Bondade

Como meu tempo no LDS.net está chegando ao fim, eu refleti sobre o que eu gostaria de escrever em um dos meus últimos artigos. Enquanto eu refletia, eu pensei sobre uma experiência que tive na quinta série sobre Bondade e Beleza.

Todas as crianças na classe escreveriam anonimamente algo agradável sobre os seus colegas em um pedaço de papel e, em seguida, colocariam numa sacola específica. Eu comecei a ler ansiosamente os meus pequenos bilhetes de papel na esperança de que todos os meninos achassem que eu era a mais bonita, mais legal ou a mais engraçada.

Para a decepção de meu jovem coração, 90 por cento das observações disseram exatamente a mesma coisa:

Bridget é bondosa.

“O quê?! Só isso!?” Fui para casa absolutamente devastada e comecei a pensar sobre o que eu achava que eles queriam dizer com aquilo. Será que eles apenas colocaram isso porque não tinham mais nada a dizer? Sou muito quieta? Não sou bonita o suficiente?

Agora, com maior maturidade, na experiente idade de 24 (inteligente, eu sei), eu aprendi a valorizar e apreciar a virtude da bondade. Através das minhas experiências vim a perceber que as mulheres mais bonitas são amáveis e bondosas.

Bondade e Beleza Mórmon

Imagem via Deseretnews.com.

Marjorie Pay Hinckley, alguém que eu considero como uma das mulheres mais belas, muitas vezes falou sobre a importância da bondade. Ela aconselhou,

Seja amável. Todas as pessoas que você encontrar estão lutando uma dura batalha.

É verdade

Eu definitivamente descobri que isso é verdade. Apenas poucos dias atrás, uma senhora que cuida dos correios foi ferida por nossa caixa de correio instável e desajeitada. Ao falar com ela depois do acidente, ela estava muito chateada e meu pensamento inicial foi para ser impaciente e curta com ela porque não foi algo intencional. No entanto, conforme ela falava sobre sua rotina do dia a dia, percebi que sua vida não era fácil. Assim que eu comecei a compreendê-la melhor, minha reação mudou completamente.

Compaixão, empatia e compreensão são catalisadores para a bondade. Quando tentamos entender melhor as pessoas ao nosso redor e suas “batalhas” será muito mais fácil exercer bondade e amor.

No entanto, a bondade não é igual a querer agradar as pessoas, encolhendo ou baixando seus padrões. Essa é uma lição que eu aprendi da maneira mais difícil na minha missão.

Eu pensava anteriormente que ser ousada não era legal ou amável. Eu nunca quis ofender ninguém ou ferir os sentimentos de ninguém.

EXPERIÊNCIA MISSIONÁRIA

No dia do Natal em 2013, a minha companheira e eu estávamos voltando de bicicleta para casa quando nos deparamos com um jovem que estava completamente antagônico em relação à Igreja. Ele nos chamou de todo nome que se possa imaginar e, em seguida, nos perguntou por que eramos membros da Igreja. A minha companheira ousadamente e poderosamente testemunhou de Jesus Cristo, o profeta Joseph Smith e da Igreja restaurada do Salvador. Um calafrio percorreu minha espinha e eu vim a entender que o seu testemunho poderoso e corajoso foi o ato mais gentil que ela poderia ter mostrado àquele jovem.

A bondade é agora um dos meus atributos de Cristo favoritos e olhando para trás agora para a Bridget de 10 anos de idade, eu gostaria de dizer-lhe que ser conhecida por exemplificar a bondade é uma marca fundamental da verdadeira beleza.

Para fechar, o Élder Jeffrey R. Holland falou da verdadeira e duradoura beleza da feminilidade,

“As mulheres mais bonitas que conheceu tinham um brilho de saúde, uma personalidade calorosa, um amor pelo conhecimento, estabilidade de caráter e integridade. Se acrescentarmos o doce e gentil espírito do Senhor que uma mulher deve ter, então estaremos descrevendo a beleza das mulheres de todas as épocas, e todos esses elementos são ressaltados no evangelho de Jesus Cristo e podem ser alcançados por suas bênçãos.”

Traduzido por Esdras Kutomi.