Se meu esposo cumpre a palavra de sabedoria, então por que ele teve um AVC aos 37 anos?

Meu marido recebeu uma promessa específica de saúde por obedecer à Palavra de Sabedoria. Então, por que ele teve um acidente vascular cerebral aos 37 anos?

Ao correr para a sala de emergência eu estava aterrorizada. Antes, meu marido havia me ligado para dizer que estava indo para o hospital porque algo estava errado, e ele estava tendo visão dupla.

Sem saber o que esperar, abri a porta para a sala de emergência e encontrei meu marido de 37 anos em uma cadeira de rodas, caído, um olho caído de forma não natural.

Parecia que ele tinha 50 anos. Imediatamente percebi que ele estava tendo um acidente vascular cerebral.

Como aquilo estava acontecendo? Ele era um jovem advogado que trabalhava em Washington, D.C., enquanto servia como bispo em nossa ala. Tínhamos seis filhos pequenos, incluindo bebês gêmeos de 8 meses de idade.

E, no entanto, meu marido estava em uma cadeira de rodas lutando para olhar para mim porque o acidente vascular cerebral estava afetando sua visão.

A partir daquele momento eu soube que nossa vida seria diferente, e minha mente estava cheia de perguntas:

“Meu marido teria visão dupla para sempre? Quão drasticamente isso afetaria o nosso cotidiano?”

Também não pude deixar de ter flashbacks do meu pai, que teve um ataque cardíaco aos 55 anos e morreu antes que eu tivesse a chance de me despedir.

Se cumprimos a Palavra de Sabedoria, por que ficamos doentes?

Nos próximos dias, enquanto os médicos realizavam vários testes para entender o motivo do meu marido, jovem e aparentemente saudável, sofrer um acidente vascular cerebral, li a bênção patriarcal do meu companheiro eterno em busca de respostas.

Sua bênção dizia que se ele seguisse a Palavra de Sabedoria, ele seria abençoado com saúde. Mas isso não fazia sentido.

Ele nunca provou álcool, tabaco, drogas, café ou chá, mas estava tendo um acidente vascular cerebral aos 37 anos.

Essa aparente contradição foi o começo da minha descoberta de quantas coisas a Palavra de Sabedoria tem para nos oferecer.

Uma pergunta que eu tinha para o neurologista era se o acidente vascular cerebral foi causado pelo estresse. Como pai de seis filhos, bispo e advogado, meu marido tinha muitos motivos para sofrer com estresse.

Porém, o neurologista disse que seu acidente vascular cerebral não foi causado pelo estresse e que ele acreditava que algo mais grave estava acontecendo.

O médico solicitou vários exames, mas todos deram negativo. Não havia danos ao seu coração, nem predisposição genética, nem arritmia cardíaca ou qualquer outra coisa. Eles também não tinham nenhuma resposta para quando ou se sua visão voltaria ao normal.

Uma dieta saudável

A única direção que nos foi dada foi um pedaço de papel que dizia que, a partir daquele momento, meu marido deveria seguir uma dieta saudável para o coração, evitar gorduras trans, gorduras saturadas e colesterol dietético e aumentar sua ingestão de fibras.

Naquela época, eu não tinha idéia de como evitar gorduras trans ou gorduras saturadas. E a primeira coisa que me veio à mente para adicionar mais fibra à nossa dieta foram barras de cereais.

Toda a experiência foi confusa e assustadora, mas pude sentir que o Espírito me direcionava para buscar respostas na Palavra de Sabedoria.

Uma busca pelo que pode ser feito

Quando o meu pai morreu, não recebemos um aviso. Aquele foi o seu único ataque cardíaco. Após sua morte, lembro-me de ter desejado que ele tivesse a chance de ser apenas um alerta para que houvesse a oportunidade de fazer mudanças.

Como muitos, meu pai era muito bom em seguir o que não deveria ser feito da Palavra de Sabedoria, mas prestou menos atenção em pontos como comer vegetais e grãos integrais. Penso no meu pai todos os dias e ainda sinto muita falta dele.

Na minha pesquisa após o acidente vascular cerebral do meu marido, aprendi que sete das dez principais causas de morte estão relacionadas à dieta, sendo a causa número um de doenças cardíacas.

Mas também aprendi que não tem que ser assim.

Depois de voltar para casa do hospital, meu marido e eu procuramos orientação no Senhor. Eu não queria que meu cônjuge fosse outro número na estatística.

Fomos ao templo, jejuamos e oramos. Os membros de nossa ala também jejuavam para que a visão do meu marido voltasse ao normal.

Eu estava disposta a fazer quaisquer mudanças necessárias em nossa dieta para evitar mais derrames no futuro e ajudar a visão do meu marido.

Analisei cada parte da Palavra de Sabedoria. Nós já estávamos seguindo o que não pode ser feito, então passei a maior parte do meu tempo no que deve ser feito.

Isso incluiu comer carne com moderação e comer mais vegetais e grãos integrais. Eu aprendi o quão incrível é a fibra encontrada em alimentos integrais para o nosso corpo.

E aprendi que assim como o Senhor abençoou o mundo com conhecimento sobre os benefícios de seguir o que não se deve fazer na Palavra de Sabedoria, Ele abençoou o mundo com conhecimento sobre o valor do que deve ser consumido.

A confusão nutricional e o que Deus estabeleceu

Há tanta confusão nutricional no mundo de hoje, mas Deus nos abençoou com orientação sobre como ver as tendências de dietas antigas. Mais e mais pesquisas estão testando a verdade que conhecemos há centenas de anos.

O que se deve e o que não se deve fazer da Palavra de Sabedoria trabalham juntos como um só, para ajudar “na salvação física de todos os santos nos últimos dias”.

Depois de mergulhar profundamente na pesquisa sobre dietas e longevidade e ver além das tendências e modas de saúde atuais, aprendi que comer carne com moderação e comer mais alimentos e vegetais é a melhor coisa que você pode fazer para prevenir doenças crônicas.

Ao contrário dos medicamentos, não existe um tipo de dieta para uma função hepática ideal e uma dieta diferente para prevenir o Alzheimer.

Uma dieta saudável para o coração também é uma dieta saudável para o cérebro e para os pulmões.

A Palavra de Sabedoria é a mesma dieta que ajuda a prevenir o câncer e também pode ajudar a prevenir diabetes tipo 2 e a maioria das doenças na lista das dez maiores causas de morte.

Uma promessa cumprida

Nossa família parou de comer carne e produtos animais com a frequência que costumávamos. Ao fazê-lo, evitamos gorduras trans, gorduras saturadas, colesterol dietético e aumentamos significativamente nossa ingestão de fibras, conforme os médicos recomendaram.

Agora, baseamos nossas refeições em vegetais, legumes, grãos integrais, frutas, nozes, sementes e adicionamos ervas saudáveis para dar sabor.

Percebi diversos benefícios para nossa família após esta mudança. Os importantes indicadores de saúde do meu marido (colesterol, triglicerídeos, pressão arterial, etc.) diminuíram.

Usamos a Palavra de Sabedoria como nosso guia e realmente encontramos “grandes tesouros de conhecimento, até tesouros escondidos”.

Depois de cinco meses com esse tipo de alimentação, a visão do meu marido ficou mais clara, o que ambos consideramos um milagre.

Com todas as bênçãos que recebemos ao tentar viver mais plenamente a Palavra de Sabedoria, me perguntei por que, quando tivemos a opção de comer dessa maneira o tempo todo, minha família ignorou essa parte tão importante da Palavra de Sabedoria por tanto tempo.

Talvez se nossa família tivesse feito um trabalho melhor em seguir esse mandamento, meu pai não tivesse morrido aos 55 anos, e meu marido poderia não ter tido um AVC aos 37 anos.

Esses eventos que alteram a vida foram necessários para que olhássemos mais a fundo e descobríssemos “tesouros escondidos” no incrível guia de saúde que nosso Pai Celestial nos deu.

Concentre se mais no que você deve fazer

As escrituras têm muitas camadas, e se nos concentrarmos muito no que não deve ser feito e deixarmos de lado o que deve ser feito, perderemos de uma camada poderosa de conhecimento.

Semelhante a santificar o Dia do Senhor, quando enfatizamos o que não deve e o que deve ser feito, podemos perder a visão geral.

E é isso que faz toda a diferença na nossa adoração do Dia do Senhor, e o que faz toda a diferença na Palavra de Sabedoria.

Fonte: LDS Living

| Para refletir

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *