Se você é um amante da história ou simplesmente curioso, você provavelmente tem conhecimento sobre eventos importantes na história da Igreja. Mas não importa o quanto você pensou que sabia, há uma quantidade impressionante de fatos fascinantes que você pode ter negligenciado. Aqui está uma história interessante sobre a Palavra de Sabedoria e seus efeitos sobre os primeiros santos da Igreja.

A Palavra de Sabedoria

Quando Joseph Smith perguntou ao Senhor em 27 de fevereiro de 1833, ele recebeu uma revelação hoje conhecida como a Palavra de Sabedoria. Desde o início, a interpretação e implementação da Palavra de Sabedoria era complexa. O começo da revelação afirma: “Para ser enviada como saudação; não como mandamento ou coerção”.

Essa redação levou a debates sobre se a revelação era um mandamento ou uma orientação. Também surgiram várias outras questões, incluindo o significado de “bebidas quentes” (Doutrina e Convênios 89: 9).

A Palavra de Sabedoria recebeu menos atenção após o martírio de Joseph Smith em junho de 1844. Durante o êxodo de Nauvoo em 1845, uma lista de suprimentos sugeridos para a jornada para o oeste foi impressa no Nauvoo Neighbor. A lista incluiu uma libra de chá e café e um galão de álcool por família.

Em Winter Quarters, no entanto, Brigham Young tentou conter o uso de álcool. Uma varredura no Winter Quarters descobriu cinco barris de moonshine em um único dia.

Lago Salgado

Após a chegada dos santos ao Vale do Lago Salgado e as dificuldades do pioneirismo começaram a diminuir, Brigham Young fez tentativas adicionais para persuadir os Santos dos Últimos Dias a seguir a Palavra da Sabedoria. Em 1860, o Presidente Young terminou seu uso pessoal de álcool, tabaco, chá e café, exceto para fins medicinais ou sacramentais.

Os esforços renovados dos presidentes da Igreja, John Taylor, Wilford Woodruff e Lorenzo Snow, levaram os Santos dos Últimos Dias para a abstinência total das substâncias prejudiciais. Em 1900, a evidência sugere que a maioria dos líderes da Igreja estavam vivendo a Palavra de Sabedoria. Um evento histórico ocorreu em 1902, quando o presidente Joseph F. Smith ordenou aos presidentes de estaca se recusassem a dar uma recomendação do templo para “violadores flagrantes” da Palavra de Sabedoria. Pela primeira vez, a violação da Palavra de Sabedoria levou a restrições nos privilégios da Igreja.

Essa tendência continuou com  Heber J. Grant. O presidente Grant foi um feroz defensor da proibição e um intérprete estrito da Palavra de Sabedoria. Em 1921, a observância da Palavra de Sabedoria tornou-se um requisito para a admissão no templo. O presidente Grant ensinou claramente a revelação como um mandamento, não como uma orientação ou uma sugestão.

1940 – 1950

Nas décadas de 1940 e 1950, a questão não era se os Santos dos Últimos Dias viveriam a Palavra de Sabedoria, mas até onde eles iriam em seu zelo para seguir seus preceitos. Em 1945, o Élder Joseph F. Merrill pregava um sermão ardente contra o uso excessivo de carne. O juiz John A. Widtsoe e sua esposa, Leah, escreveram um livro sobre os princípios da Palavra e da Sabedoria e deram a sua opinião: “A gestante que usa bebidas com cafeína está lançando as bases para o fracasso na vida do feto”.

Outros líderes da Igreja defenderam uma abordagem mais medida. Quando um funcionário de teatro se desculpou por dar ao presidente David O. McKay um copo com o logotipo da Coca-Cola no exterior, o profeta brincou: “Não me importo com o que diz no copo, contando que tenha Coca dentro”. Embora as interpretações individuais tenham variado desde os dias dos Presidentes Heber J. Grant e David O. McKay, os mais fiéis santos dos últimos dias estabelecem o acordo sobre o abstenção de álcool, tabaco, café, chá e drogas nocivas.

Por que houve uma abordagem tão gradual para aceitar a Palavra de Sabedoria como um mandamento? O Presidente Joseph F. Smith ofereceu a seguinte opinião: “A razão, sem dúvida, porque a Palavra de Sabedoria foi dada – não por “mandamento ou coerção” era que, naquele momento, pelo menos, se tivesse sido dado como um mandamento, teria trazido cada homem, viciado no uso dessas coisas nocivas, sob condenação, então o Senhor foi misericordioso e deu-lhes uma chance de superar, antes que Ele os trouxesse sob a lei”.

Este artigo foi traduzido do inglês: Lds Living

Saiba mais sobre o assunto:

Atingindo a Boa Forma Física por meio dos Princípios da Palavra de Sabedoria