Guerra nos Céus
Ao estudarmos a doutrina da vida pré-mortal, temos a oportunidade de entender pontos cruciais sobre nossa origem e possivelmente a primeira grande escolha que tivemos que fazer em nossa existência até então, apoiar ou rejeitar o plano de Deus para seus filhos.

O termo “vida pré-mortal” ou “pré-mortalidade” por vezes é chamado de “pré-existência”. No entanto, tal expressão (pré-existência) é naturalmente incorreta, visto que sua definição, “existir antes de existir” não faz sentido algum.

A doutrina d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias ensina que antes de nossa vida terrena, vivíamos na esfera pré-mortal em espírito, e que em determinado momento, atingímos o progresso máximo que tal esfera poderia nos oferecer. Com o propósito de permitir a continuidade do progresso de Seus filhos, Deus então convocou um conselho nos céus e apresentou o que conhecemos como “O Plano de Salvação”.

Estamos habituados com a história que conta que Lúcifer, um dos filhos de Deus e portador de grande autoridade nos céus, rejeitou o plano apresentado por Deus, propôs um plano alternativo e levou consigo um terço de todas as hostes espirituais que lá estavam, dando início à uma rebelião nos céus.

Diante desse cenário, algumas questões sérias inevitavelmente ficam no ar. Qual era o real plano de Satanás? Por que esse plano foi rejeitado?

Continue lendo este artigo no Intérprete Nefita