle a partir daí e tudo ia bem.

Uma coisa que cada um de nós precisa, durante as cenas do filme de nossas vidas, é ser ouvido e compreendido. Precisamos de oxigênio emocional. Temos também de o oferecer aos outros.
É mais fácil ser generoso com oxigênio emocional enquanto penso nisso: “todo mundo usa uma placa invisível que diz ‘reparem em mim. Façam com que eu me sinta importante”. (H. Jackson Brown, Jr.)

Isso parece familiar para você? É para mim.

Há muitas maneiras de fazer os outros se sentirem importantes. Ouvir com atenção é uma das melhores coisas, não é? Ouvir ajuda os outros a reconhecer o seu valor inerente, onde quer que estejam na vida.

Esta citação é tão profunda:

“O início do amor é deixar que aqueles que amamos sejam perfeitamente eles mesmos, e não torcê-los para que se ajustem à nossa própria imagem. Caso contrário, amamos apenas o reflexo de nós mesmos que encontramos neles.” – Thomas Merton.

Máscaras físicas podem nos lembrar de máscaras de oxigênio emocional. Podemos distribuí-los por todo o lado! Fazemos isso enquanto escutamos com nosso coração pleno, nossa compaixão plena, nosso amor pleno, e nosso desejo pleno de entender.

Fonte: Meridian Magazine

Relacionado:

Quando as reuniões voltarem, que possamos ver pessoas e não apenas máscaras

| Para refletir

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *