6 exemplos de heróis da Igreja para nos ajudar a passar pela quarentena

Distanciamento social, isolamento e quarentena nem sempre são divertidos. A COVID-19 forçou a maioria de nós a um isolamento involuntário do mundo. Muitas pessoas sentem que a sua liberdade lhes foi retirada com estas ordens para ficarem em casa.

Embora isto possa parecer injusto, é importante que tentemos fazer o que conseguimos fazer. Estes exemplos das escrituras nos mostram que o isolamento e a quarentena têm a capacidade de nos aproximar de Deus quando não temos para onde ir.

Joseph Smith

de Joseph Smith

O profeta Joseph foi preso muitas vezes durante seu tempo como profeta da Igreja. Quando ele foi para a Cadeia de Liberty, ele escreveu muitos de seus sentimentos, experiências e profecias em suas cartas. E como somos gratos por Joseph ter feito isso, para que agora possamos estudar essas experiências.

Uma maneira de seguir este exemplo é anotar suas experiências atuais com o isolamento para que as gerações futuras possam saber o que aconteceu. Pois pelo o que sabemos, esses registros podem ajudar quando enfrentarem outra pandemia no futuro.

Moisés

Quando Moisés subiu ao Monte Sinai, ele ficou lá por 40 dias. Durante este tempo, o Senhor fez algumas de Suas obras mais incríveis, entregando os mandamentos e instruindo Moisés. O Senhor dedicou aquela montanha como um lugar sagrado.

Esta santificação se assemelha à dedicação de um templo hoje. Enquanto todos os nossos templos estão atualmente fechados devido à COVID-19, O Presidente Russell M. Nelson disse na Conferência Geral de abril de 2020, “por favor, use este tempo em que os templos estão fechados para recorrer ao poder de seus convênios do templo.”

Noé

Durante 40 dias e 40 noites a terra ficou inundada. A história da família de Noé em isolamento na arca é notável, considerando que eles permaneceram na arca por cerca de um ano. Tenho a certeza que esta família passou bastante tempo orando, jejuando, aprendendo uns com os outros, e cuidando de animais. A família foi levada em segurança em sua arca construída com fé e confiança no Senhor.

Todos os membros da família de Noé tinham que ter fé para entrar no barco, sabendo que eles poderiam não sair por um tempo. Eles foram mantidos seguros por causa de sua fé e obediência à palavra de Deus.

Mas lembre-se do final da história. A chuva parou, as nuvens se separaram, e um arco-íris apareceu, ajudando-os a saber que tudo ficaria bem novamente. Esta é uma história da qual podemos extrair esperança.

Paulo

Os livros de Efésios, Filipenses, Filemom e Colossenses foram todos escritos por Paulo enquanto ele estava em prisão domiciliar em uma casa alugada em Roma por dois anos. Durante todo o ministério de Paulo, ele passou um total de 5 anos na prisão. Dois anos e meio em uma cela de prisão, e o resto em prisão domiciliar em vários locais. Sem precisar dizer que ele era muitas vezes isolado das outras pessoas.

Então, enquanto Paul estava isolado, ele escreveu algumas das cartas mais famosas da história. Como não podemos deixar nossas casas, devemos nos esforçar para manter contato com aqueles que amamos usando a tecnologia e talvez até mesmo por meio de cartas.

Pedro

Enquanto estava na Prisão Mamertina, conta-se que uma fonte brotou do chão para que Pedro pudesse batizar as pessoas que estavam presas com ele em Roma. Esta foi a última prisão em que Pedro foi colocado antes de ser crucificado. Mesmo até o final de sua vida, e estando confinado a um pequeno espaço com algumas poucas pessoas, Pedro ainda se concentrava em pregar o evangelho do Senhor.

Este é um grande momento para compartilharmos o evangelho com os que nos rodeiam. Enquanto as igrejas estão atualmente fechadas e nós estamos isolados, nosso currículo centrado em casa nos permite compartilhar o evangelho com nossos amigos neste momento em que eles mais precisam dele.

Jesus

No jardim de Getsêmani, Cristo deve ter Se sentido verdadeiramente isolado. Sabemos que o Pai enviou um anjo para estar com Cristo durante este momento de dor e por isso é importante lembrar que Cristo está sempre ao nosso lado quando temos dificuldades. Ainda na semana passada celebramos a Páscoa, onde nos preparamos lendo sobre a Semana Santa e a experiência expiatória do Salvador.

Agora, mais do que nunca, somos lembrados de que Cristo sabe o que estamos sentindo quando nos sentimos isolados. Ele está aqui para nos curar e nos elevar durante este tempo de provações.

Fonte: Third Hour

Relacionado:

Como a crise do Coronavírus ajuda as famílias a se aproximarem apesar da distância

| Para refletir

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *