Portugal é o lar de mais de 43 mil membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos dias. Os membros, estão organizados em 74 congregações por todo o país, incluindo os arquipélagos dos Açores e da Madeira. O crescimento de fiéis da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em Portugal motivou a construção do templo. Em 02 de Outubro de 2010, foi anunciado que seria construído um templo na cidade de Lisboa, um novo marco na história da Igreja em Portugal. O templo começou a ser construído no final de 2015.

Atualização 21/11/2018

Mais imagens foram divulgadas sobre a construção do templo:


Fotografias por Emanuel Amaral, membro da Igreja em Portugal

A sede da estaca, ao lado do templo, está em um estado avançado de construção:

 

A história de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em Portugal começa com a presença de integrantes das forças armadas americanas, estacionados em diversas bases militares do país, em meados da década de 1950.

Há registros de um pequeno grupo de militares norte-americanos que se reuniam regularmente no arquipélago dos Açores a partir de 1958. Quase dez anos mais tarde, em 1967, esse primeiro grupo desfaz-se, tendo sido estabelecido um ramo (pequena congregação) nas Lajes, na ilha Terceira, Açores. Para conhecer um pouco mais sobre a história da Igreja em Portugal, clique aqui.

O templo mais perto que os santos dos últimos portugueses têm é em Madrid, Espanha.  O Templo de Lisboa permitirá que muitos membros tenham a oportunidade de visitar mais vezes um templo e não ter que fazer viagens muito longas para templos fora de Portugal.

No início de 2017, os trabalhos para construção do templo de Lisboa começaram com a escavação e fundação dos primeiros alicerces. Cerca de 9 meses depois, são já visíveis o centro da estaca de Lisboa e os alicerces do edifício do templo.

A dedicação do templo de Lisboa, Portugal está prevista para a Primavera de 2019.

O que são os templos?

Os templos são considerados lugares sagrados. A construção de templos, não é algo recente, não é algo que os líderes da Igreja inventaram e sim, é um mandamento do Senhor. Similar aos templos da Bíblia, hoje também temos templos por todo o mundo. O templo é literalmente, como sempre foi no decorrer da história, a “Casa do Senhor” (ver I Reis 6:1, 37). O propósito principal do templo é propiciar um local dedicado onde ordenanças sagradas necessárias para a vida eterna possam ser realizadas. Por causa de sua natureza sagrada, a frequência ao templo é limitada aos membros da Igreja que obedecem aos mandamentos de Deus e, portanto são dignos de entrar lá.

Ao contrário do que podemos ler e ouvir, os templos não têm natureza secreta e sim sagrada. Assim como um membro da Igreja não possui tanto conhecimento sobre uma cerimônia muçulmana e não é convidado a participar de todas elas, somente os membros preparados estão aptos a adentrar um templo.

Se você ficou em dúvida sobre a diferença entre templo e capela, recomendamos esse artigo, que poderá lhe ajudar:

Templos e capelas mórmons: tem diferença?

Fonte: Sala de Imprensa Mórmon de Portugal

Agradecemos as contribuições dos irmãos Rui Canas Gaspar e Ewerton Costa.