No mundo de Néfi e Sam de um lado e Lamã e Lemuel em outro, todo mundo quer ser como Néfi, mas será que você é? Antes de afirmar que é totalmente como Néfi, praticamente um clone dele porque você nunca tentaria “se livrar” de seu irmão ou o pai, pense bastante no assunto. Ou melhor, pense sobre Lamã. Antes de julgar, vamos dar uma olhada em quem esse cara realmente era:

Boas Características

“Os Filhos de Leí Oferecem Riquezas a Labão” de Jerry Thompson, Biblioteca de Mídia SUD/ LDS.org

Eu odeio ter que dizer isso, mas Lamã não foi de todo mau. Na verdade, se você conseguir ignorar as tendências assassinas dele — eu sei que é difícil — ele se parece muito com qualquer adolescente rebelde: rabugento, mal-humorado e sem entusiasmo pela Igreja. Além disso, embora a contragosto, seguiu muitos dos ditames do pai; Ele tinha algumas características boas:

A Saída e Jerusalém

Lamã sai de Jerusalém com sua família (1 Néfi 2:5). Ele não ficou muito contente em ter que ir embora, mas quem ficaria?  Imagine que seu pai conseguiu um novo emprego e que você tivesse que se mudar. Você não só teria que deixar seus amigos e seu lar, mas você também teria que que deixar sua casa incrível E seu pai estava em contenção de despesas, então adeus riquezas. No entanto, ele deixou.

A Volta para Buscar as Placas

Leí envia seus filhos de volta à Jerusalém para buscar as Placas de Latão (1 Néfi 3:4). Para não perder o costume, Lamã deu um chilique, mas acabou indo buscar as placas. Provavelmente ele andou se arrastando e ficou reclamando o tempo todo, mas ele voltou. Imagine seu pai dizendo que você tem que procurar os livros de recordações da família, mas que essa não seria uma tarefa assim tão fácil. Você teria que brigar com alguém ou enganar esse membro da família com quem você tem um relacionamento distante e que poderia tentar matar você.

A Ajuda para Construir o Barco

O Senhor ordenou a Néfi que construísse um barco (1 Néfi 17:8), e Lamã ajudou. Para falar a verdade, Néfi teve que forçar Lamã para que ele o ajudasse. Ainda assim, você consegue imaginar seu irmão dizendo: “Aham, preciso construir um barco sim. Mesmo sem saber nada sobre eles. A propósito, você e sua família deverão entrar nele e navegar através do oceano”. Sinceramente, eu ficaria um pouco desconfiada, também.

Lamã versus Néfi

“Néfi Retornando a Leí com as Placas de Latão”, de Jerry Thompson, Biblioteca de Mídia SUD/ LDS.org

Antes que você pense que eu estou defendo Lamã (e Lemuel), admito que Lamã não era boa pessoa. Ele tentou matar o irmão em várias ocasiões. Ele foi mais ou menos forçado a viver em retidão e quando se arrependia era por medo. Se quiser saber o que é obediência de verdade — ao contrário da obediência relutante e forçada de Lamã — observe Néfi:

  1. Saindo de Jerusalém: Néfi exerceu tanta fé em Deus e seu pai, que o Senhor disse: “Bendito és tu, Néfi, por causa de tua fé, porque me procuraste diligentemente, com humildade de coração”. (1 Néfi 2:19). Néfi defendeu seu pai e procurou o Senhor para saber por si mesmo.
  2. Buscando as Placas de Latão Néfi disse: “Eu irei e cumprirei as ordens do Senhor, porque sei que o Senhor nunca dá ordens aos filhos dos homens sem antes preparar um caminho pelo qual suas ordens possam ser cumpridas” (1 Néfi 3:7). Ele estava pronto e disposto a fazer o que fosse para obter as placas. Na verdade, ele fez sacrifícios extremos para o bem das gerações futuras.
  3. Construir um Navio: Então Néfi perguntou: “Aonde irei a fim de encontrar minério para fundir e fazer ferramentas, com o fito de construir o navio do modo que tu me mostraste?” (1 Néfi 17:9), mostrando uma enorme quantidade de fé.

Os exemplos da bondade de Néfi são ilimitados. Eles servem para mostrar as diferenças entre um verdadeiro seguidor de Cristo e de alguém que segue a multidão.

A Descida para a Apostasia

“Anjo parando Lamã e Lemuel”, de Jerry Thompson, Biblioteca de Mídia SUD/ LDS.org

A diferença entre Néfi e Lamã é gritante. A pergunta que não quer calar então é, o que deu errado? , O que levou Lamã, nascido de bons pais, uma pessoa difícil, que fazia o que lhe era pedido, mesmo sem ter o desejo de fazer, certificando-se de que todos mundo soubesse disso a se tornar um homem que buscou ativamente a destruição de seu irmão? Não observe as coisas grandes e óbvias, mas as pequenas coisas que Lamã fez e as que não fez. São estas pequenas coisas que começam a descida em direção à apostasia.

Murmurar

Começa com o murmúrio: contra os pais, contra os líderes da igreja e contra a retidão: Lamã “[murmurava] a respeito de muitas coisas contra seu pai, que ele era um visionário” (1 Néfi 2:11). E este foi apenas o começo (até onde sabemos) de sua murmuração. Em suma, ele queixou-se não só porque seu pai os fez sair de sua casa, mas porque um profeta de Deus os fez deixar Jerusalém. Ele murmurou quando ele teve que voltar para buscar as placas, quando eles viajaram pelo deserto, quando Néfi construiu o barco… praticamente Lamã parecia não fazer muita coisa além de reclamar. Por outro lado, Néfi não murmurou, nem mesmo quando Leí murmurou no momento em que todos eles estavam com dificuldades para encontrar alimento no deserto.

Descrença

Lamã carecia de fé não apenas seu pai ou no profeta de Deus, mas no próprio Deus: “E murmuravam por desconhecerem os procedimentos daquele Deus que os havia criado” (1 Néfi2:12). Faltava-lhe fé a tal ponto que mesmo depois que um anjo lhes apareceu, ele disse, “Como é possível que o Senhor entregue Labão em nossas mãos? Eis que ele é um homem poderoso e ele pode ordenar cinquenta, sim, mesmo que pode matar a cinquenta; Então por que não nós?” (1 Néfi 3:31). Esta falta de fé continua a aparecer, muitas vezes com o murmúrio, ao longo dos anos; Ele enfrenta cada novo obstáculo com medo, não com fé. Néfi teve fé no Senhor, como pode ser visto pela sua vontade de obedecer aos mandamentos.

Não Inquirir

Toda criança mórmon aprende desde o berço a ler as escrituras e orar. Nós usamos estas coisas para inquirir do Senhor, edificar um testemunho e receber revelação pessoal. Enquanto Néfi era rápido em inquirir o Senhor — o que o fez ter a visão da Árvore da Vida  como resultado — Lamã não era. Na verdade, quando Néfi perguntou se Lamã e Lemuel tinham pedido entendimento ao Senhor, eles responderam: “Não perguntamos, porque o Senhor não nos dá a conhecer essas coisas”. (1 Néfi 15:9). Então agora, para Lamã, não apenas faltava-lhe a fé, mas ele nem sequer se importou em perguntar a Deus, porque ele não acredita que receberia uma resposta.

Domínio Injusto

Lamã não só tinha certas expectativas sobre seu papel na família — um tipo de orgulho que podemos adicionar à lista — mas ele usou sua posição para exercer domínio. Ele abusou fisicamente e verbalmente de seus irmãos (1 Néfi 3:28), tomou o controle da família (em várias ocasiões) e procurou governar: “Pois eis que não permitiremos que ele seja nosso chefe; pois compete a nós, que somos os irmãos mais velhos, governar este povo” (2 Néfi 5:3). Ironicamente, é este orgulho e esta maldade que tornou Lamã indigno de exercer o seu privilégio de primogênito, fazendo com que Néfi assumisse o papel do professor.

E aí, você é um Néfi ou um Lamã? Obedece de má vontade ou com todo o coração? Você murmura ou dá ouvidos à palavra de Deus com regozijo? Lamã não apenas passou de uma criança problemática a um homem com tendências assassinas. Ele desceu para as profundezas da escuridão porque ele negligenciou as pequenas coisas; Ele se permitiu murmurar e depois desobedecer, posteriormente exercendo domínio injusto. Por outro lado, Néfi tinha fé, obedecia, orava e estudava as escrituras. Ele fazia aquelas coisas pequenas que Lamã não fazia, e essas pequenas coisas fizeram toda a diferença. Se você notar que está murmurando ou que não querer obedecer, lembre-se do que o Élder Neal A. Maxwell disse sobre Lamã e Lemuel:

“Se, de certa forma, eles aparentam ser personagens pouco definidos, é justamente por serem tão vazios por dentro. E esse vazio poderia ter sido preenchido pelo ‘amor de Deus’”.

Apenas permita-se ser preenchido com o amor de Deus e continue fazendo as pequenas coisas, assim você encontrará seu caminho.

Escrito por Allisson Weber e traduzido por Luciana Fiallo.

Fonte: www.mormonhub.com