Encontrando o Natal em meio a correria do dia a dia

o natal

Difícil de acreditar que o Natal está quase aí! Essa época mágica cheia de amor e alegria e todas as melhores tradições. Casas decoradas com luzes cintilantes, lindas árvores de natal em todos os lugares, hinos de Natal que enchem o ar, cheiros deliciosos que vêm de nossas cozinhas, festas com familiares e amigos, compradores indo de uma loja a outra procurando o presente perfeito.

O Presente Perfeito

Tão maravilhoso como possa ser, também pode ser cansativo e frenético, nos deixando sobrecarregados e esgotados no final de cada dia. E na manhã de Natal quando todos os presentes estão sendo desembrulhados, você pode se sentir um pouco para baixo e decepcionado que você se permitiu, mais uma vez, estar focado no lado comercial do Natal, enquanto negligenciava seu verdadeiro significado . Soa familiar?

Então, para ajudar a evitar outro final infeliz, faça um plano e defina um horário agora para visitar uma manjedoura. Isso fará a diferença.

Encontre um lugar calmo para relaxar, feche os olhos, respire profundamente e tente visualizar em sua mente aquela noite abençoada, há muito tempo, quando a nós nasceu um filho, para nós foi dado um filho; e ouça o sussurro do infinito:

“Oh, noite santa, as estrelas brilham intensamente … é a noite do nascimento de nosso querido Salvador”.

Com os olhos ainda fechados, tente visualizar o precioso bebê Jesus enrolado em panos deitado em uma manjedoura. Sinta o cheiro do feno, o óleo de unção fortemente perfumado que foi colocado em seu corpo recém nascido. Sinta o silêncio sagrado e admiração em torno dele. Abra seu coração, seus ouvidos, sua alma para a música profunda do Universo, a música das esferas celestes dos Anjos, de toda a criação louvando a Deus e dizendo:

“Glória a Deus nas alturas, paz na terra, boa vontade para com os homens!” (Lucas 2:14)

Deixe seu coração e sua mente refletir sobre este evento abençoado … o milagre de tudo … o centro e a razão dessa celebração alegre de Natal.

ler as escrituras

E quando você estiver pronto para retornar ao mundo exterior, primeiro lembre-se de que o Natal não é um prazo, não se trata de fazer tudo antes do dia 25 de dezembro! Mas é uma celebração espiritual, uma jornada espiritual da escuridão à luz, do ódio ao amor, do caos à paz. E sobretudo é sobre o Filho de Deus descendo e tornando-se como o homem, para que o homem possa ascender e se tornar como Deus.

Feliz Natal

Fonte: LDSMag

Saiba mais:

Arrependimento – Um presente de Natal para nosso Salvador

| Inspiração

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *