A homossexualidade e o amor pelo Evangelho de Jesus Cristo

Está na hora de contar.

Desde os meus oito anos de idade, tenho lutado com atração pelo mesmo sexo. Isto não quer dizer que nunca me senti atraído por mulheres, só que sempre achei o sexo masculino mais atraente.

Não sei por qual motivo, e acredite, procurei por respostas para isto. Pensei que talvez fosse uma mistura de como eu fui criado ou talvez por sempre me dar muito melhor com as meninas e quase não ter amigos que eram meninos.

Na verdade, eu poderia contar os meus amigos homens em uma mão, enquanto eu nem posso começar a contar quantas amigas tenho.

Depois pensei que talvez tivesse nascido assim. E a ciência começou a provar que esse pode ser o caso. Porém, não acredito que a ciência esteja sempre 100% correta.

Eu AMO Biologia, isso mostra que também levo a religião a sério. Os dois, para muitas pessoas e para mim, estão inseparavelmente ligados.

Ao crescer, fui criado na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e sim, ainda sou um membro com orgulho. Na Igreja nos ensinam que o ato da homossexualidade é um pecado, não apenas o mero pensamento.

Durante toda a minha adolescência, fui extremamente fechado e introvertido. Eu não queria ter interação social com os homens, porque de alguma forma eu me sentia inadequado para estar perto deles e que eu não me encaixava.

Também não queria me sentir atraído por eles porque sabia que não era aquilo que eu queria. A maioria dos meus amigos me disse que era quem eu era ou que eu só precisava aceitar para ser feliz.

Uma vez, um amigo me disse para eu não fazer mais parte da Igreja  Eu disse que não podia, porque sabia que era verdade. Quando você sabe que algo é verdade tão certo quanto o sol nascerá, você não pode negá-lo. Negá-lo só causaria uma extrema agitação interior.

Eu finalmente decidi servir uma missão, pensando que de alguma forma eu tinha que pagar ao meu Pai Celestial por todas as bênçãos que eu tinha recebido.

Eu mal sabia que não estaria a pagar nada a Ele, mas que receberia ainda mais bênçãos. A minha missão foi crucial para eu me tornar quem sou hoje e sou extremamente grato pela oportunidade que tive de servir.

Eu estava um pouco apreensivo no início porque eu não queria estar com um homem 24 horas por dia, preocupado que eu nunca seria capaz de me tornar quem eu queria me tornar, ou quem eu precisava me tornar.

Durante a minha missão, fui falar com o presidente sobre tudo, e ele me perguntou se eu queria falar com um psicólogo.

Eu imediatamente disse que sim, e então comecei minha jornada de oito meses, conversando com alguém que me ajudaria a moldar minha vida para melhor.

Sou eternamente grato por um presidente de missão amoroso e um psicólogo que estava disposto a me entender e me ajudar a entender ainda mais sobre o evangelho de Jesus Cristo.

Durante as minhas sessões com o psicólogo, eu falava sobre como tinha sido a minha semana, quais eram os meus pensamentos e mais. Ela me ajudou a trabalhar em todos eles e ver a entender toda a situação.

Algo que não posso explicar aqui, porque ninguém, senão Deus, Cristo e eu, entenderíamos. Basta dizer que sei, sem qualquer dúvida, que temos uma escolha em tudo. Literalmente: TUDO.

Eu queria tanto ser o que Deus queria que eu me tornasse. Eu mudei muito sobre mim mesmo para ser o que Ele queria que eu me tornasse e eu ainda estou trabalhando para mudar ainda mais.

A maioria das pessoas acho que é algo estúpido ou maluco, que Deus requer muito de nós e que se Ele realmente nos amasse, então Ele não exigiria que fizéssemos todas essas coisas. Bom, para essas pessoas eu digo: Deus ama você, e é por isso que Ele requer certas coisas. Ele sabe mais do que você.

Tudo que você tem que fazer é exercer um pouco de fé Nele e dar o primeiro passo. De fato, somos extremamente egoístas e equivocados se pensamos que sabemos mais do que um Ser Supremo onisciente que, por acaso, é o Pai de nossos espíritos.

Durante os meus vinte e quatro meses sabáticos, aprendi que a escolha é extremamente importante na nossa jornada aqui na Terra. Sem a escolha, não poderíamos escolher amar a Deus. Isso é algo que é muito importante para Ele.

Ele não quer fazer você amá-Lo ou viver com Ele, se essa não for a sua escolha. Ele só quer ver quem está disposto a fazer isto.

Eu amo a Deus com todo o meu coração. Eu O conheço bem, e ainda estou tentando aprender a conhecê-Lo ainda melhor. “E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste”. (João 17:3)

As pessoas me chamam de cego e ignorante porque eu supostamente sigo os ensinamentos da Igreja sem estudo e pensamento apropriados.

Permita-me dizer que, estudei as escrituras, orei, jejuei, vivi e testei os mandamentos para ver se as promessas contidas neles são verdadeiras. E posso dizer, pelas minhas próprias experiências, que é tudo verdade.

milagres

Agora, você pode perguntar: “como você pode concordar com uma Igreja que não permitirá que você seja quem você é”? A isso respondo: porque isso (homossexual) não é quem eu sou. Não é quem ninguém realmente é.

Deus criou a todos nós, e não criaria nada que fosse contrário ao Seu plano. Se o fizesse, Ele não seria um Deus amoroso, porque Ele já teria condenado você. E Ele ainda não condenou nenhum de nós!

É verdade que as pessoas são confrontadas com essa emoção; elas têm essas atrações em relação ao mesmo gênero. Eu tenho! Por isso, por favor, não me diga que não entendo, porque eu entendo!

Estes sentimentos são dados a certas pessoas porque é o seu teste. Ele quer ver se podemos e queremos superá-lo. “…escolhei hoje a quem sirvais:”. (Josué 24:15) A quem você quer servir? Essa é a grande pergunta Dele.

Ele prometeu-nos a vida eterna se O seguirmos. E o que Lúcifer prometeu? Uma vida de felicidade e uma eternidade de miséria e sofrimento.

Então, sim, eu sou confrontado por essa provação e eu não vou ceder à tentação, porque não é que Deus quer que eu seja e eu quero ser o que Deus quer que eu seja, porque é algo muito mais maravilhoso e precioso do que eu poderia imaginar para mim. Eu sei que isso é verdade.

Ninguém pode contestar estas verdades que eu conheço. Ah sim, eles podem ter tudo a dizer contra isso, mas eu tenho mais certeza destas coisas do que você tem certeza de qualquer outra coisa.

Passarei a minha vida declarando o evangelho de Jesus Cristo, até ao meu último suspiro. Porque eu sei que a verdadeira felicidade vem somente dentro e por meio da vida no evangelho de Jesus Cristo, pois Ele tem o poder de salvar todos os homens se eles derem atenção à Sua palavra e fizerem o que Ele os pede.

Sim, é difícil! Mas lembre-se que Ele nos prometeu que, se confiássemos Nele, nossos fardos se tornariam “leves”. Mesmo quando a Seu caminho nos parece ilógico, ainda é o melhor. Ele sabe mais do que você.

O toque da fé por Yongsung Kim

Agora, não quero que isto chateie ninguém. Mas eu sei que vai, porque as pessoas encontram entretenimento em controvérsia. Você pode acreditar no que quiser, por isso, por favor, me dê o mesmo privilégio.

Eu simplesmente afirmo as coisas como as conheço. Não tenho dúvidas. O que sei ser verdade, é algo que nunca ninguém irá me tirar. Também não quero que ninguém interprete que apoio ou não os direitos dos homossexuais. Para mim, os chamados “direitos homossexuais” não existem.

Todos temos direitos; todos têm os mesmos direitos que os outros. Você pode escolher viver a sua vida como quiser, por isso, mais uma vez, me dê esse mesmo privilégio e me deixe viver a minha vida como eu quiser.

Eu amo todos e cada um dos filhos de Deus, não importa como eles escolhem viver suas vidas. É a vida deles, não a minha.

É extremamente difícil para mim falar abertamente sobre este assunto porque luto com atração pelo mesmo gênero, e como me sinto sobre a homossexualidade. E também porque não quero ofender ninguém.

Tenho amigos e familiares que são abertamente gays e eu os amo muito. Esse é o estilo de vida que eles escolheram e eu ainda os amo, embora eu não possa concordar com essa escolha.

Eu os trato como meus iguais pelo que são. Não sou melhor do que eles nem ninguém. Tenho os meus próprios desafios. Tenho minhas próprias fraquezas que estou tentando superar e crescer.

No entanto, sei que A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é a verdadeira Igreja. Isso não quer dizer que não há verdade para ser obtida em outras coisas, mas é a única igreja que ensina a plenitude do evangelho de Jesus Cristo.

É a única igreja que tem o poder e autoridade de Deus para agir em Seu nome, para executar as ordenanças que Ele nos pediu para realizar para a salvação de Seus filhos.

Sei que somos liderados por um profeta vivo chamado por Deus e que se chama Russell M. Nelson. Viver o verdadeiro evangelho de Jesus Cristo é a única maneira de encontrar a felicidade para a eternidade (isso inclui esta vida e a próxima).

Este artigo foi escrito por Justin Rex Brierley e traduzido pela Equipe Mais Fé.

| Fé em Jesus Cristo, Popular

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *