Em Cottonwood Heights, estado de Utah, a polícia está procurando a pessoa (ou grupo) responsável por depredar quatro capelas de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias por quatro noites consecutivas.

Desde segunda-feira (25/06), quatro capelas tiveram grandes pedras atiradas através das portas de vidro da frente, possivelmente com o uso de um mini-foguete caseiro, disse o policial de Cottonwood Heights – Tenente Dan Bartlett. “Não há nenhuma evidência de que o autor tentou entrar em qualquer uma das igrejas ou roubar qualquer coisa”, disse ele.

Três das capelas foram na Bulevar Bengal e a quarta na Whitmore Way. Todas são capelas de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

capelas

Declarações das autoridades policiais sobre o acontecido nas capelas

O Tenente Bartlett disse que não há provas suficientes para chamar esses ataques de crimes de ódio.

“Precisamos mais do que isso para dizer que é um crime de ódio. É preciso mais do que uma janela quebrada”, ele disse.

Cottonwood Heights possui 18 capelas na cidade, 14 delas são capelas dos santos dos últimos dias, disse Bartlett.

Os danos a cada uma das capelas está avaliado em de cerca de U$D 1.000 (Aproximadamente R$ 3.900). O tenente policial disse que “os oficiais estão fazendo patrulhas extras em todas as capelas da cidade, mas pegar alguém no ato é difícil”. Comentou ainda que o suspeito poderia estar dirigindo e atirando pedras de um veículo, não necessariamente a pé.

capelas

A polícia espera, se os atos estão sendo praticados por um grupo de jovens, que pelo menos uma dessas pessoas do grupo façam a coisa certa e se apresente.

 Recentemente, uma depredação semelhante ocorreu a um templo da Igreja também por um vândalo. Foi em St. George – Utah (Aproximadamente 480 Km de distância de Cottonwood Heights). No dia 12 de maio de 2018. O templo permaneceu fechado para o conserto e restauração do ato destrutivo. Segundo o porta-voz da Igreja, Eric Hawkins, “Aproximadamente às 5:00 da manhã de hoje (12/05/2018), um indivíduo quebrou uma janela e entrou no Templo de St. George. Depois ele foi para o quinto andar do templo, danificando mobília, obras de arte e outros itens ao longo do caminho. Depois causar vários outros danos no quinto andar, ele foi contido pelos oficiantes do templo (não foi necessário o uso de força física) até que a polícia chegou e ele foi preso”.

Fonte: KSL.com

Relacionado:

Templo de St. George Utah fica fechado por motivo de vandalismo