Como exatamente Joseph Smith traduziu o Livro de Mórmon?

Pergunta

Eu gostaria de saber a maneira exata como o Profeta Joseph traduziu o Livro de Mórmon. Por exemplo, li que a princípio ele usou uma “pedra de vidente” em vez do Urim e Tumim, que colocava em seu chapéu e sobre o rosto para bloquear a luz e uma frase do Livro de Mórmon apareceria e abaixo dela apareceria a tradução em inglês.

Os depoimentos de testemunhas oculares estão confundindo a “pedra de vidente” com o Urim e Tumim? Se não, o que aconteceu com esta pedra? Eu gostaria de esclarecer essa dúvida, para que pudesse ter uma compreensão dos mecanismos de tradução das placas. Obrigado.

Resposta

Você está certo, o Joseph usou tanto a “pedra de vidente” quanto o Urim e Tumim para traduzir o Livro de Mórmon. Mas “a maneira exata” em que isso foi feito não é conhecida.

As únicas palavras registradas que o Profeta já proferiu sobre como executou a tradução, estão registradas na página de título do Livro de Mórmon, “para ser revelado pelo dom e poder de Deus, a fim de ser interpretado”

A “pedra de vidente” tinha a forma de ovo e cor de chocolate. E é verdade que ao usá-la, pelo menos durante o dia, o Profeta a colocava em um chapéu e depois sobre o rosto para evitar a entrada da luz, para que pudesse ler as inscrições que apareceriam na pedra. B.H. Roberts citou a descrição de David Whitmer da tradução pela “pedra de vidente” da seguinte forma:

Um pedaço de algo parecido com um pergaminho aparecia, e nele aparecia a escrita. Aparecia um caractere de cada vez, e abaixo dele a tradução em inglês.

“Joseph lia o inglês para Oliver Cowdery, que era seu principal escriba, e quando era escrito e repetido para o irmão Joseph para ver se estava correto, o caractere desaparecia e aparecia outro com a interpretação abaixo” (BH Roberts, Defesa da Fé e dos Santos, Vol.1, p.351).

O Urim e Tumim eram duas pedras transparentes dispostas em um arco um tanto semelhante a óculos e presas a um peitoral. O profeta usava a “pedra de vidente” ou o Urim e Tumim na tradução do Livro de Mórmon. B.H. Roberts comenta sobre o uso dos dois instrumentos no processo de tradução da seguinte forma:

“O resumo de todo o assunto, então, a respeito da maneira de traduzir o registro sagrado dos nefitas, de acordo com o depoimento das únicas testemunhas é o seguinte: Com o registro nefita foi depositado um curioso instrumento, consistido de duas pedras transparentes, colocadas na borda de um arco, algo parecido com um par de óculos, porém maiores, chamados pelos antigos hebreus de ‘Urim e Tumim’, mas pelos nefitas ‘intérpretes’. Além desses ‘Intérpretes’, o profeta Joseph tinha uma ‘pedra de vidente’, possuidora de qualidades semelhantes ao Urim e Tumim; que o profeta às vezes usava um e às vezes o outro dentre esses instrumentos sagrados no trabalho de tradução; que se os ‘intérpretes’ ou a ‘pedra de vidente’ foram usados, os caracteres nefitas com a interpretação em inglês apareceram no instrumento sagrado; que o Profeta pronunciaria a tradução em inglês para seu escriba, que, quando corretamente escrita, desapareceria e outros caracteres com sua interpretação tomariam seu lugar, e assim por diante até que o trabalho fosse concluído” (BH Roberts, The Seventy’s Course in Theology, First Year , p.111).

Fonte: Ask Gramps

| Livro de Mórmon, Perguntas e Respostas

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *