Líder da Primária participa de painel de discussão da UNICEF

Uma líder geral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias agradeceu ao Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) por seus esforços para eliminar o tétano materno e neonatal (MNT). A irmã Jean B. Bingham, primeira conselheira na presidência geral da Igreja, participou de um painel de discussão da UNICEF em Nova York, nesta quarta-feira, 30 de novembro de 2016.

A LDS Charities, (um dos ramos de ajuda humanitária da Igreja) tem trabalhado em estreita colaboração com um consórcio de saúde e com organizações humanitárias ao longo dos anos para ajudar a erradicar o sarampo, o pólio e outras doenças infecciosas, fornecendo financiamento e voluntários. Nos últimos três anos, o braço humanitário da Igreja doou US $ 1 milhão para ajudar no esforço de eliminação do MNT.

“Nossa crença cristã de que todas as pessoas são membros da família de Deus nos leva a tentar seguir o exemplo de Cristo para servir a qualquer pessoa, em qualquer lugar, para aliviar o sofrimento onde quer que pudermos”, disse a irmã Bingham. “Reduzir o número de vidas perdidas por doenças evitáveis através da imunização é uma maneira de levantar e abençoar as crianças, não importa onde elas vivam.”

A organização da Primária representa mais de 1 milhão de crianças santas dos últimos dias em todo o mundo, entre 18 meses e 11 anos de idade. A UNICEF tem trabalhado para melhorar as vidas das crianças em todo o mundo nos últimos 70 anos.

“Nossas missões são as mesmas”, disse a irmã Bingham, que disse que a Igreja e a organização Primária têm uma longa história de trabalho para melhorar a saúde e bem-estar das crianças. “Nosso interesse comum com a UNICEF na sobrevivência e bem-estar das crianças faz da iniciativa MNT uma grande combinação”.

Em 1922, o Hospital de Crianças da Primária (Primary Children’s Hospital) foi inaugurado em Salt Lake City, feito pela Primária da Igreja e oferecendo tratamento para crianças, independentemente da sua capacidade de pagamento. O hospital segue firme hoje como uma instalação independente e sem fins lucrativos.

Notícia escrita por Tracie Cayford Cudworth no site mormonnewsroom.org. Traduzido por Esdras Kutomi.