Para os membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, salvação e exaltação são duas palavras comuns e muito presentes no vocabulário. No entanto, para os membros novos e não membros, essas palavras podem parecer que significam a mesma coisa, mas não é!

O artigo que se segue foi elaborado de acordo com informações presentes nos materiais oficiais publicados pela da Igreja. Se julgar necessário, poderá buscar nas mídias oficiais da Igreja. Todas as referências são citadas ao fim do artigo.

O Presidente Russell M.Nelson ensinou:

“No plano eterno de Deus, a salvação é um assunto individual; já a exaltação é um assunto de família.” [1]

Vamos então, entender o que significa cada um desses dois termos.

Salvação

No GEEGuia para Estudo das Escrituras, disponível no conjunto tríplice (conjunto de escrituras que reúne a O Livro de Mórmon, Doutrina e Convênios e a Pérola de Grande Valor) e também no site na Igreja , lemos sobre a palavra Salvação[2]:

“Ser salvo tanto da morte física quanto da espiritual. Todas as pessoas serão salvas da morte física pela graça de Deus, por meio da morte e Ressurreição de Jesus Cristo. Toda pessoa também pode ser salva da morte espiritual pela graça de Deus, mediante a fé em Jesus Cristo. Essa fé é manifestada numa vida de obediência às leis e às ordenanças do evangelho, e de serviço a Cristo.”

E podemos ler algumas escrituras que falam a respeito da palavra Salvação:

  •         O Senhor é minha luz e minha salvação.(Salm. 27:1)
  •         Só ele é minha rocha e minha salvação. (Salm. 62:2)
  •         Nascerá o sol da justiça, e salvação trará debaixo das suas asas. (Mal. 4:2)
  •         O evangelho é o poder de Deus para salvação. (Rom. 1:16; D&C 68:4)
  •         Operai a vossa salvação com temor. (Filip. 2:12)
  •         Deus vos elegeu para salvação em santificação. (2 Tess. 2:13)
  •         A salvação é gratuita. (2 Né. 2:4)
  •         Não há dom maior que o dom da salvação. (D&C 6:13)
  •         Jesus Cristo é o único nome mediante o qual virá a salvação. (Mois. 6:52; At. 4:10–12).
  •         Cremos que, por meio da expiação de Cristo, toda a humanidade pode ser salva. (3ª Regra de Fé)

Também podemos aprender sobre a salvação das criancinhas:

  •         Se não vos fizerdes como meninos, de modo algum entrareis no reino dos céus.(Mt. 18:3)
  •         As criancinhas também têm a vida eterna. (Mos. 15:25)
  •         O batismo de criancinhas é uma abominação, e as criancinhas estão vivas em Cristo por causa da Expiação.(Morô. 8:8–24)
  •         As criancinhas são redimidas por meio do Unigênito; a Satanás não é dado poder para tentá-las. (D&C 29:46–47)
  •         O evangelho deve ser ensinado às crianças pelos pais e elas devem ser batizadas quando tiverem oito anos. (D&C 68:25–28)
  •         As criancinhas são santificadas por meio da expiação de Jesus Cristo. (D&C 74:7)
  •         Os homens tornaram-se outra vez, em sua infância, inocentes. (D&C 93:38)
  •         Todas as crianças que morrem antes de chegar à idade da responsabilidade são salvas no reino celestial. (D&C 137:10)
  •         As crianças são limpas desde a fundação do mundo. (Mois. 6:54)

Exaltação

Agora, vamos ler o que nos diz o GEE- Guia para Estudo das Escrituras, sobre a Exaltação [3].

“O mais elevado estado de felicidade e glória dentro do reino celestial.”

Eis algumas escrituras a respeito da exaltação:

  •         Na tua presença há abundância de alegrias. (Salm. 16:11)
  •         Eles são deuses, sim, os filhos de Deus — portanto, todas as coisas são suas. (D&C 76:58–59)
  •         Os santos receberão sua herança e serão igualados a ele. (D&C 88:107)
  •         Esses anjos não guardaram minha lei, portanto, permanecem separados e solteiros, sem exaltação. (D&C 132:17)
  •         Os homens e mulheres devem casar-se de acordo com a lei de Deus, para alcançarem a exaltação. (D&C 132:19–20)
  •         Estreita é a porta e apertado o caminho que leva à exaltação. (D&C 132:22–23)
  •         Abraão, Isaque e Jacó entraram para sua exaltação. (D&C 132:29, 37)
  •         Selo sobre ti tua exaltação. (D&C 132:49)

Para clarear um pouco mais, vamos ler o que nos ensinou o Presidente Nelson sobre Salvação e Exaltação:

“Ser salvo — ou alcançar a salvação — significa ser salvo da morte física e da espiritual. Graças à Ressurreição de Jesus Cristo, todos ressuscitarão e serão salvos da morte física. As pessoas podem ser salvas individualmente da morte espiritual por meio da Expiação de Jesus Cristo caso tenham fé Nele, obedeçam às leis e ordenanças de Seu evangelho e sirvam a Ele.

Ser exaltado — ou alcançar a exaltação — refere-se ao estado mais elevado de felicidade e glória no reino celestial. Podemos receber essas bênçãos depois de deixarmos esta existência frágil e mortal. O momento de nos prepararmos para a nossa salvação e exaltação futuras é agora.” [4]

Aprendemos através do Manual – Princípios do Evangelho, capítulo 47 que fala sobre Exaltação que:

“Quando vivíamos com o Pai Celestial, Ele nos explicou um plano para o nosso progresso. Poderíamos nos tornar como Ele, um ser exaltado. O plano exigia que saíssemos de Sua presença e viéssemos para a Terra. Essa separação era necessária para provar se continuaríamos a obedecer aos mandamentos do Pai, embora afastados de Sua presença. De acordo com o plano, quando cessasse a vida terrena, seríamos julgados e recompensados de acordo com nosso grau de fé e obediência.

Aprendemos nas escrituras que existem três reinos de glória nos céus. O Apóstolo Paulo mencionou que conheceu um homem que fora “arrebatado até ao terceiro céu” (II Coríntios 12:2). Paulo fala de dois reinos nos céus: o celestial e o terrestre (ver I Coríntios 15:40–42). O celestial é o mais alto, e o terrestre, o segundo em grandeza. Pelas revelações dos últimos dias, aprendemos que o terceiro reino é o teleste (ver D&C 76:81). Aprendemos também que existem três céus ou graus de glória no reino celestial (ver D&C 131:1).” [5]

E para simplificar ainda mais, no capítulo 47 do Manual- Princípios do Evangelho, podemos aprender que:

“Exaltação é vida eterna, o tipo de vida que Deus vive. Ele habita em grande glória, é perfeito, possui todo o conhecimento e toda a sabedoria. É o Pai de filhos espirituais e é um criador. Podemos tornar-nos como o Pai Celestial, e isso é exaltação.

Se provarmos nossa fidelidade ao Senhor, viveremos no mais alto grau do reino celestial e seremos exaltados para viver com nosso Pai Celestial em uma família eterna. A exaltação é o maior dom que o Pai Celestial pode dar a Seus filhos (ver D&C 14:7).”

Voltando à presença de Jesus Cristo

Arte: The Arrival por Jon McNaughton

Conclusão:

Em conclusão, aprendemos que a salvação e a exaltação são diferentes e estão disponíveis para todos os filhos de Deus. Todos serão salvos da morte física. No entanto, o fato de alguém ser salvo, não significa automaticamente que será exaltado. A exaltação só será possível se formos salvos no Reino Celestial, o mais alto reino.

Há muitos requisitos que devemos cumprir a fim de ganharmos a exaltação.  No próximo artigo, falaremos sobre como uma pessoa pode alcançar a exaltação. Por agora, devemos nos atentar para o fato de que esse é o tempo de nos prepararmos!

E então, ficou claro o que é salvação e o que é exaltação?

Referências

[1, 4] Salvação e Exaltação

[2] Guia para Estudo das Escrituras – Salvação

[3] Guia para Estudo das Escrituras – Exaltação

[5] A Exaltação

Relacionado:

A fórmula do Presidente Monson para nos ajudar a alcançar a exaltação