fbpx

O Espírito Santo ou eu? Como entender essa diferença

As interações do Espírito Santo são profundamente pessoais e individuais. Cada pessoa se comunicará de maneira diferente com o Espírito, tanto na maneira como ele se manifesta como no tempo.

No entanto, princípios orientadores de amorosos Pais Celestiais podem nos ajudar a saber quando estamos sendo influenciados pelo poder do Espírito Santo.

Como sentimos o Espírito Santo

Como o terceiro membro da divindade, o Espírito Santo (também referido como o Espírito, o Consolador, e o Espírito de Deus) foi dado a responsabilidade específica de testemunhar da verdade e agir como um companheiro e guia. No Dicionário Bíblico, aprendemos que todos os filhos de Deus podem ser influenciados pelo poder do Espírito Santo, enquanto aqueles que fizeram convênios através de ordenanças têm o dom do Espírito Santo. Mas o que isso significa para as nossas experiências do dia-a-dia e nos sentirmos mais perto de Deus e guiados ao longo de nossas vidas?

As escrituras mencionam muitas maneiras que o Espírito Santo pode se manifestar em nossas vidas:

Cheio de alegria (Mosias 4:3)

Paz de consciência (Mosias 4:3)

Confortado (Atos 9:31)

Cheio de esperança e amor perfeito (Morôni 8:26)

Capaz de profetizar (Números 11:25)

Santificado (Romanos 15:16)

Confirmação da verdade (3 Néfi 11:36)

Mente iluminada (Doutrina e Convênios 6:15)

O peito arderá, sentindo que algo está certo (Doutrina e Convênios 9:8)

Estas são apenas algumas das descrições usadas. Hoje, muitos descreveriam a sensação física de formigamento, calor ou fogo para descrever a comunicação clara do Espírito. Alguns sentem um ardor no peito e um impulso para agir. Outros sentem-se calmos e em paz. Precisamos nos esforçar para aprender a sentir o Espírito Santo.

O Espírito convida-nos a fazer o bem

Uma das minhas escrituras favoritas sobre como ter confiança nos nossos avanços e revelações vem do Livro de Mórmon.

Em Morôni 7:13, Morôni ensina “que aquilo que é de Deus convida e impele a fazer o bem continuamente; portanto, tudo o que convida e impele a fazer o bem e a amar a Deus e a servi-lo, é inspirado por Deus.”

Quando você se sente motivado a fazer algo, pergunte a si mesmo se isso alinha com princípios bons e verdadeiros? Se sua decisão leva a servir a Deus e amar os outros, você pode ter confiança de que é de Deus. O Espírito Santo convidará você a viver a verdade e permanecer dentro da segurança de seus convênios.

É importante lembrar disso quando não temos uma resposta clara a uma pergunta. Se não recebemos uma resposta direta do Senhor e a resposta que recebemos nos convida a fazer o bem, podemos seguir em frente sabendo que estamos dentro dos limites que o Senhor estabeleceu para nossas vidas.

Pode ser interessante: Deus queria que Eva comesse o fruto proibido?

Uno em pensamento com Cristo

Quando Paulo escreveu aos Filipenses, ele lhes disse para serem unidos, humildes e cheios de amor. Ele Então disse algo muito interessante: “que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus”.

Um dos propósitos desta vida é tornar-se mais como o nosso Salvador. Em vez de sentir medo e preocupação por não sentirmos o Espírito da maneira que poderíamos esperar, podemos nos sentir animados com a chance de unir nossa vontade com Deus, de ser uno em pensamento com Cristo.

Se Deus sabe que você vai tomar a decisão certa e escolher o que Cristo quer que você escolha, não importa se o pensamento vem de você ou do Espírito Santo.

Em suma, Ele quer que sejamos capazes de agir com justiça por nossa própria vontade.

Uma voz de alerta

Nenhum de nós será perfeito em seguir as indicações e direções do Espírito Santo. Teremos os nossos próprios preconceitos e desejos para enfrentar.

No entanto, foi-nos prometido que se fizermos o nosso melhor para nos mantermos humildes e dignos, o Senhor nos alertará se começarmos a seguir um caminho perigoso.

Por fim, aprender a ser santificado e guiado por Deus é um dos grandes testes da vida. Enquanto continuamos em nossa jornada terrena, recebemos graça e somos guiados pelo Espirito Santo para que possamos voltar a presença de Deus.

Fonte: LDS Daily

| Para refletir, Popular

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *