REXBURG, IDAHO – Os membros da Igreja podem “plantar fé estudando mais sobre a história da Igreja”, disse o Élder Quentin L. Cook, do Quórum dos Doze Apóstolos, durante um devocional da BYU-Idaho na terça-feira, 12 de Junho.

“Ao aprender mais, uniremos nossos corações com os santos de ontem e de hoje”, disse o Élder Cook. “Encontraremos exemplos de pessoas imperfeitas que seguiram em frente com fé e permitiram que Deus trabalhasse através delas para realizar Sua obra. Ao fazer isso, veremos melhor como Ele pode trabalhar através de pessoas imperfeitas como você e eu.”

É verdade, acrescentou o Élder Cook, que alguma história da Igreja foi mal entendida. “Muito foi esquecido ou negligenciado, obscurecido e superado pelas preocupações maiores do mundo. Algumas pessoas até deturparam propositadamente histórias do passado para semear dúvidas.”

Abordando o tópico “Fora da Obscuridade: Quão Misericordioso é o Senhor”, o Élder Cook detalhou o que a Igreja está fazendo atualmente para coletar, preservar e compartilhar sua história.

Em uma revelação registrada em Doutrina e Convênios 1:30, o Senhor prometeu ao Profeta Joseph que Ele produziria Sua igreja “fora da obscuridade e das trevas”.

autenticidade

“Joseph Smith Translating the Book of Mórmon”, Gospel Art Pictures, lds.org

Através de muitas disciplinas e campos de atuação, a Igreja tornou-se mais conhecida e mais visível de maneira dramática, explicou o Élder Cook antes de abordar a história da Igreja – uma área em que “o crescimento, a visibilidade e a qualidade aumentaram dramaticamente”.

O Élder Cook disse que, no dia em que a Igreja foi organizada, o Senhor declarou: “Eis que um registro será guardado entre vós” (Doutrina e Convênios 21: 1).

“Como santos dos últimos dias, sempre nos foi ordenado manter registros documentando nossas próprias vidas e a vida da Igreja. Logo depois da organização da Igreja, Joseph Smith também recebeu orientação divina de que ele deveria nomear um historiador da Igreja”.

Ele pediu a Oliver Cowdery e John Whitmer que assumissem a responsabilidade.

Joseph Smith recebeu duas revelações para John Whitmer que descreviam alguns dos deveres do historiador da Igreja. Pediram-lhe que escrevesse e mantivesse uma história regular, obtendo coisas para o bem da Igreja e para as novas gerações.

Desde aqueles primeiros dias, a Igreja “tem sido abençoada por uma longa linha de dedicados e fiéis historiadores da Igreja” que fizeram grandes esforços para preservar e compartilhar sua história, particularmente “para ensinar as gerações vindouras sobre nosso passado”, disse o Élder Cook.

Nos últimos anos, o Élder Steven E. Snow, Setenta Autoridade Geral, foi o Historiador e Registrador da Igreja. “Sob sua sábia liderança, coletamos mais registros do que nunca e compartilhamos mais da nossa história do que nunca”, disse o Élder Cook. “Esses esforços estão ajudando a história da Igreja a sair da obscuridade.”

Hoje, os membros da Igreja sabem mais sobre o passado do que nunca, disse o Élder Cook. O catalisador de grande parte desse novo conhecimento tem sido Joseph Smith Papers, ou Documentos de Joseph Smith, em Português.

autor

Arte: Brother Joseph, por David Lindsley

Fundado em 2001, o projeto publica todos os documentos de Joseph Smith – suas cartas, diários, revelações, históricos, atas de reuniões a que compareceu e até mesmo registros comerciais e legais.

No passado, os autores escreveram sobre a história de Joseph Smith e da Igreja primitiva sem usar o extenso registro documental deixado por Joseph e outros santos dos últimos dias, disse o Élder Cook. “Por causa dos Documentos de Joseph Smith, os autores nunca mais podem escrever sobre Joseph e a Igreja primitiva de maneira confiável sem acessar os documentos do próprio Joseph Smith.”

Uma parte integrante do Projeto The Joseph Smith Papers (Documentos de Joseph Smith) é o seu site, josephsmithpapers.org, acrescentou ele. “Você pode ver o que os documentos de Joseph Smith dizem sobre tópicos como a Restauração do Sacerdócio e a Sociedade de Socorro de Nauvoo. Você pode ver as imagens dos documentos reais, a caligrafia do Profeta e seus associados no trabalho.”

Há poder em poder ver documentos históricos, explicou o Élder Cook.

Alunos com contas do FamilySearch podem até ter recebido um e-mail sobre os Documentos de Joseph Smith. No site de Documentos de Joseph Smith, existem atualmente 935 biografias de pessoas que interagiram com o Profeta de alguma forma.

O Élder Cook disse que a Igreja se beneficiou de várias maneiras dos Documentos de Joseph Smith.

Em 2013, uma nova edição de Doutrina e Convênios foi publicada com cerca de 80 títulos atualizados de seções; os títulos incluem novas informações sobre o contexto histórico das revelações dos Documentos de Joseph Smith.

Os membros da Igreja também têm uma visão mais completa do Profeta, seu ministério e sua vida por causa do projeto, e mais e mais livros, artigos acadêmicos e histórias dos primeiros santos dos últimos dias contam com as publicações do projeto, ele disse. “Os Documentos de Joseph Smith demonstram enfaticamente que o Profeta Joseph pode resistir a investigação histórica!”

Como a maioria dos santos dos últimos dias não lê esses 17 volumes maciços de material histórico, a Igreja usa os insights dos Documentos de Joseph Smith em outros produtos, como uma série de artigos chamados “Revelations in Context” (Revelação em Contexto, em Português) disse o Élder Cook.

Além disso, nos últimos anos, a Igreja publicou uma série de artigos sobre os Tópicos do Evangelho que frequentemente recorrem a novos conhecimentos sobre o nosso passado para ajudar a aumentar a compreensão de assuntos como a tradução do Livro de Mórmon, o Livro de Abraão e o casamento plural. “Se você tiver dúvidas sobre esses tópicos, incentivo você a começar seu estudo com esses ensaios.” O Élder Cook disse aos alunos.

A Igreja também se concentrou mais recentemente em entender e descrever a experiência das mulheres ao longo da história dos santos dos últimos dias, disse o Élder Cook.

Nos últimos anos, a Igreja publicou em duas grandes coleções de história feminina, impressas e online, disse ele. A primeira é uma compilação dos documentos mais importantes dos primeiros 50 anos da Sociedade de Socorro. O segundo, At the Pulpit, ou Ao Púlpito, em Português, contém sermões de mulheres de cada década da história da Igreja, de Lucy Mack Smith em 1831 à irmã Gladys Sitati em 2016.

“Esses poderosos discursos contêm insights profundos sobre o evangelho de Jesus Cristo e como podemos viver melhor nossa religião”, disse o Élder Cook.

A Igreja abriu uma nova e avançada Biblioteca de História da Igreja em 2009. A biblioteca contém “uma tremenda variedade de materiais”, disse o Élder Cook.

“A amplitude dos materiais atesta os esforços contínuos da Igreja para espalhar a palavra de Deus através da terra de todas as maneiras possíveis. A Igreja preserva cuidadosamente todos esses registros para que possamos continuar aprendendo com eles”.

Como a Igreja cresceu, também aumentou muito a manutenção de registros. Um foco importante nos últimos anos é sobre adquirir mais registros sobre a história internacional e a história das mulheres, disse ele.

“Esses registros não são apenas de interesse para os historiadores. Eles são usados todos os dias para levar avante a obra da salvação. Os líderes da Igreja frequentemente buscam entender os registros históricos para tomar decisões para a Igreja contemporânea.

“Como a maioria dos membros da Igreja não pode ir a Salt Lake City para examinar os registros, a Igreja está digitalizando registros para que mais pessoas tenham acesso a eles. Existem agora mais de 11 milhões de imagens no catálogo online da Biblioteca. E mais são colocados a uma taxa de aproximadamente 300 imagens por hora.”

Muitos registros – incluindo um banco de dados pioneiro de 57.000 e um banco de dados missionário de 38.000 – também são de interesse para pessoas que buscam informações sobre seus antepassados, disse o Élder Cook.

O Élder Cook também falou sobre um projeto de história da Igreja que está prestes a ser publicado. Pela primeira vez em quase cem anos, uma nova história da Igreja em vários volumes está sendo publicada sob a direção da Primeira Presidência e do Quórum dos Doze Apóstolos.

Com o nome de Santos: A História da Igreja de Jesus Cristo nos Últimos Dias, esta história narrativa conta a história verdadeira das pessoas comuns que se tornaram santos por meio da Expiação de Jesus Cristo, disse o Élder Cook. O primeiro volume, The Standard of Truth, 1815–1846,( O Estandarte da Verdade) está completo e está sendo traduzido para 14 idiomas para distribuição em todo o mundo.

Santos é a história de como Deus restaurou Seu eterno convênio por causa de Seu amor por Seus filhos. “Isso mostra como o Senhor restaurou Seu evangelho para proporcionar esperança e paz em tempos de tumulto, provação e sofrimento. Também mostra como os convênios restaurados levam à exaltação por meio de Jesus Cristo. (…) Os santos continuam um padrão divino no qual os profetas, como parte de seu ministério, usam o passado para nos ajudar a aprender quem somos e a ver os propósitos de Deus em nossa vida. ”

Concluindo, o Élder Cook disse que a história da Restauração continuará se desdobrando. “Pode haver algumas coisas que não entenderemos plenamente nessa história, mas na totalidade, as histórias verdadeiras são belas e edificam a fé em Jesus Cristo e em Seu evangelho restaurado. Eles evidenciam quão misericordioso o Senhor tem sido.”

Fonte: LDSChurchNews

Relacionado:

Departamento de História da Igreja Adquire Novos Fragmentos do Manuscrito Original do Livro de Mórmon