Sharon Eubank, Diretora do LDS Charities, o braço humanitário de a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (Mórmons), participou em uma discussão sobre perseguição religiosa em evento em Londres, Inglaterra. O evento foi organizado por “HRH Prince Charles”, “AMAR International Charitable Foundation Patron”, e a Baronesa Emma Nicholson, fundadora da organização AMAR. A reunião aconteceu no dia 13 de dezembro.

O evento

O evento na Lancaster House, comemorava o aniversário de 25 anos da organização AMAR. Beneficiários e patrocinadores estavam presente, juntamente com líderes religiosos incluindo Lord Ahmad, Ministro de Estado no Escritório do Comunidade das Nações Britânicas, que também sever como o Ministro Britânico Representante na Prevenção de Conflitos e Violência Sexual.

Sister Sharon Eubank

Sharon Eubank disse:

“A reunião enfatizou a necessidade urgente em se abordar as condições severas do povo Yazidi do Iraque que tem sido vítima de perseguição, violência sexual, e outros abusos. Também procuramos ajudá-los através de um reconhecimento da prática livre e pacífica de sua fé.

Os mórmons já enfrentaram intolerância e violência religiosa e queremos estar lado a lado de todas as pessoas que querem erradicar isso. Somos muito gratos pela oportunidade de, juntamente do Barão Nicholson, apresentar ao Príncipe Charles e a Conferência Windsor de 2017, recomendações nesses assuntos.”

No evento, Príncipe Charles conheceu uma moça Yazidi de 18 anos que foi vítima do Estado Islâmico. Nehad Barakat falou sobre sua experiência tocante de como ela escapou do cativeiro.

Organização AMAR

Elogiando o trabalho da organização AMAR, Príncipe Charles disse: “Durante os últimos vinte cinco anos, mais de 10 milhões de pessoas no Iraque, Líbano, Irã e Paquistão tem sido beneficiadas pelas instalações de saúde e oportunidades educacionais disponibilizadas pela organização AMAR.”

charles

Ele continuou:

“AMAR nos dá motivo para ter fé na humanidade. A organização tem salvado muitas vidas, criado esperança no meio do desespero, e provido muitos milagres.”

Príncipe Charles então reconheceu as contribuições da LDS Charities com uma citação cerimonial honrando a organização pelo seu comprometimento para a saúde e educação. Desde 2009, LDS Charities e AMAR tem colaborado em diversos projetos humanitários na região do Oriente Médio, incluindo o treinamento médico profissional para praticantes de medicina e a construção de instalações completamente equipadas para atendimento de saúde.

Fonte: MormonNewsroom

Relacionado:

Líder das Mulheres Mórmons Fala na Conferência do Parlamento Europeu