Resposta sobre reuniões de domingos mais curtas

Família na reunião sacramental.

Imagem via mormonnewsroom.org.

Pela equipe do LDS Living

Recentemente, notícias começaram a circular sobre uma estaca em Boston que encurtou o bloco das reuniões dominicais da Igreja de três horas para duas horas e 15 minutos. Logo após essas histórias serem publicadas, rumores também começaram a aparecer nas mídias sociais que essas reuniões de domingo mais curtas eram um experimento de dois meses iniciado pela Igreja.

Ontem, em 24 de novembro, no entanto, a Igreja divulgou um comunicado sobre os relatórios:

Depois de reconhecer que não estava dentro das diretrizes da Igreja, a liderança local da Igreja na Estaca Boston Massachusetts decidiu abandonar os planos de encurtar o calendário de reuniões de adoração padrão do domingo. O experimento de dois meses fixado para começar em janeiro foi planejado localmente com boas intenções para melhor observar o Dia do Senhor.

O bloco de três horas de reuniões da Igreja como a conhecemos hoje começou em 1980 e foi iniciado para ajudar a aumentar a frequência à igreja e aliviar os encargos dos que tem de percorrer longas distâncias para chegar aos locais de reunião. Com o início deste novo bloco, a Igreja publicou uma carta explicando os benefícios deste novo bloco de três horas, dizendo: “o dia do Senhor tem menos pressão e é mais relaxante. Atividades familiares centradas no evangelho, tais como os conselhos familiares, o estudo das escrituras em família e conversas durante as refeições sem pressão foram consistentemente relatados como resultado”.

 

Informações e artigo original em LDSLiving.com. Traduzido por Esdras Kutomi.