Conferência das Mulheres

Aconteceu no dia 24 de Setembro de 2016, a sessão geral da Conferência das Mulheres de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Uma outra vez, a sessão foi emocionante. Quatro oradores falaram, e o conteúdo da reunião foi centrado na capacidade que as pessoas precisam desenvolver de conviver com as diferenças e fortalecer seu testemunho em Jesus Cristo. Discursaram na Conferência das Mulheres:

Jean B. Bingham

Conferência das Mulheres

Jean B. Bingham foi a primeira oradora da Conferência das Mulheres

 Jean B. Bingham é primeira conselheira da Primária. E você se engana se imagina que ela fez um discurso sobre crianças. Na verdade, sua mensagem atribuiu uma nova perspectiva sobre o que  vem a ser caridade. A maioria das pessoas pensam, que ser caridoso é servir, fazer um favor à alguém.

Tal perspectiva, não deixa de ser verdadeira. Irmã Bingham entretanto, associou caridade com a capacidade de deixar de julgar as pessoas. A habilidade de buscar o que há de bom nelas. Ela afirmou, “que a verdadeira caridade consiste em compartilhar aquilo que há de bom uns nos outros”.

Carole M. Stephens

conferência geral das mulheres

Carole M. Stephens foi a segunda oradora na Conferência Geral das Mulheres

Carole é a primeira conselheira da Sociedade de Socorro e também começou seu discurso lembrando que todos nós temos características e necessidades diferentes. Apesar dessas diferenças, existe uma necessidade comum a todas: a  exaltação. Todas são dependentes de Jesus Cristo.

A imperfeição em cada uma das mulheres da igreja pode ser diferente. Os desafios de uma podem não ser os desafios da outra. Independente disso, a fé em Jesus Cristo pode ajudar cada uma a fazer a mudança que precisa. A mensagem foi cheia de esperança para pessoas que estão procurando melhorar a si mesmas.

Relembrar o poder da exaltação, significa acreditar que você não está sozinha ao enfrentar os desafios da mortalidade.

Bonnie L. Oscarson

conferencia das mulheres

Irmã Bonnie Oscarson, oradora da Conferência das Mulheres

A irmã Oscarson é presidente das Moças e iniciou sua mensagem convidadando as irmãs a refletirem sobre a atual condição do mundo. Uma breve reflexão sobre o tema, demonstra que o mundo se distância a passos largos dos valores cristãos. Problemas ambientais, desigualdades sociais, violência e injustiças são parte comum da vida cotidiana. A cada dia as pessoas estão mais obcecadas por obter coisas e criticando aqueles que escolhem praticar uma religião.

O Pai Celestial conhecia as condições que envolveriam as mulheres sud nestes últimos dias. Ele promete compensar os desafios desse cenário desfavorável por meio da fé em Jesus Cristo. O mundo será um lugar melhor, a medida que mais mulheres se dispuserem a lutar para viver e demonstrar sua fé em Jesus Cristo.

A fundação do testemunho é alicerçada em três pontos: primeiro conhecimento sobre Deus, Jesus Cristo e o Plano de Salvação. Segundo, compreensão da restauração do evangelho, autoridade do sacerdócio e Joseph Smith. Terceiro, amor pelas ordenanças do templo.

Dieter F. Uchtdorf

conferencia das mulheres

Presidente Dieter F. Uchtdorf discursando na Conferência das Mulheres

Impossível não comentar o domínio de oratória desse presidente. Fez o público chorar quando mencionou o amor do profeta Thomas S. Monson, que estava presente e chorou muito ao ouvir os hinos cantados pela congregação de mulheres. Fez o público rir em vários momentos de sua mensagem. Será que ele sabe que é amado por todas as “meninas” da igreja?

A mensagem do presidente Uchtdorf teve audiência específica. Ele queria falar com todas as mulheres que algum dia já se sentiram pequenas demais para exercer alguma influência na vida dos demais, ou seja, ele queria falar com todas as mulheres do  mundo. É improvável que as provações não tenham feito todas as mulheres se sentirem assim ao menos uma vez na vida.

O tema de seu discurso foi: “o poder da fé”. Ele ressaltou duas coisas que a fé não é capaz de fazer e várias outras que sim ela é capaz de realizar.

A primeira coisa que a fé de uma pessoa não pode fazer é mudar a opinião de outra pessoa. Simplestemente porque Deus nunca força ninguém a fazer nada. O metódo do Senhor consiste em convida e persuadir as pessoas, mas Ele nunca as priva do livre-arbitrio. A segunda coisa é, a fé de uma pessoa nunca pode ser usada para convencer a Deus a te conceder um desejo. Claro que os desejos justos são alcansados pela fé. Mas sua fé a favor de um determinado tema não pode ser usada para persuadir Deus a mudar algo que Ele sabe que não será o melhor para você.

A promessa desta maravilhosa mensagem, foi que no fim tudo fará sentido. Por isso, não desista nunca!


Alguma dessas mensagens foi dirigida especialmente à você? Assista os videos da Conferência. (aqui)