Livro de Mórmon

O Livro de Mórmon é um volume de escrituras sagradas comparável a Bíblia. Ele conta a história de povos que viveram nas Américas e o acontecimento de maior relevância narrado no livro foi a visita do salvador Jesus Cristo pessoalmente nas Américas depois de sua ressurreição.

Aproximadamente 517 anos depois de sair de Jerusalém a família de Leí havia se transformado num grande povo e se dividiu em duas  nações, os nefitas e lamanitas. Alma foi o primeiro Juiz Supremo dos nefitas havia obtido conhecimento do evangelho em sua juventude mas procedeu iniquamente durante um período de sua vida.

Alma decide abandonar a cadeira de Juiz Supremo para se dedicar exclusivamente aos assuntos da igreja como sumo sacerdote. A igreja vivia um momento crítico e a iniquidade entre os membros crescia. Foi neste contexto que Alma proferiu o sermão registrado no capítulo de Alma 5. Veja porque Alma 5 é um dos capítulos mais poderosos do Livro de Mórmon:

1. Alma tinha a autoridade para exortar

“tendo ele poder e autoridade de Deus para fazer essas coisas” (Alma 5:3)

livro de mórmon

Alma foi um importante profeta do Livro de Mórmon.

Autoridade é a permissão concedida a homens na Terra, chamados ou ordenados para agir por Deus. Poder por sua vez é a capacidade de fazer alguma coisa. Nas escrituras poder é uma coisa diretamente relacionado  à autoridade do sacerdócio, que é a permissão ou direito de agir em nome de Deus.

Figurativamente dentro da autoridade do sacerdócio existem as chaves. Tem as chaves aqueles que presidem por exemplo: bispos, presidentes de estaca e missões o profeta.

Alma tinha o poder,  a autoridade e as chaves do sacerdócio. Era uma mordomia de seu chamado exortar as pessoas ao arrependimento. Os membros da igreja num geral convidam os demais a viverem os princípios do evangelho por meio de testemunho. Exortar é uma mordomia daqueles que presidem uma congregação, quando estes exortam segundo a vontade do Senhor o Espírito Santo testifica.

2.Alma tinha que reorganizar a Igreja

“e fomos trazidos para esta terra e aqui começamos a organizar a igreja de Deus, também por toda a terra. (Alma 5:5)

A igreja estava ameaçada por contendas internas e pela iniquidade. Alma abdicou do cargo de Juiz Supremo para poder concentrar esforços no fortalecimento da igreja. Partiu em missão para resgatar o povo de Néfi “pela força de um puro testemunho contra eles”. Ele conhecia profundamente o povo para o qual pregava pois relembrou este povo dos feitos que haviam realizado no passado.

 Em um primeiro momento cerca de 300 pessoas compunham o povo do Senhor, mas agora eles haviam se mudado da terra dos lamanitas para as fronteiras dos nefitas. O crescimento da igreja infelizmente também começou a significar crescimento da iniquidade. Alma estava portanto cuidando dos assuntos do Senhor.

3. É um capítulo reflexivo

“Haveis conservado suficientemente na lembrança o cativeiro de vossos pais?” (Alma 5:6)

Livro de Mórmon

O Livro de Mórmon, Alma 5 um capítulo para refletir.

Se você é estudante de oratória e quer discursar bem, vale a pena ler e reler Alma 5. O profeta dá show de retórica neste capítulo. Começa fazendo aproximadamente 28 perguntas reflexivas. São questões com o objetivo de auto análise levam o ouvinte a refletir sobre a condição pessoal de seu testemunho. Após realizar cada uma destas perguntas Alma testifica. Ele segue um padrão de ensino onde questiona e testifica uma, duas, vinte e oito vezes. Vinte e oito vezes fazendo o leitor pensar sobre o atual estado de sua conversão.

Após esta apurada reflexão Alma realiza duas perguntas relacionadas ao orgulho e relacionamento com o próximo (ver Alma 5: 28-29). Dos versículos 31 ao 42 ele ensina doutrina pura e no versículo 43 ele volta a testificar sobre seu poder e autoridade  para realizar aquela exortação.

Ele repete o padrão reflexivo do capítulo à partir do versículo 54 quando outra vez retoma as perguntas retóricas.

4.Sem mudança não existe salvação

“arrependei-vos todos vós, confins da Terra, porque o reino do céu está próximo; sim, o Filho de Deus vem em sua glória, em sua força, majestade, poder e domínio” (Alma 5:50)

Uma mudança no coração. Esta mudança já havia sido experimentada no momento do batismo mas agora os membros estavam fazendo o caminho contrário, estavam retornando aos seus pecados. Quando uma pessoa acredita  na palavra do Senhor  e exerce fé em Jesus Cristo ela pode sentir uma poderosa mudança no coração. A palavra do Senhor, conforme foi pregada por Alma concentra-se na redenção por meio de Jesus Cristo.

Este capítulo é poderoso porque fala de dois elementos fundamentais para salvação. Arrependimento e Jesus Cristo. Aquele que não se arrepende de seus pecados não voltará a presença do Senhor, Jesus Cristo é o modelo a ser seguido. Alma sabia disto por isso afirmou “falor por meio de mandamento a vós que pertenceis à igreja; e aqueles que não pertencem a igreja falo por meio de convite”.

Não perca mais tempo, vá agora mesmo ler este poderoso capítulo do Livro de Mórmon.