27 de maio de 2020, marca o 150ª aniversário da organização das Moças e a Presidência Geral das Moças quer que comemoremos.

No dia 15 de novembro de 2020, a Igreja organizará um evento Cara a Cara onde “vamos nos regozijar com a influência e com as contribuições das moças à medida que elas seguem nosso Salvador, Jesus Cristo”, de acordo com uma carta do Departamento de Sacerdócio e da Família.

Todas as mulheres que estiverem envolvidas na organização das Moças são convidadas a participar do evento Cara a Cara, além de pais e líderes das Moças. O evento será transmitido pelo YouTube, Facebook, BYUtv e por outras mídias. O evento estará disponível em 16 línguas diferentes.

Na expectativa do evento, a Presidência Geral das Moças vai lançar alguns desafios para aquelas que gostariam de participar. O primeiro desafio, “Meus 150”, é fazer algo associado com esse número que “abençoará a vida dos outros.” Seja indexar 150 nomes, ler 150 páginas das escrituras, ou enviar 150 mensagens positivas para amigos, há muitas maneiras de se envolver. Os participantes são encorajados a compartilhar seus planos nas redes sociais usando a hashtag #StrivetoBe.

A organização das Moças teve origem em 1870. No dia 25 de maio de 1870, o profeta Brigham Young reuniu suas filhas e outros membros de sua família na Lion House, em Salt Lake City. Preocupado que “os Santos tinham se tornado rápidos demais para seguir as modas do mundo, ele queria que suas filhas fossem um exemplo para outras moças”, de acordo com ChurchofJesusChrist.org.

Anteriormente, o Profeta tinha chamado Mary Isabella Horne para iniciar a Associação de Resguardo Mútuo das Jovens Damas, em um esforço para reduzir a extravagância e trazer uma “maior união econômica.” Brigham Young pediu às suas filhas para começar uma Divisão de Jovens Damas da associação.

Filhas de Brigham Young

Focada em incentivar estilos de roupas menos caros e solidariedade econômica, as associações de resguardo se espalharam por todo o estado de Utah. Inicialmente, a associação incluiu adolescentes e mulheres em seus vinte e poucos anos, de acordo com o site da Igreja.

Ao longo dos anos, a organização mudou para incorporar o crescimento espiritual, educacional, cultural e social. Em 1929, um programa de acampamento de verão foi estabelecido em toda a Igreja.

Outras mudanças significativas ocorreram na década de 1970, incluindo o estabelecimento do Progresso Pessoal e um reconhecimento para as moças. A partir de 1972, o Programa das Moças decidiu que somente teria mordomia sobre as moças de 12 a 17 anos.

Na década de 1980, a Presidente das Moças, Ardeth G. Kapp, e seu conselho também trouxeram um novo tema e sete valores para o programa das Moças, bem como um objetivo em ajudar as moças a serem dignas de participar das ordenanças do templo. Em 2008, o valor virtude foi adicionado ao tema das Moças e ao programa do Progresso Pessoal.

Em 2019, um novo tema para a Organização das Moças foi apresentado durante a conferência geral. Além disso, mudanças na estrutura de classes foram feitas, e os nomes de classe de Abelhinhas, Meninas-Moças, e Laureis foram aposentados, segundo o relato do Church News. O programa para Crianças e Jovens também substituiu o Progresso Pessoal, de acordo com o Deseret News.

“Agora, em 2020, há centenas de milhares de moças em todo o mundo em 182 países, falando mais de 170 idiomas, todas se esforçando para seguir o Salvador. Você está fazendo a diferença. Você é maravilhosa”, diz a Presidente Cordon em um vídeo, onde convida as moças para o evento. “Ore sobre o que você pode fazer para fazer a diferença.”

As interessadas em participar no evento Cara a Cara com a Presidência Geral das Moças podem enviar perguntas em: ChurchofJesusChrist.org. O evento será realizado no dia 15 de novembro de 2020, às 16h, horário de Salt Lake City.

Fonte: LDS Living 

Relacionado:

Irmã Joy D. Jones: “Sei que os céus estão tão abertos para as mulheres quanto para os homens”