Novas necessidades surgiram na área médica para os profissionais da saúde e pacientes desde o início da pandemia de COVID-19. Aqui estão duas maneiras pelas quais os ex-alunos e professores da Universidade Brigham Young assumiram a responsabilidade para tornar a assistência médica mais conveniente e acessível neste tempo de crise.

Ventilador pulmonar AdultLife

Um ventilador pulmonar neonatal projetado por estudantes da pós-graduação da BYU há oito anos se tornou muito útil durante a pandemia.

O ventilador pulmonar, que originalmente começou como um projeto da BYU Engineering Capstone, é acessível, compacto, leve e durável. Inicialmente, era destinado a crianças em países em desenvolvimento, e foi projetado para funcionar sem energia por longos períodos de tempo e para ser fácil de ser transportado, por exemplo, para ser levado de moto por uma estrada de terra para uma clínica.

“Essas coisas se encaixaram bem na situação da pandemia de COVID, onde temos locais improvisados destinados ao tratamento de pacientes. Então, você pode levar este ventilador pulmonar para lugares onde pode não haver toda a acessibilidade dos recursos hospitalares e colocá-lo ao lado de uma cama, e ele está totalmente contido e pode ventilar um paciente praticamente em qualquer lugar”, diz Rob Brown, pós-graduado na BYU que trabalha na ATL Technology.

Reprojetado como um ventilador pulmonar para adultos, o aparelho pode ajudar pacientes com “pneumonia, síndrome da angústia respiratória aguda e outras complicações causadas pela COVID-19”, relatou a BYU News.

A NeoNatal Rescue, uma organização iniciada por ex-alunos da BYU, é capaz de fabricar os ventiladores a um custo significativamente menor do que o preço de mercado atual. Eles receberam recentemente a aprovação da vigilância sanitária dos Estados Unidos para a fabricação do produto e estão trabalhando com a Organização Mundial de Saúde, o Departamento de Defesa, a Agência Federal de Gestão de Emergências e redes hospitalares que estão interessadas no produto.

“Nós aproveitamos a experiência de especialistas em engenharia e em medicina para saber exatamente como o dispositivo precisa funcionar e como treinar os usuários”, disse Kindall Palmer, que fundou a NeoNatal Rescue com sua esposa, Erica Palmer. “A ventilação pulmonar mecânica é o tratamento principal para pacientes de COVID-19, mas há uma grande falta de ventiladores, não apenas nos Estados Unidos, mas em todo o mundo. Esperamos fazer parte da solução.”

Família Palmer

Estetoscópio Digital

Professores de enfermagem e tecnologia da BYU projetaram um estetoscópio digital mais acessível, feito em uma impressora 3D, para proteger os profissionais de saúde. Este estetoscópio permite que médicos e enfermeiras “ouçam o coração e os pulmões de seus pacientes enquanto estão a 15 metros de distância”, informou a BYU News.

A maioria dos estetoscópios exigem que os profissionais de saúde estejam próximos de seus pacientes, aumentando o risco de contrair e disseminar o vírus. Com máscaras e escudos faciais, o uso de estetoscópios pode se tornar incômodo. Em contraste, o estetoscópio digital pode ser usado ao conectá-lo a um smartphone, e os profissionais de saúde podem ouvir com fones de ouvido bluetooth digitalmente ou remotamente.

“Este estetoscópio digital pode se tornar uma ferramenta para que os pacientes sejam diagnosticados sem estar [tão] perto do médico”, disse Chia-Chi Teng, professor de tecnologia da informação e cibersegurança da BYU. Embora eles não estavam projetando o estetoscópio para uso durante a pandemia, o professor disse que acabou por ser a “aplicação perfeita”.

Craig Nuttall, professor de enfermagem da BYU, também falou sobre os benefícios do estetoscópio digital.

“Tenho usado o estetoscópio no último mês enquanto trabalhei no departamento de emergência em vários pacientes. Uso-o em qualquer paciente que tenha sintomas de COVID. Ele nos manteve seguros e nos ajudou a examinar melhor os nossos pacientes. O estetoscópio bluetooth e o estetoscópio digital já existem há algum tempo, mas sempre eram todos muito caros. Este é um modelo barato, menos de 20 dólares e é muito simples de usar.”

Fonte: LDS Living

Relacionado:

A Igreja de Jesus Cristo doa aproximadamente 20 toneladas de alimentos não perecíveis em Massachusetts