Novo Manual Geral: Atualização inclui instruções sobre refugiados, chamados e conselhos

A última parte de atualizações da versão em inglês do Novo Manual Geral: Servir em A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias foi publicada hoje, 4 de agosto de 2021.

Um novo capítulo, dois capítulos reescritos, um capítulo expandido e muitas políticas administrativas atualizadas foram incluídas. Também revisões menores em outros capítulos foram incluídas.

Estas atualizações foram publicadas em inglês em ChurchofJesusChrist.org e no aplicativo Biblioteca do Evangelho, também em inglês. As traduções para outros idiomas acontecerão durante os próximos meses.

Partes traduzidas de atualizações anteriores do manual foram publicadas em outubro e novembro de 2020 e em janeiro de 2021. Todo o manual deverá ser atualizado em inglês até o final deste ano.

Esta revisão do manual, que começou em fevereiro de 2020, está acontecendo sob a direção da Primeira Presidência e do Quórum dos Doze Apóstolos. O texto guia os líderes em todo o mundo para melhor servir como Cristo. Também os ajuda a implementar e adaptar os programas, políticas e procedimentos da Igreja às suas circunstâncias.

O conteúdo foi simplificado e reduzido; e se tornou mais adaptável para congregações de todos os tamanhos em todo o mundo. As revisões mais substanciais foram listadas abaixo.

Também pode ser interessante: Atualizações no novo manual da Igreja incluem idade máxima de serviço para jovens missionárias

  • Capítulo 4: “Liderança e Conselhos em A Igreja de Jesus Cristo”. O título mudou para incluir “e Conselhos.” O capítulo foi expandido para incluir informações gerais sobre os conselhos, incluindo algumas informações que estavam anteriormente no capítulo 7.
  • Capítulo 5: “Liderança Geral e de Área”. Este novo capítulo descreve o trabalho e as responsabilidades dos líderes e conselhos gerais e de áreas da Igreja. Explica também a responsabilidade do novo chamado de consultoras de organizações de área.
  • Capítulo 20: “Atividades”. Este capítulo reescrito inclui uma opção para organizar um comitê de atividades da ala em grandes alas, esclarece as instruções sobre unidades de adultos solteiros que realizam atividades na segunda-feira à noite, atualiza as instruções sobre atividades multi-estaca e de área, e atualiza as políticas sobre as conferências FSY.
  • Capítulo 30: “Chamados na Igreja”. Este capítulo reescrito inclui instruções que dizem que, quando possível, os membros devem servir em chamados o tempo suficiente para estabelecer fortes laços com aqueles a quem servem. O capítulo também explica quem pode chamar e ordernar secretários de estaca e de ala.

Relacionado: Novo Manual Geral: 4 capítulos estão disponíveis em português

Outros conteúdos novos e atualizados

Os bispados e as presidências de estaca podem agora ter dois secretários executivos assistentes para ajudar os secretários executivos de ala e de estaca em suas funções. Ver seções 6.4.1 e 7.3 para mais informações.

Um novo tópico sobre refugiados (38.8.35) diz que os Santos dos Últimos Dias, “como parte de sua responsabilidade de cuidar dos necessitados, […] oferecem seu tempo, talentos e amizade para acolher refugiados como membros de suas comunidades.” Esse ponto direciona os leitores para: ChurchofJesusChrist.org/refugees.

Uma seção separada intitulada “Imigração” encoraja a mostrar a mesma atitude acolhedora para com os imigrantes.

A seção intitulada “Atividade Política e Cívica” (38.8.30) foi atualizada. Mesmo quando a Igreja toma uma posição sobre um assunto político, a seção diz, a Igreja “não pede aos delegados [que compõem o Colégio Eleitoral] para votar de uma determinada maneira ou para tomar uma determinada posição. Os membros que são eleitos delegados tomam as suas próprias decisões. Estes delegados podem não concordar um com o outro ou com uma posição publicamente declarada da Igreja. Eles não falam pela Igreja.”

Além disso, a seção agora diz que “as escolhas políticas e as afiliações não devem ser objeto de quaisquer ensinamentos ou debate nos ambientes da Igreja. Os líderes asseguram que as reuniões e atividades da Igreja estejam concentradas no Salvador e no Seu evangelho. Os membros não devem julgar-se mutuamente em questões políticas.

Também pode ser interessante: Pessoas com opiniões políticas diferentes das suas não são suas inimigas

oaks

Os Santos dos Últimos Dias fiéis podem pertencer a uma variedade de partidos políticos e votar em uma variedade de candidatos. Todos devem sentir-se bem-vindos nos ambientes da Igreja.”(Leia comentários similares no discurso da conferência geral de abril de 2021 do Presidente Dallin H. Oaks)

Uma seção chamada “Privacidade dos Membros” (38.8.31) foi expandida. Os líderes locais são instruídos a não “armazenar ou compartilhar informações confidenciais da Igreja fora dos aplicativos, sistemas ou serviços de internet fornecidos pela Igreja.” Tais informações incluem o status de membro da Igreja de uma pessoa, as necessidades temporais, e quaisquer outras informações pessoais que não estejam publicamente disponíveis.

A seção sobre “Empresas” (38.8.7, anteriormente chamado de “Agências de namoro e encontros para membros solteiros”) diz que “reuniões de Igreja e outras instalações, reuniões de Igreja e aulas, e sites da Igreja e canais de mídia social não podem ser usados para promover qualquer empresa ou entidade não pertencente à Igreja.”

As políticas sobre casamentos no templo somente para esta vida (27.3.3) e casamentos civis (38.3.1) foram atualizadas para refletir anúncios recentes. Casamentos somente para esta vida não são mais realizados no templo. Um líder autorizado da Igreja só pode realizar um casamento civil quando a noiva ou o noivo é um membro da unidade da Igreja sobre a qual o líder preside.

Fonte: Newsroom

| Notícias

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *