Ex-jogador da NBA e santo dos últimos dias fica paraplégico após sofrer atropelamento

Um comunicado divulgado na quarta-feira pelo Dallas Mavericks da NBA, tornou pública a notícia de um acidente que ocorreu em 20 de janeiro em St.George, Utah, que deixou o ex-jogador de basquete Shawn Bradley paraplégico. Durante a maior parte de sua carreira Bradley jogou para o Dallas Mavericks, que emitiu uma declaração que diz que Bradley estava andando de bicicleta a apenas um quarteirão de sua casa, quando foi atingido por trás por um carro.

“O acidente causou uma lesão traumática na medula espinhal que o deixou paraplégico”, diz o comunicado. “Depois de passar por uma cirurgia de fusão do pescoço, Bradley passou as últimas oito semanas hospitalizado e em reabilitação. Seu forte senso de fé está sendo testado enquanto ele participa da extenuante fisioterapia e aprende a lidar com os desafios da paraplegia.”

De acordo com a declaração, Bradley está de bom humor e espera usar sua experiência para “trazer maior consciência pública sobre a importância da segurança para ciclistas.”

Bradley, que referenciou sua missão de tempo integral na Austrália no filme Space Jam, jogou na NBA por 12 temporadas. Os médicos dizem que “seu caminho para a recuperação será longo e árduo, talvez um desafio físico ainda mais difícil do que jogar basquete profissional.”

Leia o comunicado do Dallas Mavericks na íntegra:

“Shawn Bradley divulgou hoje os primeiros detalhes públicos do acidente que sofreu em 20 de janeiro de 2021. Bradley, o ex-jogador da NBA de 2.3 metros de altura do Dallas Mavericks, foi atingido por trás por um automóvel enquanto andava de bicicleta a um quarteirão de sua casa em St.George, Utah. O acidente causou uma lesão traumática na medula espinhal que o deixou paraplégico. “Depois de passar por uma cirurgia de fusão do pescoço, Bradley passou as últimas oito semanas hospitalizado e em reabilitação.

Bradley, um membro devoto de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, passou dois anos realizando um trabalho missionário na Austrália depois de seu primeiro ano na Universidade Brigham Young. Após sua missão, Bradley foi escolhido pelo Philadelphia 76ers como a segunda escolha no NBA Draft de 1993, mas ele passou a maior parte de sua carreira com o Dallas Mavericks. Seu forte senso de fé está sendo testado enquanto ele participa da extenuante fisioterapia e aprende a lidar com os desafios da paraplegia. Os médicos dizem que seu caminho para a recuperação será longo e árduo, talvez um desafio físico ainda mais difícil do que jogar basquete profissional.

Com sua esposa Carrie ao seu lado 24 horas por dia, e apoiado por uma equipe incrível de especialistas em reabilitação e seus familiares, Bradley está de bom humor. Ele planeja usar seu acidente como uma plataforma para trazer uma maior consciência pública sobre a importância da segurança para ciclistas.

Bradley pediu para transmitir sua profunda apreciação pelos votos de melhora e orações que recebeu de familiares, amigos e fãs. Este apoio energizou a sua recuperação e reforçou a sua confiança de que ele irá gerenciar com sucesso o longo processo a sua frente . Ele não planeja emitir mais atualizações públicas, preferindo dedicar toda a sua concentração em sua reabilitação.”

Fonte: LDS Living e mavs.com

| Notícias

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *