O Eclipse de Hoje é um Sinal do Final dos Tempos?

Um eclipse total do sol será visível em todos os Estados Unidos hoje, dia 21 de agosto de 2017. A última vez que isso ocorreu no país foi em 8 de junho de 1918, e ele pôde ser visto desde o estado de Washington até a Flórida, um caminho muito semelhante ao eclipse que está chegando. O eclipse de 1918 não foi tão completo, no entanto.

O de hoje será como o primeiro eclipse solar total que foi visto no país todo em 1776, de acordo com vários sites da Internet. Isto faz com que muitas pessoas suponham que houve um eclipse parecido em 1776 que foi falso.

Quando se discute a natureza de eclipses e onde eles são vistos, é fácil fornecer informações incorretas. É possível procurar pela Internet, onde é possível ver os eclipses e se eles são totais ou parciais.

Existem muitos vídeos cristãos sendo veiculados no YouTube falando sobre o eclipse de hoje como um sinal do final tempos. Não há muitas pessoas acessando, o que significa que nem toda a população dos Estados Unidos não está ansiosa para este eclipse e não o considera um sinal do final dos tempos, conforme os vídeos sugerem. A menos que algo incomum aconteça com o eclipse, talvez ele não seja mesmo.

Precedentes para Sinais Celestiais

Os cristãos estão discutindo esses sinais nos céus porque foram profetizados sinais celestiais para os últimos dias.

E ele respondeu-lhes, e disse: Na geração em que os tempos dos gentios se cumprirem, haverá sinais no sol, e na lua, e nas estrelas; e na terra, angústia das nações em perplexidade, como o bramido do mar e das ondas. A terra também será perturbada, e as águas do grande abismo. (TJS Lucas 21:25).

Deus frequentemente usa sinais astronômicos para anunciar eventos especiais. Na época do Velho Testamento, o sol e a lua ficaram imóveis enquanto as tropas de Josué lutaram e venceram. Mais tarde, apareceu uma nova estrela para anunciar o nascimento de Cristo, enquanto os povos do Livro de Mórmon tiveram uma noite sem escuridão. O céu escureceu em Jerusalém após a crucificação de Cristo, enquanto os povos do Livro de Mórmon tiveram três dias de escuridão total.

Alguns YouTubers cristãos estão relacionando o sinal de Jonas com o eclipse. Um deles afirma que o sinal de Jonas é escuridão. Um eclipse total pode ter ocorrido antes de Jonas chegar a Nínive. Estes eclipses, juntamente com outras calamidades naturais, podem ter assustado tanto os ninivitas que fez com que eles se arrependessem. Outro YouTuber Cristão afirma que o sinal de Jonas é o peixe, um antigo símbolo do cristianismo. Os mórmons acreditam que o sinal de Jonas se relaciona com os três dias durante os quais ele ficou dentro da barriga do peixe, como Cristo ficou três dias no sepulcro.

Quando analisamos as relações de Deus com a humanidade, parece que os sinais precisam coincidir com os dias santos dos judeus. Mesmo durante estes últimos dias, cumprimentos já ocorreram em dias santos dos judeus. Joseph Smith recebeu as placas de ouro no Rosh Hashaná, a festa das trombetas. Elias trouxeram as chaves do poder selador no Bikkurim durante a Páscoa. O bikurim foi a ocasião na qual foi feita uma oferta para garantir uma colheita perfeita. Este eclipse está acontecendo em um ano judaico promissor. De acordo com os judeus, este é o ano 5777. São muitos setes, o número da perfeição e da completude na numerologia judaica.

Os últimos eclipses totais da lua apareceram alternadamente nos dias da festa da Páscoa e na Festa dos Tabernáculos, acontecendo exatamente nos feriados. Os eclipses totais da lua são sinistros. O Talmude (Succah 29a) menciona eclipses do sol e da lua como períodos desfavoráveis para o mundo.

Outro Eclipse em Sete Anos

Embora os eclipses totais sejam raros nos Estados Unidos, haverá outro daqui sete anos, em 8 de abril de 2024. A abrangência do eclipse de 2024 cruza o caminho do eclipse de 2017 no sudeste do Missouri. Na verdade, o local é o ponto onde o eclipse de 2024 será total.

Os dois eclipses ocorrem, não em dias de feriados judeus, mas em épocas importantes de preparação antes desses feriados. Este é o mês judeu de Elul, durante o qual nos preparamos para os feriados cheios de simbolismo da segunda vinda. O eclipse de 2024 ocorrerá no início de Nisan, quando judeus se preparam para a Páscoa, época repleta de referências ao nascimento de Cristo, sua missão, morte e ressurreição. A mensagem é de “preparação”.

O local onde as coberturas dos dois eclipses se cruzam é acima da zona do terremoto de New Madrid e da zona sísmica do vale de Wabash:

Esta área dos Estados Unidos tem um significado especial para os mórmons. Fica ao sul de Quincy, Illinois ou Commerce (Nauvoo) e Independence, Missouri. Muitos YouTubers Cristãos estão dando ênfase no ponto onde os eclipses se cruzam. Ainda assim, o caminho do eclipse de 2017 passa por um terreno considerado sagrado para os mórmons.

Os profetas mórmons previram algum tipo de calamidade para o Missouri que poderia eliminar daquela área de seus habitantes, mas um eclipse no céu não significa necessariamente que haverá uma calamidade na terra.

Outro Grande Sinal?

“Uma vez a cada 7000 anos – 23 de Setembro de 2017”

No dia 23 de sembro de 2017, teremos outro sinal no céu que aparentemente é relacionado à escritura em Apocalipse 12:1, 2:

“E viu-se um grande sinal no céu: uma mulher vestida de sol, e a lua debaixo dos seus pés, e uma coroa de doze estrelas sobre a sua cabeça.

E estava grávida, e gritava, com dores de parto, e com ânsias de dar à luz.”

Dia 23 de Setembro é a Judaica Festa da Trombetas, ou Rosh HaShanah. O simbolismo da festa sugere a separação dos justos dos ímpios em preparação para o julgamento e arrependimento final.

A imagem acima mostra como os corpos celestes vão se organizar para que a lua fique aos pés da constelação de Virgem e o sol em seu ombro com doze estrelas acima de sua cabeça.

E viu-se outro sinal no céu; e eis que era um grande dragão vermelho, que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre as suas cabeças, sete diademas. E a sua cauda levava após si a terça parte das estrelas do céu, e lançou-as sobre a terra; e o dragão parou diante da mulher que havia de dar à luz, para que, dando ela à luz, lhe devorasse o filho. E ela deu à luz um filho homem, que há de reger todas as nações com vara de ferro; e o seu filho foi arrebatado para Deus e para o seu trono.  (Apocalipse 12:3-5)

A mensagem nesses versículos de Apocalipse é que Satanás não triunfará, mesmo em momentos de grande tribulação.

Os próximos eclipses e os movimentos dos planetas são um alerta? Como saber com certeza e manter distância de especulação? Compartilhe suas ideias nos comentários abaixo.

Escrito por Gale Boyd e traduzido por Luciana Fiallo.

Fonte: mormonhub.com

| Para refletir
Publicado por: Luciana Fiallo
Tradutora e intérprete de formação e paixão. Escolheu essa profissão para, no futuro, poder fazer lição de casa com os filhos e continuar trabalhando.
Aulas do quórum de Élderes, grupo de Sumo Sacerdotes e Sociedade de Socorro serão diferentes em 2018
Aulas do Sacerdócio de Melquisedeque e da Sociedade de Socorro serão...
Pres. Uchtdorf Publica Mensagem Emocionante no Aniversário do Pres....

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *