Élder Cook agradece ao Estado do Kuwait por reconhecer a Igreja formalmente

Élder Cook agradece ao Estado do Kuwait por reconhecer a Igreja formalmente

Pela primeira vez em mais de 40 anos, o Estado do Kuwait reconheceu oficialmente uma organização religiosa. Essa organização é A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Nesta semana, o Élder Quentin L. Cook, do Quórum dos Doze Apóstolos, e sua esposa, Mary, reuniram-se com líderes do governo e santos dos últimos dias no Kuwait para expressar gratidão em nome da Primeira Presidência pelo importante marco.

“Somos incrivelmente gratos por seu papel absolutamente fundamental na concessão do reconhecimento À Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias”, disse o Élder Cook ao Sr. Fareed Emadi, secretário geral  no Ministério de Awqaf. “Esta é uma grande ocasião para nós e estamos muito satisfeitos. Agradecemos a amizade e queremos retribuí-la. Seremos bons cidadãos, bons vizinhos, bons amigos. (…) Sentimo-nos confortáveis ​​ao estar com pessoas que embora sejam de diferentes religiões, têm responsabilidade perante Deus. ”

O Élder Cook deu ao Sr. Fareed um Livro de Mórmon em árabe encadernado em couro e uma pequena estátua de um carrinho de mão usado pelos pioneiros esculpido em estanho. O bispo Terry Harradine, líder da congregação da Igreja no Kuwait, deu ao líder do governo uma cópia impressa do primeiro volume da séria “Santos”, assinada por cada membro da congregação.

O Ministério de Awqaf reconheceu a Igreja formalmente, disse Fareed, com base nos ensinamentos do Islã e do Profeta Muhammad, que se concentram no desejo de viver em paz. “Nossa religião nos ensinou como lidar com os outros e como respeitar os outros”, disse ele.

O reconhecimento oficial dado à Igreja proíbe estritamente o proselitismo e o batismo de muçulmanos no Kuwait.

Em um devocional no domingo, no dia 9 de junho, com membros da congregação do Kuwait, o Élder Cook falou sobre os benefícios práticos e “extremamente significativos” de um governo que reconhece a igreja. Entre eles, a capacidade de abrir uma conta bancária como pessoa jurídica que facilita o aluguel ou compra de propriedades e a solicitação de vistos para voluntários humanitários.

“Pode parecer simples em alguns aspectos, mas isso não é pouca coisa”, disse o Élder Cook, cuja parada no Kuwait fez parte de sua visita em Jerusalém e Grécia. “Há uma enorme diferença quando você é bem recebido e quando não é bem recebido. É importante ter os atributos de uma entidade que é reconhecida pelas leis do governo onde adoramos e onde moramos ”.

No Kuwait, o Élder e a irmã Cook também se encontraram com um membro sênior da família real do Kuwait, Sua Excelência Sheikha Intisar Salem al-Ali al-Sabah. Na segunda-feira, o Élder Cook e outros, incluindo líderes locais inter-religiosos, reuniram-se para um tradicional encontro diwaniya (um aspecto importante da vida social dos homens árabes do Golfo). A irmã Cook e outras mulheres também se reuniram.

O Élder Cook falou no domingo a 125 soldados em uma reunião sacramental no Camp Arifjan, uma base militar dos EUA fora da Cidade do Kuwait.

“Ao estar aqui, podemos muitas vezes nos sentir separados de muito do que nos liga e nos conecta ao evangelho”, disse Joshua Sharp, Capelão do Exército dos EUA. “Há muitas tentações que você não teria em casa. E oportunidades que você não tem. Não podemos ir ao templo tão livremente quanto muitos são capazes. Apesar de irmos à igreja no domingo, é um cenário completamente diferente. Portanto, estar com um apóstolo do Senhor de forma tão reservada é algo muito poderoso e motivador para os soldados ”.

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é uma organização mundial com mais de 16 milhões de membros reunidos em mais de 30.000 congregações, com 188 idiomas. Cerca de 300 membros d’A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias vivem e trabalham no Kuwait; eles vêm de muitos países ao redor do mundo. O reconhecimento formal do governo permite que os líderes locais atendam melhor às necessidades dos membros no Kuwait.

O Élder Cook disse que vê coisas incríveis no futuro. “Eu não ficaria surpreso em ver outros países no Golfo dando o reconhecimento que por enquanto não temos. Eu não ficaria surpreso em ver isso acontecer novamente como o resultado da liderança e dos esforços aqui”.

O Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos, dedicou o Kuwait às bênçãos do evangelho da Igreja restaurada de Jesus Cristo em 2011.

Esta é uma tradução do artigo escrito originalmente pelo departamento de Assuntos Públicos e publicado no site newsroom.churchofjesuschrist.org com o título “Apostle Thanks State of Kuwait for Formally Recognizing the Church”.

Relacionado:

Igreja de Jesus Cristo recebe reconhecimento oficial do governo do Kuwait

Sobre o autor

1 comentário

  1. Francisca

    Que bom saber do encontro do Elder Cook e Sr.Fareed no Kuwait,isto é maravilhoso!Que Allah abençoe todos nós com paz e união.Equipe Mais Fé,avante fazendo o bem sempre.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Maisfe.org
Maisfe.orgsexta-feira, julho 3rd, 2020 at 10:57pm
Pois elas desenvolvem a fé no Senhor Jesus Cristo e fortalecem a família.

Dallin H. Oaks
Maisfe.org
Maisfe.orgsexta-feira, julho 3rd, 2020 at 9:47pm
No seminário para novos líderes de missão, o Presidente Eyring falou sobre a importância de sabermos que nunca estamos sozinhos ao servir na obra do Senhor.
Maisfe.org
Maisfe.orgsexta-feira, julho 3rd, 2020 at 6:49pm
Esta não é uma história sobre um “e viveram felizes para sempre”, mas uma que confirma que o “felizes para sempre” é uma promessa feita a todos os filhos e filhas de Deus.
Maisfe.org
Maisfe.orgsexta-feira, julho 3rd, 2020 at 5:55pm
Se você reservar um momento de devoção todas as manhãs, mesmo que sejam somente alguns minutos, você será profundamente abençoado. Sei que isso é verdade.

Yoshihiko Kikuchi
Maisfe.org
Maisfe.orgsexta-feira, julho 3rd, 2020 at 3:00pm
Viver uma pandemia não é a coisa mais fácil do mundo, mas pode se tornar um momento de grande aprendizagem. Veja 4 coisas que podemos aprender na quarentena

Vídeos Recentes

Carregando...

Pin It on Pinterest