Existem dezenas de sinais proféticos sobre a segunda vinda de Jesus Cristo. Variam de guerras e rumores de guerras a pragas de destruição avassaladora e calamidades generalizadas. Mas há uma pequena profecia com enormes implicações que, segundo ela, ocorrerá bem antes da segunda vinda. As escrituras e os profetas modernos falam de um enorme acontecimento que mudará drasticamente a superfície do nosso mundo. SPOILER: É um gigantesco terremoto.

O terremoto profetizado reunirá as massas continentais da terra novamente.

O terremoto que acabará com todos os terremotos

O Élder Bruce R. McConkie ensinou que quando a segunda vinda estiver próxima, haverá quatro mudanças marcantes em nosso planeta (Sim, no planeta inteiro). Eis o que está profetizado para acontecer:

  • Haverá um terremoto gigantesco, cuja gravidade “nunca se viu desde que o homem pôs os pés neste planeta.
  • Todo vale será exaltado, e todo monte e todo outeiro serão abatidos, e o tortuoso se endireitará, e o áspero se aplainará.
  • As massas de terra se reunirão; as ilhas e os continentes se tornarão uma só terra”.
  • E, finalmente, “o grande abismo — o que se presume que seja o oceano Atlântico — retornará ao seu lugar no Norte, ‘e a terra será como era nos dias antes de ser dividida’”.

Espere… O QUÊ?

Aguente aí. Tudo bem, isso é grande coisa. Um oceano inteiro ir para o norte? Será algo interessante de se ver. As ilhas e continentes vão se tornar uma massa de terra novamente? Por que não falamos mais sobre isso? É como um retorno literal a Pangeia.

De repente, as culturas orientais e ocidentais vão ficar frente a frente. Será um grande dia! Não haverá mais ilhas isoladas. As fronteiras serão completamente ignoradas. Os que sobreviverem à destruição viverão juntos.

Se você for membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias há algum tempo, já teve várias aulas sobre a segunda vinda. Mas por alguma razão raramente falamos sobre as massas continentais tornando-se uma só. Dito isto, se você pensar sobre o assunto, faz todo o sentido (geralmente tudo no evangelho faz).

A Preparação para o Milênio

A segunda vinda de Cristo tem o propósito (entre muitos outros) de iniciar o Milênio — mil anos de paz durante os quais o próprio Cristo reinará sobre a terra. Não haverá nenhum Reino do Leste ou Reino do Oeste. Ficaremos todos juntos. Um rebanho, um só pastor.

É até bom de se pensar! Um mundo dividido por fronteiras arbitrárias, composto de quase 200 países e governos separados, reunido como um. Nossas culturas separadas lentamente assimilarão a cultura do próprio Cristo.

Por falar em terremotos

De acordo com as escrituras e com as revelações modernas, este terremoto causará o aparecimento de um novo rio em Jerusalém que fluirá para o oeste em direção ao Mar Mediterrâneo e para o leste em direção ao Mar Morto (consequentemente curando suas águas estéreis). Além disso, Cristo dividirá o Monte das Oliveiras em dois. Parte dele se moverá para o norte e parte para o sul, permitindo que o restante dos israelitas sitiados escape por pouco da destruição iminente infligida pelos exércitos invasores.

Algumas fontes indicam que há uma fenda suspeita perto de Jerusalém. Uma delas uma linha horizontal que corta o Monte das Oliveiras. Coincidência? Talvez sim. Talvez não.

Referências de Escrituras/Manuais:

Apocalipse 16:17-21, D&C 133:21-24, Apocalipse 11:13, Ezequiel 38:19-20, Ageu 2:6-7, Manual do Aluno do Velho Testamento: A Batalha do Armagedom: Uma Visão Profética, Zacarias 14:8-9, Ezequiel 47:1-5, Zacarias 14:4-5.

Escrito por David Snell e traduzido por Luciana Fiallo.

Fonte: mormonhub.com