Recém converso e ex-pastor batista dá conselho aos missionários

Enquanto Bryan Ready tentava descobrir como deixar uma carreira como pastor batista, ele não progrediu para o batismo tão rapidamente quanto os missionários gostariam, e os missionários lhe disseram que não poderiam mais ensiná-lo.

Ready acabou deixando sua carreira para trás, e com o consentimento de sua esposa, ele se tornou um membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Durante uma entrevista para o podcast All In, Ready fala sobre sua experiência sobre quando os missionários deixaram de acompanha-lo e deixa um conselho para os jovens missionários. Confira:

Ouça o espírito

Se você ainda sente o espírito, mesmo se o seu pesquisador não atenda todos os indicadores chave, se você ainda sente o espírito quando está conversando com essa pessoa, não os abandone.

Talvez você não consiga encontrar com eles todas as semanas, mas pelo menos uma vez por mês, ligue para eles.

Se você sente o espírito quando está falando com essa pessoa, não a abandone, não importa o progresso… o meu problema era que eu tinha de alinhar as coisas para me filiar à Igreja.

Tive de arranjar um novo emprego… eu precisava que Deus me dissesse que não fazia mal demitir-me como um ministro batista, e precisava do consentimento da minha mulher para ser batizado.

E eu não tive nada disso durante quatro ou cinco anos, fiquei nesse tipo de ‘limbo’. E foi muito, muito frustrante.

Uma das partes mais frustrantes é que os missionários vinham até mim, ou um membro bem intencionado, e diziam, “Ei, Bryan, o que você precisa fazer é dar um passo de fé. Dê um passo de fé, demita-se da sua igreja… e Deus resolverá tudo.”

Então eu conversava com o Senhor, e dizia: “Senhor, tu queres que eu me demita?” e Ele respondia que não.

Então, eu voltava para os missionários e dizia: “Deus disse não.” [E eles diziam,] “bem, Bryan, você só precisa dar um passo de fé.”

Ouça o seu pesquisador

Se você quer ensinar sobre arbítrio e quer ensinar o direito à revelação pessoal, se um pesquisador recebe uma revelação pessoal que contradiz o que você acha que deveria ser, é melhor ter uma boa razão bíblica para não concordar com eles. Ouça-os.

E a razão pela qual foi tão doloroso para mim é porque os missionários e alguns membros eram a única conexão que eu tinha com a Igreja.

Meus compromissos de domingo de manhã eram na mesma hora que a reunião sacramental. Por isso, não podia ir à reunião sacramental ou à escola dominical.

Eu conseguia ir às atividades. Eu podia ir à conferência geral, mas quanto a adorar com os santos, eu não tinha oportunidade.

Minha única conexão sólida com a Igreja, a única conexão com o ensino da Igreja que eu tinha, além da conferência geral, eram os missionários.

E quando se foram embora, foi como um bande de água fria… me senti completamente só. E se não fossem dois membros, eu teria perdido todo o contato com a Igreja.

Eu não estava não querendo progredir, eu apenas não conseguia passar desses pontos, porque uma vez que o Senhor resolveu essas coisas, dei o passo de fé e tudo deu certo.

Porém, se o tivesse feito antes, quando os missionários me pressionaram para o fazer, teria sido uma confusão horrível. Ouça o seu pesquisador, ouça o espírito.

Para conferir todo o episódio em inglês, clique aqui.

Fonte: LDS Living

| Para refletir

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *