“A fé escolhida de forma livre é a marca de uma estável e forte sociedade,” disse o Apóstolo Mórmon Neil L. Andersen. Ele participou de um grande encontro global de líderes governamentais, empresários, e formadores de opinião.

Sobre o evento

Horasis é uma think thank (organização de pesquisa que analisa problemas e propõe soluções em áreas políticas ou sociais) localizada em Zurique – Suíça. Para suas reuniões globais a organização convida uma comunidade de mais de 400 líderes de 70 países para buscar soluções para os desafios mais críticos que corporações e sociedades enfrentam.

Líderes religiosos

Este ano, pela primeira vez, Horasis recebeu líderes religiosos em uma sessão para discutir como sociedades podem desenvolver confiança, fé e união para permitir que o progresso assimile surpresas econômicas, políticas e espirituais geradas local ou globalmente.

“Nós acreditamos em união” disse o presidente da Horasis, Dr. Frank-Jürgen Richter. Ele também acrescentou: “É um grande tema do encontro. Por isso, gostaríamos de envolver todos os interessados: Líderes de negócios, governo, sociedade civil e religião. ”

Elder Andersen foi acompanhado pelo Cardeal Peter Turkson, Presidente do Conselho para Justiça e Paz da cidade do Vaticano, e Canon Sarah Snyder, Arcebispo do Centro de Aconselhamento e Reconciliação de Canterbury e teóloga especializada em relações Judaicas/Cristãs/Muçulmanas.

Trabalhar em conjunto

“É uma honra sentar em uma plataforma ao lado de líderes de outras tradições de fé. ” Disse Snyner, “Eu passei toda minha vida trabalhando não em um silo, mas com pessoas de fora de minha igreja, com diferentes denominações dentro da igreja, e com pessoas sem nenhuma religião. Uma das coisas que eu adoro é que nós aprendemos que ao invés de virar as costas uns para o outros, nós podemos ficar face a face, e eventualmente sair de ombro a ombro. ”

Seguindo os comentários de Snyder, Elder Andersen acrescentou:

“Confiança e união são promovidas tremendamente por todas as religiões presentes aqui, e muitas outras em todos os continentes. ”

Elder Andersen deu ênfase que pessoas de diferentes crenças devem deixar de lado diferenças inevitáveis e trabalharem juntos em causas comuns para o bem.

“Estas são as pessoas que estão por todo o mundo, fazendo o bem, tentando ajudar os pobres e refugiados, tentando ser uma força para a paz, e nós queremos participar nessas questões juntamente deles. “ Elder Andersen disse, falando sobre as pessoas no palco.

“Nós queremos dialogar mais e mais com outros fora de nossa congregação. [O Quórum dos Doze Apóstolos é] uma testemunha de Cristo por todo o mundo. ”

____

Fonte: Mormon Newsroom