Em 16 de agosto, a Igreja divulgou uma declaração do Presidente Russell M. Nelson sobre o uso correto do nome de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Este é um assunto que surgiu repetidamente durante vários anos. Aqui estão seis referências onde apóstolos, profetas e as escrituras mencionam o uso do nome da Igreja.

1) Novo logotipo enfatiza o nome oficial da Igreja

Em 1995, a Igreja ajustou seu logotipo para que o nome de Jesus Cristo ficasse mais visível. Esta representação gráfica foi para mostrar a posição central do Salvador na teologia da Igreja.

“Há milhões de pessoas que nunca associam o nome oficial da Igreja ao nome de ‘Mórmon'”, disse Bruce L. Olsen, então diretor administrativo de Assuntos Públicos da Igreja. “Espero que possamos corrigir o mal-entendido e a confusão com esta nova representação gráfica que se concentra no nome d’Aquele  a quem a Igreja pertence.”

2) O nome de Cristo

Quando o Cristo Ressuscitado ministrou aos nefitas, conforme registrado em 3 Néfi 27: 3, Seus discípulos foram reunidos e perguntaram:

“Senhor, desejamos que nos digas o nome que devemos dar a esta igreja, porque há controvérsias entre o povo a respeito deste assunto.”

Essa pergunta trouxe uma resposta divina:

“Não leram as escrituras, que dizem que deveis tomar sobre vós o nome de Cristo, que é o meu nome? Porque por esse nome sereis chamados no último dia.

E todo aquele que tomar sobre si o meu nome e perseverar até o fim, será salvo no último dia.” (3 Néfi 27: 5-6).

3) “Pois Assim Será a Minha Igreja Chamada”

O Élder Russell M. Nelson, do Quórum dos Doze Apóstolos, discursou sobre o nome da Igreja na sessão da manhã de sábado da conferência geral de abril de 1990 , observando que, em Doutrina e Convênios 115:4, o Senhor disse especificamente: “Pois assim será a minha igreja chamada”

“Não há dúvida de que toda palavra que procede da boca do Senhor é preciosa. Conseqüentemente, cada palavra deste nome deve ser importante, dada divinamente por motivo válido. Se estudarmos as palavras-chave do nome, poderemos compreender melhor seu significado total.”

Ele então falou do significado das quatro palavras ou frases-chave no nome da Igreja: Santos, Últimos Dias, Jesus Cristo e A Igreja.

apóstolo sud

4) Élder M. Russell Ballard: ‘A importância de um nome’

“O nome do Salvador é o único nome dado debaixo dos céus pelo qual o homem pode ser salvo “, disse o Élder M. Russell Ballard, do Quórum dos Doze Apóstolos, durante a conferência geral de outubro de 2011 . “O Senhor Jesus Cristo sabia como era importante definir claramente o nome de Sua Igreja nestes últimos dias. ”

Os membros devem ensinar e reconhecer que o nome da Igreja “é conhecido pelo nome do Senhor Jesus Cristo”.

“O nome que o Salvador deu a Sua Igreja nos diz exatamente quem somos e no que acreditamos. Cremos que Jesus Cristo é o Salvador e Redentor do mundo. “

5) Nós, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Na sessão da manhã de domingo da conferência geral de abril de 1979 , o Presidente Marion G. Romney, na época segundo conselheiro na Primeira Presidência, explicou a origem da Igreja, o termo “Mórmon” e o nome de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

“Os membros da Igreja não se ressentem de serem chamados de mórmons, nem a Igreja se ressente de ser chamada de igreja mórmon. Entretanto, não é o nome correto da Igreja”, disse o presidente Romney.

“Alem do Salvador nomear pessoalmente a sua Igreja,” A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias “… Ele também declarou ser ” a única igreja verdadeira e viva na face de toda a Terra, com a qual eu, o Senhor, me deleito…”(Doutrina e Convênios 1:30).

antimormon

6) 23 de fevereiro de 2001, carta da Primeira Presidência

Em 23 de fevereiro de 2001, a Primeira Presidência enviou uma carta aos membros da Igreja sobre como usar o nome da Igreja.

“À medida que a Igreja atravessa fronteiras, culturas e idiomas, o uso do nome revelado, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias ( Doutrina e Convênios 115: 4 ), é cada vez mais importante em nossa responsabilidade de proclamar o nome do Salvador em todo o mundo “, disse a carta.

A carta desencorajava o uso dos termos “A Igreja Mórmon”, “A Igreja dos Santos dos Últimos Dias” ou “A Igreja SUD”.

Fonte: Church News

Relacionado:

Com certeza vou começar a dizer “A Igreja de Jesus Cristo”