O que as escrituras nos ensinam sobre liberdade?

A liberdade é um princípio importante do evangelho de Jesus Cristo. Enquanto a liberdade tem vários níveis de significado, podemos ver o amor de Deus pela liberdade em Seu respeito pelo nosso arbítrio.

Somos livres para agir por nós mesmos. No entanto, Satanás é o grande inimigo da liberdade. Ele ameaça nossa liberdade de muitas maneiras.

Ele distorce a ideia para que possamos acreditar que podemos agir sem receber nenhuma consequência.

Ele nos enche de orgulho para pensarmos que estamos acima da lei de Deus. Ele certamente nos escraviza quando não nos arrependemos de nossos pecados.

Então, como podemos nos certificar de permanecermos verdadeiramente livres? Examinar o evangelho de Jesus Cristo como encontrado nas santas escrituras pode nos ajudar a entender melhor o que é a liberdade e como podemos viver em liberdade.

João 8

No evangelho de João, aprendemos sobre o papel da verdade na liberdade. Qual é a verdade mais importante que podemos aprender? Que Jesus é o Cristo e através Dele toda a humanidade pode ser salva. Esses versículos nos relembram que somente através de Jesus Cristo nossos pecados podem ser perdoados.

“E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. Responderam-lhe: Somos descendência de Abraão, e nunca servimos a ninguém; como dizes tu: Sereis livres? Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que todo aquele que comete pecado é servo do pecado. Ora, o servo não fica para sempre em casa; o Filho fica para sempre. Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.”

Romanos 6

Às vezes sentimos que a obediência às leis de Deus restringe a nossa liberdade. Como podemos ser livres se Deus nos diz o que devemos fazer? Em sua epístola aos Romanos, Paulo nos lembra que seguir a Deus nos leva à liberdade porque herdamos vida eterna.

“E libertados do pecado, fostes feitos servos da justiça. Falo como homem, pela fraqueza da vossa carne; pois que, assim como apresentastes os vossos membros para servirem à imundície, e à maldade para maldade, assim apresentai agora os vossos membros para servirem à justiça para santificação. Porque, quando éreis servos do pecado, estáveis livres da justiça. Pois que fruto tínheis então das coisas de que agora vos envergonhais? Porque o fim delas é a morte. Mas agora, libertados do pecado, e feitos servos de Deus, tendes o vosso fruto para santificação, e por fim, a vida eterna. Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor.”

2 Néfi 2

Um dos grandes sermões sobre liberdade está no Livro de Mórmon. O profeta Jacó nos ensina que quando escolhemos agir de acordo com os mandamentos de Deus, encontramos poder. Ao continuamente escolher a Deus e as suas leis, nos tornamos mais livres, e não ao contrário.

E o Messias vem na plenitude dos tempos para redimir da queda os filhos dos homens. E porque são redimidos da queda tornaram-se livres para sempre, distinguindo o bem do mal; para agirem por si mesmos e não para receberem a ação, salvo se for pelo castigo da lei no grande e último dia, segundo os mandamentos dados por Deus.

Portanto, os homens são livres segundo a carne; e todas as coisas de que necessitam lhes são dadas. E são livres para escolher a liberdade e a vida eterna por meio do grande Mediador de todos os homens, ou para escolherem o cativeiro e a morte, de acordo com o cativeiro e o poder do diabo; pois ele procura tornar todos os homens tão miseráveis como ele próprio.”

Ao escolher seguir ao Senhor e a estes princípios, encontraremos liberdade e paz em famílias, comunidades e nações.

Fonte: LDS Daily

Relacionado:

Apóstolo compartilha três coisas que podem nos impedir de receber revelação

| Para refletir

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *