Por que a Mãe Celestial é essencial?

Escrevo livros sobre a Mãe Celestial. E quando digo isso às pessoas, elas muitas vezes expressam três preocupações imediatas. As duas primeiras são facilmente erradicadas, mas a terceira é exige mais explicação.

Preocupação número 1: não devemos falar sobre a Mãe Celestial.

Esta é a resposta mais simples. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias tem um tópico do evangelho sobre ela e acredito que se conseguimos fazer uma pesquisa na internet sobre esta doutrina, então já podemos discutir sobre o assunto.

Nesse artigo, a Igreja cita um artigo de pesquisa da BYU Studies intitulado “A Mother There”. Esse artigo é uma revisão abrangente (mas não exaustiva) de tudo o que foi dito sobre a Mãe Celestial desde o início da igreja até 2010.

Esse artigo mostra que nenhum profeta ou apóstolo disse que não devemos falar da Mãe Celestial. Este “silêncio sagrado” é algo cultural que nós mesmos criamos. Essas são boas notícias!  Se nós mesmos criamos, podemos desfazê-la.

Preocupação número 2: não sabemos o suficiente para falar sobre Ela

Uma amiga minha contou que disse ao irmão que ia ter uma aula sobre a Mãe Celestial e ele brincou que seria uma aula muito breve.

Acredito que esta é uma perspectiva comum, embora errónea. O artigo de pesquisa que mencionei acima tem mais de 600 vezes que a Mãe Celestial é mencionada. SEISCENTAS!

Agora, nem todos eles são profetas, apóstolos e mulheres líderes na Igreja. Quando a Bethany e eu decidimos escrever os nossos livros, escolhemos as citações das nossas fontes mais confiáveis.

Citamos nomes como Hinckley, Lee, Maxwell, Ballard, Kimball, Holland. E, francamente, há muito para discutir!

Nota: uma ideia interessante… se você apenas observar as escrituras que descrevem Deus, você encontra novas maneiras de considerar a natureza de Deus.

Esqueceste-te da Rocha que te gerou” Deuteronômio 32:18 ou “Pois pode uma mulher se esquecer tanto do seu filho que está amamentando, que não sinta compaixão do filho do seu ventre? Mesmo estes podem esquecer-se, mas não te esquecerei.” 1 Néfi 21:15.

Preocupação número 3: a Mãe Celestial não é essencial para a nossa salvação

Uma vez que falamos com as pessoas sobre as suas duas primeiras preocupações, às vezes pode surgir uma terceira. E, de todas, acho essa a mais preocupante. Então, como é que se determina se alguém é essencial? Eu diria que se alguém:

1 – É, por definição, necessária para a criação de um Deus

Somos ensinados que o Pai Celestial não é Deus sem a Mãe Celestial. É a união dos dois que cria Deus.

“Não importa a que altura ele alcançou ou pode alcançar, ele não está sozinho; pois ao lado dele, em toda a sua glória, uma glória como a sua, está uma companheira, a Mãe…” —Elder Melvin J. Ballard

“Fomos informados de que era necessário o homem e a mulher, unidos para fazer uma imagem do próprio corpo de Deus…” – O Élder Franklin D. Richards

2 – É a Mãe das nossas almas

Quando nos perguntamos do que somos feitos e nos perguntamos sobre nosso valor, não precisamos considerar mais do que somos filhos de Pais Celestiais.

“Somos literalmente os filhos espirituais de Pais Celestiais divinos, imortais e onipotentes!”- Elder Dieter F. Uchtdorf

“Nós, a família humana, somos literalmente filhos e filhas de pais divinos, a descendência espiritual de Deus, o Pai Eterno, e de nossa Mãe Divina.”– Élder James E. Talmage

Martin Pulido é um dos autores do artigo “A Mother There”. Ele escreve lindamente sobre a Mãe Celestial. “Há uma mulher que moldou a minha alma, que se preocupa e me ama, e que está ajudando a governar este mundo.”

3 – Fez-nos à sua imagem

mãe celestial

O termo Eloim é plural, portanto quando lemos em Gênesis que somos feitos à imagem de Deus, a gramática correta é realmente “imagem de Deuses”.

Somos feitos à semelhança dos nossos Pais Celestiais. E eu, como mulher, sou feita à imagem da minha Mãe Celestial.

De acordo com o Presidente Kimball, “vocês são filhas de Deus… vocês são feitas à imagem da nossa Mãe Celestial.”

4 – Elaborou o plano de salvação para as nossas vidas e continua a abençoar-nos

Na família, dou aquelas que faz os planejamentos. Penso em atividades de melhoria de vida, pesquiso coisas divertidas para fazer, planejo viagens e atividades.

E eu fico feliz em saber que minha Mãe Celestial fez parte de todo o planejamento e criação que esta vida requer!

“Somos parte de um plano divino feito por Pais Celestiais que nos amam” – Presidente M. Russel Ballard.

“No processo contínuo de criação, a nossa criação e a criação de tudo o que nos rodeia, os nossos Pais Celestiais estão preparando uma linda tapeçaria com cores e padrões e matizes requintados.”– Élder Jeffrey R. Holland

5-  Enviou Seu Filho, o Salvador do mundo

Muitas vezes pensamos que apenas o nosso Pai Celestial enviou Seu filho, mas a verdade é que Jesus não existiria sem seus pais. É muito importante conhecer e reconhecer o sacrifício Dela, assim como o de Jesus e o do Pai.

“As visões e ensinamentos destes profetas sugerem que Cristo está tão ligado à sua Mãe Celestial quanto ao seu Pai Celestial e que a Mãe desempenha um papel na nossa salvação proporcional ao papel desempenhado pelo Pai.”- Val Larsen

6 – É o destino (para metade da família humana) e o modelo (para todos)

O Élder Jeffrey R. Holland chama a Mãe Celestial de “crucial” na sua contribuição para as nossas vidas.

“A todas as nossas mães no passado, no presente ou no futuro, eu digo, obrigado. Obrigado por dar à luz, por moldar almas, por formar caráter e por demonstrar o puro amor de Cristo. Para Eva, Sara, Rebeca e Raquel, Maria de Nazaré e para a Mãe Celestial, eu digo: Obrigado pelo seu papel crucial no cumprimento dos propósitos da eternidade.

O Élder Pace falou sobre a na questão do destino das mulheres. Ele disse:

“Irmãs, testifico que quando vocês estiverem na frente de seus Pais Celestiais nessas cortes reais e olharem em Seus olhos… qualquer pergunta que você sempre teve sobre o papel das mulheres no reino irá evaporar em um rico celeste ar, porque naquele momento vocês verão em sua frente, a sua natureza e destino divinos.”

Durante a pandemia, tivemos muita discussão sobre quem é essencial. Acredito que esta lista torna evidente que a Mãe Celestial se qualifica como essencial tanto para a nossa própria existência, quanto para o plano de salvação e o nosso destino eterno.

O site da Igreja chama a Mãe Celestial de uma doutrina “apreciada e distinta”.

Minha crença pessoal é que nos é dada a verdade para abençoar nossas vidas e as vidas dos outros. Espero que esta verdade da natureza essencial da Mãe Celestial possa abençoar a sua.

Fonte: Meridian Magazine

| Inspiração

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *