De acordo com o site christianpost.com , “o Papa Francisco aprovou oficialmente uma mudança na oração do Senhor em Mateus 6:13, que substitui “não nos deixes cair em tentação” por “não caiamos em tentação.”

É algo que o papa tem tentado desde 2017, quando disse que Mateus 6:13 é uma tradução pobre, porque descreve um Deus que leva as pessoas à tentação.

“Deus que nos induz em tentação não é uma boa tradução. Os franceses também mudaram o texto com uma tradução que diz ‘não me deixes cair na tentação’ [em português, diz-se “não nos deixeis cair em tentação”]. Sou eu quem caio, não é ele quem me joga na tentação para depois ver como eu caí. Um pai não faz isso, um pai ajuda logo a se levantar”.

autenticidade

“Joseph Smith Translating the Book of Mórmon”, Gospel Art Pictures, lds.org

A oração do Senhor em Mateus 6, de acordo com a versão mais usada da Bíblia, diz assim:

Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; O pão nosso de cada dia dá-nos hoje; E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores; Não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal…

O Papa Francisco está mudando a oração do “Pai Nosso” para o seguinte (mudanças em negrito ):

Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; O pão nosso de cada dia dá-nos hoje; E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores; Não caiamos em tentação; mas livra-nos do mal…

Tradução de Joseph Smith

Quase duzentos anos atrás, Joseph Smith (em seus vinte e tantos anos) fez uma mudança semelhante.  Sua interpretação foi:

Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; O pão nosso de cada dia dá-nos hoje; E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores; E não nos deixes ser levados à tentação, mas livra-nos do mal.

O texto entre as duas versões não é exato, mas o significado é: Satanás é quem tenta as pessoas, não Deus.

Joseph Smith corrigiu várias escrituras em situações semelhantes. Por exemplo, em Êxodo, diz-se que o Senhor endurece o coração de Faraó. Joseph também ajustou a linguagem ali para refletir um Deus que não endurece os corações. Ele corrigiu o mesmo em Êxodo 4:21; 7:3 e 13; 9:12; 10:1, 20 e 27; 11:10; 14:4, 8 e 17 .

Fonte: Third Hour

Relacionado:

Breves considerações sobre a Tradução Inspirada da Bíblia