Deus, O melhor especialista em relacionamentos e família do mundo

O melhor especialista do mundo em famílias e relacionamentos é Deus. Mais ninguém se iguala a Sua compreensão.

Então, como seres humanos sensatos, onde muitos de nós buscam orientação sobre famílias e relacionamentos? Em todos os lugares, exceto em Deus.

Aproveitamos as tradições dos nossos pais. Consultamos livros sobre relacionamentos. Resmungamos como pessoas, pais e cônjuges imperfeitos que somos, sempre tentando fazer o nosso melhor, mas sabendo que ficamos muito aquém.

Mas não precisa ser assim. Podemos encontrar verdades essenciais para nossos relacionamentos ao nos aconselharmos com o Pai Celestial.

Tesouros escondidos

Podemos descobrir tesouros escondidos de conhecimento. Permitam-me compartilhar alguns exemplos:

Você sabia que pesquisas recentes revelaram as chaves para o bem-estar pessoal e que as mesmas chaves são perfeitamente descritas nas escrituras e pelos profetas e apóstolos modernos?

Você sabia que as maiores descobertas de pesquisas sobre casamento nas últimas décadas enfatizaram qualidades de caráter e não habilidades? Deus tem ensinado essas mesmas qualidades de caráter desde o início dos tempos.

Você sabia que o preditor mais importante da paternidade efetiva também é o primeiro e maior mandamento de Deus (veja João 13:34-35)?

Você sabia que a técnica de controle (chamada indução) recomendada pela melhor pesquisa sobre paternidade é perfeitamente descrita em Doutrina e Convênios 121?

Você sabia que a compaixão, ou compreensão, é um dos princípios básicos de relacionamentos verdadeiros e que o Pai e o Filho a modelam perfeitamente (como em Moisés 7 e Alma 7)?

Em todos os princípios fundamentais da vida familiar, Deus é o perito e o Exemplo. Ele sempre soube os processos que podem nos fazer pessoas felizes, bons companheiros e pais eficazes. Ele os ensina desde o início dos tempos.

Infelizmente, muitos de nós não O levamos a sério como um orientador para a vida familiar. Sabemos que as escrituras são a palavra de Deus, mas raramente as reconhecemos como um livro perfeito para conselhos sobre a vida familiar.

Estudos, pesquisas e a palavra de Deus

Para ser justo, devo dizer que não sou diferente de ninguém. Deixei passar a maior parte das lições bíblicas profundas de Deus para a minha família. Quando passei por dilemas familiares, voltei-me para outros livros e aulas a fim de encontrar respostas.

Encontrei um pequeno número de respostas de Deus, mas ignorei a maioria delas.

Curiosamente, comecei a descobrir muito mais de Seus ensinamentos quando comecei um programa de doutorado em desenvolvimento familiar e humano.

Esse programa abriu meus olhos para as incríveis descobertas que estão sendo feitas nas áreas de bem-estar pessoal, relacionamento conjugal e paternidade.

A grande surpresa para mim foi que as maiores descobertas de boas pesquisas se alinham perfeitamente com os princípios que Deus sempre ensinou.

Ele sempre teve as melhores respostas, mas foram os pensamentos de bons estudiosos que abriram meus olhos para Ele e me ensinaram a fazer-Lhe perguntas melhores.

Eu e uma equipe nacional de estudiosos participamos de uma pesquisa que resume as descobertas sobre relacionamentos conjugais, e outra equipe que resumiu as descobertas sobre paternidade.

O conselho atemporal do Pai

Sempre temos a possibilidade de refinar a nossa compreensão de bem-estar, casamento e paternidade, mas as verdades fundamentais estão bem estabelecidas.

Em todos os casos, as recomendações de boas pesquisas concordam com o conselho atemporal de Deus.

Então, por que Ele nos oferece essas verdades por meio de estudos e pesquisas em nossa época?

Penso que a razão é simples: Satanás está atacando sem precedentes a bondade, a verdade e as famílias. Então, Deus oferece uma grande quantia de verdades, para que os eleitos não sejam enganados. E partes importantes dessa verdade vêm por meio da pesquisa.

Não recomendo que utilizemos somente a pesquisa. Em vez disso, recomendo que testemos todas as sugestões das pesquisas em conjunto com as escrituras.

Se uma recomendação não concorda com o conselho de Deus, não devemos segui-la. No entanto, pela minha experiência, uma boa pesquisa quase infalivelmente concorda com o Seus conselho.

Há também outro teste. Quando a pesquisa e a revelação recomendam uma determinada prática, ainda precisamos invocar as lições da vida para aplicar corretamente a ideia.

Deus nos forneceu este laboratório de experiências de vida para que pudéssemos aprender com a nossa própria experiência a aplicar sabiamente princípios à nossa vida diária.

Ele deu-nos estas descobertas para nos armarmos para nossa batalha nos últimos dias. Ele quer que ganhemos! Ele quer que desfrutemos de grande paz pessoal, companheirismo amoroso e paternidade eficaz.

Um conselho de amor

Uma das grandes descobertas da minha vida foi completamente inesperada. Quando fui bispo, uma irmã me procurou para que eu pudesse ajudá-la. Ela contou uma história de medo e miséria que se estendia por toda sua vida.

Ela tinha abusado e tinha sido abusada, tinha enganado e sido enganada. Enquanto ela contava a sua história, eu me senti muito sobrecarregado.

Por um instante, me pergunte se um bispo poderia aconselhar um membro a chegar ao mundo espiritual de qualquer maneira o mais rápido possível para se libertar de algo tão terrível.

Ao terminar seu relato, a mulher parou e, em seguida, perguntou: “o que o Senhor quer que eu faça? ” Fiquei surpreso ao ouvir-me dizer: “há três coisas que o Senhor quer que você faça”.

Eu não fazia ideia do que eram. Mas tirei um pedaço de papel da gaveta e escrevi o número um. Ao fazê-lo, lembrei-me de palavras e conselhos específicos. Eu escrevi-as, e esta irmã e eu discutimos o conselho.

A mesma coisa aconteceu com a segunda e terceira parte do conselho. O Senhor a deu uma direção específica e útil. E para minha surpresa, a direção era de esperança, amor e encorajadora. Não houve um toque de castigo, apenas encorajamento, amor e convite.

Fiquei espantado. Quando aquela irmã saiu, fechei a porta e caí de joelhos. “Pai, não fazia ideia que amavas tanto os Teus filhos! Eu não sabia! Eu não imaginava”.

Entreguei a mensagem Dele de conselhos práticos e amorosos a um de Seus filhos cuja vida era um desastre.

Por meio desta experiência, percebi que o Pai Celestial me amava da mesma maneira. Já não podia recusar aceitar o Seu amor por mim, depois de vê-Lo ter me feito demonstrar o Seu amor a um dos Seus filhos.

Deus quer nos ensinar e nos abençoar. Ele quer que saibamos os princípios que nos levarão em segurança para casa Dele.

Fonte: Meridian Magazine

| Para refletir

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *