Atualização 16 de abril de 2016

O templo de Roma, Itália

O templo de Roma, Itália foi anunciado pelo então Presidente da Igreja, Thomas S. Monson, numa conferência geral transmitida para todos os membros da Igreja, realizada em Outubro de 2008. A cerimônia da primeira pedra aconteceu dois anos depois, em 23 de Outubro de 2010, com a presença do Presidente Monson e outras autoridades da Igreja e figuras autárquicas e públicas de Itália.

O presidente Monson enfatizou a singularidade do momento histórico, cuja importância ultrapassa as fronteiras de Roma e da Itália. Ele agradeceu aos membros da Igreja por seu compromisso em seguir o exemplo de Jesus Cristo.

“Meu coração está cheio de gratidão”, disse o presidente Monson enquanto se dirigia aos 500 convidados presentes. “Membros de toda a Itália e de toda a área do Mediterrâneo poderão vir aqui”

Na cerimônia de 23 de Outubro de 2010, o Sr. Giuseppe Ciardi, representante do prefeito de Roma, Giovanni Alemanno e outros representantes do governo local estiveram presentes.

“Uma cerimônia que me afetou profundamente pela sincera e profunda gratidão dos presentes”, disse o senador Lucio Malan. “Um dia positivo para a Itália porque aqueles que professam obedecer às leis do estado e as leis de Deus fazem do país em que vivem um lugar melhor”.

Outros líderes da Igreja na ocasião incluíram o Élder William R. Walker, diretor executivo do Departamento do Templo, o então presidente da Área Européia- Élder Erich W. Kopischke e seus conselheiros,na época, o Élder Gérald Caussé e o Élder José A. Teixeira do Primeiro Quórum dos Setenta .

O Templo de Roma Itália é uma estrutura histórica para os membros da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias na Itália e em todo o mundo. A estrutura fica na bela comunidade de Settebagni, a nordeste de Roma, e perto da Grande Raccordo Anulare, uma rodovia movimentada que circunda a cidade.

O local do templo abrange 15 hectares e detém outros edifícios, além do próprio templo, incluindo uma casa de reunião(capela), onde os membros da Igreja e não membros podem se encontrar para serviços regulares de adoração dominical e atividades sociais no meio da semana; um centro de visitantes, onde o público pode aprender sobre a Igreja; um centro de história familiar, onde os visitantes podem fazer pesquisas genealógicas. O templo será cercado por belos jardins.

Quando completado, o templo de Roma, servirá a mais de 25.000 membros da Igreja residentes na Itália e membros de países vizinhos. A Itália possui 103 congregações e duas missões.

O templo de Roma é 12º templo da Igreja na Europa.

Quando finalizado, o templo ficará assim:

Para que servem os templos e qual o seu significado para os membros da Igreja?

Os templos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias diferem das capelas e locais de reunião, onde regularmente se reúnem a cada domingo os mais de 15 milhões membros da Igreja em todo o mundo. Os templos são considerados como a “Casa do Senhor”, onde os ensinamentos de Cristo são reafirmados através do casamento, batismos e outras ordenanças que unem as famílias para a eternidade.

Para ler um pouco mais sobre a diferença de templos e capelas, clique aqui:

Templos e capelas mórmons: tem diferença?

Fonte: Sala de Imprensa Mórmon Portugal