11 de setembro: 20 anos após o ataque terrorista e as histórias dos missionários

Há 20 anos, um dos mais impactantes ataques terroristas da história aconteceu nos Estados Unidos. Quatro aviões foram sequestrados na costa leste do país. Dois deles atingiram as Torres Gêmeas na cidade de Nova Iorque, outro foi jogado no Pentágono e o último caiu em uma área desabitada. As experiências daquele 11 de setembro de 2001 ficaram na memória de todos.

Missionários na cidade de Nova Iorque

Aquela terça-feira deveria ter sido um dia de transferência para os missionários da Missão Nova Iorque Nova Iorque Norte e os que estavam terminando suas missões voltariam para casa.

Mas o Presidente Noel G. Stoker se sentiu inspirado a enviar todos os 18 missionários para casa uma semana antes – para que pudessem aproveitar melhores oportunidades de estudo.

Quando o primeiro avião atingiu as Torres Gêmeas naquela manhã, às 8:46, os missionários que permaneceram no campo terminavam seus estudos e estavam prestes a sair de casa. Mas foram rapidamente avisados a permanecerem em seus apartamentos e avisarem suas famílias.

20 anos após o ataque de 11 de setembro

Na Missão Nova Iorque Nova Iorque Sul, metade dos missionários estavam reunidos em uma conferência de missão que começaria às 9:00, mas não perto do local dos ataques. Por isso, conta o presidente Spackman:

“Pude dizer para cada família, cada pai e cada mãe, ‘eu vi seu missionário, eu abracei seu missionário, estive com ele pessoalmente.’ E isso os confortou, pois não queriam apenas ouvir que eu fiquei sabendo que seu missionário estava bem.”

Uma fatalidade missionária

Embora todos os missionários das missões na cidade de Nova Iorque estivessem bem no momento dos ataques, infelizmente um missionário em perspectiva faleceu no World Trade Center.

Ivan Carpio estava se preparando para servir o Senhor em uma missão de tempo integral, e naquela manhã de 11 de setembro, trabalhava no 85º andar da torre norte.

Ivan não foi o único Santo dos Últimos Dias vítima desses ataques terroristas. Outros membros da Igreja também passaram para o outro lado do véu nesse fatídico dia, além das quase 3 mil pessoas mortas e mais de 6 mil feridos.

Saiba mais sobre a história deles: 9 membros da Igreja de Jesus Cristo que foram vítimas, heróis e testemunhas no 11 de setembro

Palavras de um profeta

Sobre o ocorrido, o então presidente de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Gordon B. Hinckley disse:

“Nossos corações estão partidos e nossos espíritos sofrem. Abaixamos nossas cabeças perante o Todo-Poderoso em reverência por conta daqueles que perderam suas vidas, por suas famílias e por aqueles que foram feridos nos ataques contra nossa nação […] Que a paz do Redentor caia sobre nós e que Seu poder de cura possa consertar nossos corações partidos e dar forças às mentes e corpos feridos.”

Já se passaram 20 anos desde o ataque terrorista de 11 de setembro, e a cada 11/09 lembramos que milhares de pessoas morreram em uma manhã de terça-feira.

Em momentos como esse, podemos ver a mão do Senhor e podemos sentir Seus braços misericordiosos estendidos para nós, para todos aqueles que perderam alguém e para todos os que precisam encontrar cura.

Somente por meio de Cristo que encontramos paz e consolo em meio às tragédias da vida. E é somente por meio Dele que podemos encontrar cura, seja nesta vida ou na próxima.

| Para refletir
Publicado por: Marie Sunaga
Tradutora e intérprete e estudante de Letras na PUC-PR. Trabalhou como instrutora e supervisora no Centro de Treinamento Missionário. Fez missão em Manaus - Brasil, ama ler, tocar violão e comer sushi. É a gerente de conteúdo do time português na More Good Foundation.
Você sabe qual é o propósito da vida? Conheça 2 perspectivas...
O evangelho de Jesus Cristo é para mim?

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *