Terapeuta responde: Minha família quer que eu tome partido em um divórcio

divórcio

Pergunta:  

Um ente querido está passando por uma separação e provavelmente vai acabar em divórcio. Essas situações são sempre mais complicadas do que parecem. Eu quero ser fiel a todos membros da minha família, não quero ter que escolher um lado. No entanto, sinto que sou frequentemente colocado em posições nas quais querem que eu perdoe ou condene o comportamento de alguém, ou seja, querem ue eu tome partido. O que você faria para lidar com essas situações se quisesse manter um bom relacionamento com todos os envolvidos?

Resposta: 

Muito obrigado por me fazer essa pergunta. Ser colocado no meio de uma separação ou divórcio é difícil para qualquer um. As acusações, a divisão de toda a família que acontece quando os membros ficam do lado de uma pessoa e não da outra e a pura dor que isso tudo causa pode ser esmagadora.

Se eu estivesse no seu lugar diria de modo direto aos membros da minha família que não tenho intenção de tomar partido, que amo todos eles e quero continuar a ter um bom relacionamento com todos, mesmo se eles não desejam cultivar um bom relacionamento uns com os outros. Eu pediria a eles que respeitassem isso. Talvez você provavelmente já fez isso. E agora?

Agora faça o que disse a eles que faria. Diga a seus familiares que, por causa de seu compromisso, você tem que impor limites firmes. Você está disposto a chorar com eles. Você está disposto a deixá-los desabafar com e expressar a compreensão e compaixão pelas emoções deles. O que você não está disposto a fazer é concordar com eles quando fazê-lo implicaria no fato de você ter que tomar partido.

Espero que cada parte seja madura o suficiente para respeitar isso. Infelizmente, é possível que um deles ou ambos exijam que você escolha um lado e acreditem que se você não escolher o lado deles, está do lado da outra pessoa. Isso é complicado.

Mas você pode modelar habilidades de relacionamento saudável. Você pode modelar o amor cristão. Você pode impor limites claros. Você pode exemplificar o tipo de perdão, bondade e unidade que edifica Sião. Mesmo se seus entes queridos não estejam mais unidos em casamento, você pode ser uma boa influência para eles parar que sejam unidos em Cristo.

Espero que ajude. Deus os abençoe.

Fonte: LDSLiving

Relacionado:

Apoiar os membros de nossa ala que estão passando por divórcio

 

| Fortalecendo as Famílias, Inspiração

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *