Mormonismo em Ascensão de Acordo com Novo Censo

Por Terrie Lynn Bittner

Um censo religioso publicado recentemente pela Associação de Estatísticas dos Corpos Religiosos Americanos mostra que a religião dos Mórmons é uma das que cresce mais rápida nos Estados Unidos. Mórmon é o apelido dos membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Em uma época onde muitas religiões estão perdendo membros, os Mórmons estão experimentando um crescimento recorde. O crescimento está se espalhando para fora do “oeste Mórmon” em direção ao leste. A religião teve um crescimento de 45,5% na última década.

Sacramento

Os Mórmons mantêm registro de seus membros em uma locação central. Embora a maioria das religiões mantenha seus registros apenas em níveis congregacionais, fazendo com que haja a possibilidade que a pessoa seja contada várias vezes, ao mudarem de congregações, os Mórmons são contados apenas uma vez. Entretanto, o relato do censo não revela quantos destes estão frequentando a igreja ativamente. A menos que uma pessoa peça para ter o seu nome retirado dos registros, ele permanecerá nos livros porque muitas pessoas que se afastam por um tempo acabam retornando. Como seus registros continuam nos arquivos da Igreja, isto elimina a necessidade de ser batizado novamente. Isso também provê certa medida de segurança, uma vez que os registros de certas pessoas, tais como molestadores de crianças confessos, são assinalados, para que os lideres saibam que eles não podem ser designados para trabalhar com crianças. O nome de uma pessoa é removido a pedido da pessoa ou quando ela morre. Se ninguém notificar a morte para a Igreja, o nome permanece nos arquivos até a pessoa atingir a idade de 110 anos, a menos que se saiba que a pessoa ainda esteja viva.

Em muitas religiões, qualquer pessoa pode entrar em uma igreja e se tornar um membro. Para os Mórmons, o processo é mais complexo. Uma pessoa que deseja se converter precisa se encontrar com os missionários para receber uma serie de lições que lhe introduzem os conhecimentos e praticas básicos da Igreja. Certamente, estas pessoas não conseguem aprender tudo em um curto espaço de tempo, mas assegura que eles sabem o básico e que entendem como orar e receber respostas para a oração. Antes de uma pessoa poder ser batizada e confirmada como um membro é pedido a ele ou ela que ore e pergunte a Deus se a Igreja é verdadeira e se o Livro de Mórmon é verdadeiro. Eles são ensinados que não devem ouvir conselhos de mortais, mesmo que seja alguém de sua completa confiança. Eles devem confiar apenas em Deus referente a este assunto. Uma pessoa que realmente faz isto nunca vai renunciar se a fonte em que confiou for perfeita. Se ele ou ela confiar em Deus, não haverá dúvida referente à veracidade do evangelho. Isto é um aspecto do Mormonismo que é, de certa forma, único.

Antes do batismo, é pedido a pessoa que comece a viver alguns dos mandamentos de Deus. No batismo, ele ou ela faz convênio com Deus. Um convênio é uma promessa entre Deus e o homem. Deus determina os termos e nós o aceitamos. Se mantivermos nossa parte do convenio, Deus manterá a Dele. Como é uma coisa séria pensar em fazer o convênio com Deus, a Igreja quer que os membros em perspectiva já estejam vivendo os preceitos dos convênios antes de fazê-los. Isto aumenta a possibilidade de uma pessoa ter sucesso em guardar os convênios depois do batismo. Certamente ninguém é perfeito, e podemos nos arrepender quando cometermos erros. Entretanto, os Mórmons querem que o recém-converso tenha a melhor possibilidade de sucesso. Os vícios devem ser vencidos antes do batismo e a pessoa precisa começar a pagar o dízimo, frequentar as reuniões da igreja, e estudar as escrituras. Ele precisa ter um testemunho do evangelho e uma certeza assegurada por Deus de que ele está fazendo a escolha correta.

Uma vez que a pessoa atenda todos estes requerimentos e se sinta pronto para fazer um convênio com Deus, ele pode ser batizado. O batismo normalmente acontece em um sábado ou domingo e todos são bem-vindos para frequenta-lo, incluindo pessoas que não são Mórmons. Após o batismo, naquele mesmo dia ou uma semana ou duas depois, a pessoa é confirmada como um membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e lhe é conferido o Espírito Santo. É então que seu nome passa a aparecer nos registros da Igreja.

As crianças podem ser batizadas com a idade mínima de oito anos, quando eles também se tornam membros da igreja. Se eles são batizados antes do seu nono aniversário, eles são considerados filhos de membros e não precisam receber as palestra missionárias. As lições que recebem em suas classes da igreja cobre todo o material que os missionários ensinam e muito mais, e seus pais ajudam a aprender e a guardar os convênios. Entretanto, assim como um converso, eles precisam ser entrevistados para que seus líderes assegurem que eles estão vivendo de acordo com o evangelho, que oraram e sabem que a Igreja de Jesus Cristo é verdadeira, e que querem, de sua própria escolha e vontade, ser batizado. Mesmo as crianças são consideradas capazes de escolher por eles mesmos e de ganhar um testemunho do evangelho.

| Notícias

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *