Santos reagem ao anúncio dos novos templos no México, Chile, Bolívia e Brasil

No domingo, 3 de outubro, durante a última sessão da Conferência Geral, o Presidente Russell M. Nelson anunciou a construção de 13 templos em todo o mundo, refletindo assim o crescimento da Igreja de Jesus Cristo e a dedicação de inúmeros Santos dos Últimos Dias.

Os templos serão construídos em ou perto dos seguintes locais:

  • Kaohsiung, Taiwan
  • Tacloban, Filipinas
  • Monróvia, Libéria
  • Kananga, República Democrática do Congo
  • Antananarivo, Madagascar
  • Culiacán, México
  • Vitória, Brasil
  • La Paz, Bolívia
  • Santiago Oeste, Chile
  • Fort Worth, Texas
  • Cody, Wyoming
  • Rexburg North, Idaho
  • Heber Valley, Utah

E assim foi assim que os membros da Igreja de Jesus Cristo na América Latina reagiram com estas boas novas:

Culiacán, México

“Minhas emoções não cabem no meu peito”, disse o presidente da Estaca Culiacán México, Marco Medina, após o anúncio do templo do Presidente Nelson. “Estamos muito felizes por ter recebido esta notícia do nosso profeta. Sabemos que o Senhor ouviu nossas orações e continuaremos trabalhando para sermos dignos disso”.

O Presidente Medina disse que os membros de sua estaca atualmente têm que viajar cerca de nove horas para visitar templos em Hermosillo e Guadalajara. “Agora poderemos fazer ordenanças para unir famílias pela eternidade”.

Oficialmente chamado Culiacán Rosales, a cidade no noroeste do México tem uma população de cerca de 850 mil habitantes. A obra missionária começou no México em 1875; o país agora abriga 1,5 milhões de Santos dos Últimos Dias e cerca de 1.850 congregações.

O México já tem 16 templos: 13 que operam em Ciudad Juárez; Colonia Juárez, Chihuahua; Guadalajara; Hermosillo, Sonora; Mérida; Cidade Do México; Monterrey; Oaxaca; Tampico; Tijuana; Tuxtla Gutiérrez; Veracruz; e Villahermosa e um templo está sendo construído em Puebla, com dois anunciados para Torreón e Querétaro.

Um ex-missionário que serviu em Culiacán, Pablo Olmedo, assim que ouviu as palavras “Culiacán México” começou a chorar de emoção e gratidão. Saber que um templo será edificado onde ele e muitos missionários e missionárias serviram e estão servindo é um sinal de que a obra continua crescendo e que seus esforços estão dando resultados, mas sobretudo porque seus amados membros de Culiacán poderão realizar ordenanças de salvação em uma Casa do Senhor perto de suas casas.

Também pode ser interessante: 13 Templos são anunciados durante a Conferência Geral de outubro de 2021

Santiago Oeste, Chile

“O anúncio do novo templo para a zona ocidental de Santiago do Chile, em meio a uma luta contra a pandemia, vem dos céus através do nosso profeta”, escreveu M. Gonzalo Sepúlveda, um Santo dos Últimos Dias chileno e ex-Setenta de Área.

“É uma poderosa injeção de espiritualidade [em Santiago] que abençoará a vida de seus habitantes de ambos os lados do véu”.

O templo será o quarto templo no país e o segundo na capital, juntando-se ao Templo de Santiago Chile (dedicado em 1983), ao Templo de Concepción Chile (dedicado em 2018) e ao Templo Antofagasta Chile (em construção).

Mais de 600 mil Santos dos Últimos Dias em mais de 500 congregações chamam o Chile de lar e Santiago é a maior cidade do país, com uma população de quase 7 milhões de habitantes.

Vitória, Brasil

A brasileira Wanessa Roncate compartilhou que “ter um templo em Vitória será um privilégio e uma bênção”, já que os Santos de Vitória precisam viajar cerca de 1000km para frequentar o templo mais próximo, em Campinas.

“Nós já estamos imensamente felizes e gratos por um templo no Rio, o que faz com que nossa viagem seja encurtada na metade, e estamos animados para sua dedicação.”

O templo de Vitória será o 14º no Brasil. Há sete templos em operação: Campinas, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Porto Alegre, Recife e São Paulo, outros três sendo construídos em Belém, Brasília e Salvador, dois anunciados em Belo Horizonte e São Paulo Leste; e o templo do Rio de Janeiro que está sendo preparado para ser dedicado.

La Paz, Bolívia

A nativa de La Paz, Bolívia, Guizella Rocabado, recebeu com emoção a notícia considerando como “o futuro templo mudará para sempre a capital administrativa de seu país. Problemas civis são comuns na cidade”, disse. Um templo dedicado pode trazer unidade e luz à La Paz.

“Espero que este templo possa trazer paz para a área, eu sei que vai. As pessoas precisam descansar um pouco. Eles precisam de paz e um lugar que possam buscar respostas e propósito”.

Em um nível pessoal, o falecido pai de Rocabado, Gustavo Rocabado, trabalhou como engenheiro no Templo de Cochabamba, na Bolívia. “Eu sei o quanto ele deve estar animado”, expressou com alegria.

Com mais de 212 mil membros da Igreja, a Bolívia terá três templos: um em Cochabamba, que foi dedicado em 2000, e outro anunciado no ano passado pelo Presidente Nelson em Santa Cruz. O templo servirá os membros das cidades de La Paz e El Alto, onde a Igreja vivenciou um crescimento significativo.

Se você está no México, Chile ou Bolívia, gostaríamos de continuar a conhecer suas impressões e sentimentos pela edificação desses novos templos. Nós os lemos nos comentários.

Fonte: Church News

| Notícias

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *