“É necessário haver profetas porque o Pai Celestial quer que Seus filhos tenham a oportunidade voltar à Sua presença”, disse o Presidente Russell M. Nelson da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Ele continua em sua viagem de ministério. No sábado, 14 de abril de 2018, ele estava em Jerusalém.

“Deus sempre fala a Seus filhos na terra por meio de profetas, mas Ele quer que eles escolham voltar para casa. Então aqueles que escolhem obedecer aos mandamentos [dados por meio dos profetas] terão a oportunidade de voltar para casa com suas famílias e ter a vida eterna juntos”, disse o Presidente Nelson.

As palavras foram ditas antes de uma reunião com membros e amigos da Igreja, juntamente com estudantes da Universidade Brigham Young Campus de Jerusalém em um devocional de distrito.

Duas mensagens

“Como o novo presidente da Igreja, senti que havia duas mensagens que gostaria de transmitir ao nosso povo”, disse o Presidente Nelson. “A primeira é que Jesus é o Cristo e Ele tem uma mensagem para todos os filhos de Deus. E a segunda é que o Seu convite é global. Convidamos todos os filhos de Deus vir ao seu Salvador.”

Jerusalém é o segundo destino do Presidente Nelson em sua viagem mundial que inclui cidades na Europa, África, Ásia e nas ilhas havaianas. A viagem começou em Londres, Inglaterra, na quinta-feira, 12 de abril.

O Presidente Nelson está viajando com sua esposa, Wendy e com o Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos e sua esposa, Patricia. Esta é a primeira viagem oficial do novo presidente para fora dos Estados Unidos desde que foi nomeado 17º profeta  da Igreja em janeiro.

Élder Holland e a BYU-Jerusalém

O Élder Holland foi fundamental no estabelecimento do Campus de Jerusalém, quando ele era presidente da BYU. Ele falou no sábado sobre a tremenda importância simbólica da presença do Presidente Nelson no local e em uma cidade com uma herança bíblica tão significativa.

“Esta é uma terra lendária”, disse o Élder Holland. “Para mim é uma emoção pessoal perceber que estou na companhia do Presidente Russell M. Nelson, um profeta moderno como os profetas antigos [de Jerusalém nos tempos bíblicos] com a mesma autoridade, o mesmo sacerdócio e ensinando o mesmo evangelho.”

O Élder Holland continuou: “Nosso testemunho vivo hoje é que temos um profeta vivo deste exato momento sobre este solo ensinando a mesma doutrina nesta terra. O significado para santos dos últimos dias e para o mundo é gigantesco. Este fato é o cerne da emoção que sinto hoje.”

Getsêmani

Durante sua visita à Terra Santa, os líderes da Igreja compartilharam seus sentimentos e testemunho do Salvador. “Getsêmani é um nome significativo porque significa lugar da prensa de óleo”, disse o Presidente Nelson. “No Monte das Oliveiras, as azeitonas eram trazidas para ser prensadas para ter seu precioso óleo extraído. Então simbolicamente, sob o peso dos pecados de toda a humanidade, Jesus foi prensado. Ele suou gotas de sangue, Seu precioso óleo, como nosso Redentor, nosso Salvador. Então o Getsêmani é muito importante. Foi onde começou a agonia da Expiação”, ele continuou.

Os líderes da Igreja deixaram Jerusalém antes do previsto. Devido a questões referentes à tensão na região e no espaço aéreo disponível, eles deixaram a cidade após a conferência de distrito no sábado. Eles começarão a visitar parte da África em sua viagem mais cedo do que o previsto. As instalações do Centro de Jerusalém da BYU não foram afetadas pelos recentes acontecimentos na Síria, de acordo com uma declaração pública.

Viagem de ministério pelo mundo

A viagem de ministério pelo mundo acontece dos dias 10-23 de abril de 2018. A próxima parada da turnê é Nairóbi, no Quênia. Lá, o Presidente Nelson participará em uma reunião que será transmitida para todos os membros daquele país africano. Outros destinos incluem Harare, Zimbábue; Bangalore, Índia; Bangkok, Tailândia; Hong Kong, China; e Honolulu, Havaí, nos Estados Unidos.

Igreja Mundial

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, tem mais de 16 milhões de membros no mundo todo. Existem quatro congregações com cerca de 260 Membros em Israel.

Fonte: Mormonnewsroom.org.

Relacionado:

Presidente Russel M. Nelson chega ao Quênia, na África