Cápsula do tempo do Templo de Salt Lake é aberta após 128 Anos

Em 6 de abril de 1892, a cerimônia de assentamento da pedra de cume do Templo de Salt Lake foi um evento histórico para a A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Uma multidão de 30.000 pessoas se reuniu ao redor do templo, com outras 10.000 que assistiram de de ruas próximas, telhados e árvores.

A Antiga Cerimônia de Assentamento da Pedra Angular

O Presidente Gordon B. Hinckley falou sobre as cerimônias:

“Em cada novo templo realizamos uma cerimônia de assentamento da pedra angular seguindo uma tradição que remonta aos tempos antigos. Antes do emprego generalizado do concreto, grandes blocos de pedra eram colocados como alicerce. Depois que uma vala era escavada, as pedras eram assentadas para servirem de base. Partindo de uma das extremidades, construía-se o alicerce até chegar a uma pedra angular ou de esquina; então mudavam a direção até chegar à próxima, onde outra pedra era assentada; daquele ponto prosseguiam a construção até o próximo canto e dali até chegar ao ponto de partida. Em muitas situações, inclusive na construção dos primeiros templos da Igreja, as pedras angulares eram utilizadas em cada junção das paredes e assentadas durante uma cerimônia. A última pedra de esquina era chamada de pedra angular principal e seu assentamento era motivo de grande comemoração. Com essa pedra no lugar, o alicerce estava pronto para receber a estrutura da construção. Daí a analogia usada por Paulo para descrever a verdadeira Igreja:

‘Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos, e da família de Deus; Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina [ou angular]; No qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para templo santo do Senhor.'(Efésios 2:19–21)”

Cápsula do tempo

“A partir da construção do templo de Nauvoo, uma das pedras de esquina era oca de modo a conter documentos e outros artefatos relacionados ao templo. Essa prática continua atualmente, embora não sejam mais realizadas cerimônias de colocação da pedra de esquina elaboradas. Em alguns templos, inclusive os de Nauvoo e Salt Lake City, a colocação da pedra de cume do templo também era acompanhada de uma cerimônia, que incluía música, oração e brados de “Hosana”.”

Junto da pedra de cume, uma cápsula do tempo foi colocada contendo livros, fotos, cartas, notas, medalhões e moedas.

Após 128 anos, a capsula foi aberta.

“Não esperávamos encontrar muitas coisas porque sabíamos que o conteúdo da pedra não havia sido poupado dos efeitos climáticos durante os 128 anos que se passaram”, disse o Presidente Russell M. Nelson. “Mas queríamos estar lá de qualquer maneira, apenas estar perto e prestar homenagem aos líderes, artesões e pioneiros corajosos que, contra todas as probabilidades, construíram este templo magnífico. ”

O conteúdo da cápsula do tempo e suas condições

Alguns materiais, como uma placa de cobre, moedas e medalhões, estão em boas condições.

A placa de cobre folheada a ouro, descoberta na cavidade norte da cápsula, está inscrita com os nomes das Autoridades Gerais da Igreja presentes para as cerimônias de 6 de abril de 1853 e 1892.

Os livros, fotos, cartas e notas, por outro lado, sofreram danos significativos porque estavam cercados por cimento.

“O concreto solta água e fica quente a medida que seca”, disse Twitchell. “Os livros se tornaram esponjas para toda a umidade que o cimento criou no processo. ”

A equipe de conservação encontrou 12 livros, sete dos quais foram identificados:

  • A Voice of Warning, de Parley P. Pratt
  • Key to the Science of Theology, de Parley P. Pratt
  • Um exemplar do Livro de Mórmon (provavelmente uma edição de 1880 ou 1890)
  • A Bíblia Sagrada
  • A Pérola de Grande Valor (parte do cânone de escrituras da Igreja desde 1880)
  • The Martyrs (Sobre a vida e martírio de Joseph and Hyrum Smith)
  • Cartas trocadas entre o teólogo santo dos últimos dias Orson Spencer e o reverendo  William Cromwell

Parley P. Pratt fez parte do primeiro Quórum dos Doze Apóstolos da Igreja, estabelecido em 1835. Pessoas como Pratt e Orson Spencer eram importantes pensadores e autores na época.

As sete fotografias estão em um estado deteriorado devido ao cimento. Os jornais informaram que a capsula continha fotografias de Joseph e Hyrum Smith, Brigham Young, John Taylor, Wilford Woodruff, George Q. Cannon, Joseph F. Smith e do Templo de Salt Lake. Como não há uma fotografia conhecida de Joseph Smith, os historiadores estavam entusiasmados com a possibilidade de descobrir uma.

As fotografias ficaram coladas juntas devido à umidade do concreto. Assim, nenhuma fotografia foi recuperada.

Fonte: Newsroom

Relacionado:

Confira fotos do progresso da obra de renovação do templo de Salt Lake City

| Notícias

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *