Élder Martino: “Procure o que há de bom no mundo e faça disso seu alicerce”

Em uma cerimônia de formatura online da BYU- Havaí, o Élder James B. Martino, Setenta Autoridade Geral, ensinou aos recém-formados que grande parte nossa felicidade depende das nossas escolhas.

Ele lembrou que “o Pai Celestial deseja que Seus filhos se tornem co-herdeiros com Cristo para receber tudo o que o Pai possui”.

“Este é o propósito final de Seu grande plano de felicidade. É nosso destino potencial como Seus filhos. Mas isso não acontece apenas conosco. Devemos escolher, e devemos nos comprometer com essa escolha de todo o nosso coração, mente e força, mesmo em face da oposição”.

Para ajudar seus ouvintes a entender aonde as possibilidades de escolhas podem nos levar, ele compartilhou três que nos direcionam à felicidade eterna.

Escolha ser feliz

O Élder Martino ensinou que podemos escolher sermos felizes, e que se não for algo clínico, como depressão, que depende de ajuda profissional, podemos escolher lidar com os “altos e baixos da vida”.

“A felicidade vem para aqueles que, como o povo de Néfi, vivem ‘segundo padrão da felicidade’ (2 Néfi 5:27). Devemos aprender a valorizar o que há de bom ao nosso redor. Procure bênçãos em sua vida todos os dias. Procure o que há de bom no mundo e faça disso seu alicerce. Escolha ser feliz”.

Escolha oportunidades de crescer

Para ilustrar como as provações podem tornar-se bênçãos em nossas vidas, o Élder Martino contou uma história sobre um ladrilho de mármore e uma estátua de mármore que ficavam no mesmo museu e como o ladrilho reclamava por toda a atenção que a estátua recebia, sendo que os dois tinham a mesma pedreira de origem.

“Há um preço para tudo na vida”, disse a estátua ao azulejo. “Você fez sua escolha e não pode culpar ninguém que pisar em você agora.” O Élder Martino concluiu:

“Todos terão a oportunidade de receber cinzelamento, esmerilhamento e polimento. ‘Todas essas coisas’ e muito mais ‘te servirão de experiência, e serão para o teu bem’ (Doutrina e Convênios 122:7). Mas isso não vai acontecer contra a sua vontade; portanto, escolha buscar oportunidades de crescer a partir de suas experiências”.

Escolha agir

O Élder Martino destacou que o mundo oferece diversas distrações e influências que podem ser positivas ou negativas. Precisamos escolher com sabedoria se seremos agentes ou receberemos a ação.

“Nunca se esqueça de que você é filho ou filha de Deus. Você não foi criado para receber a ação. Você foi criado para agir por si mesmo. Você foi criado para ter alegria e recebeu o arbítrio para fazer escolhas. A alegria vem quando agimos e não quando recebemos a ação (2 Néfi 2:25-26)”.

Ao concluir, ele nos disse que sempre temos a opção de escolheremos aos dois grande mandamentos e “se sempre mantivermos a perspectiva primeiro de amar a Deus e depois amar nosso próximo como a nós mesmos, encontraremos a felicidade celestial”.

Fonte: Church News

| Para refletir

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *