Templo de Curitiba e Templo de Porto Alegre estão com suas operações pausadas

A Igreja de Jesus Cristo anunciou que no dia 8 de março dois templos no México (Templo de Guadalajara e Templo de Monterrey) passarão para a Fase 1 da abertura gradual. Ao mesmo tempo, dois templos aqui no Brasil (Templo de Curitiba e Templo de Porto Alegre) pausarão suas atividades por conta das restrições relacionadas com a COVID-19.

O Templo de Manaus, no Estado do Amazonas, continua com suas operações pausadas.

A reabertura dos templos ocorrerá de maneira cautelosa, cuidadosamente planejada e coordenada, com base nas restrições do governo local e conforme autorizado pelo Departamento de Templos. As quatro fases da abertura são projetadas para reduzir riscos, acomodar a demanda e a capacidade do templo e observar quaisquer restrições de saúde relevantes no distrito do templo.

Fase 1: Aberto apenas para selamentos próprios restritos. Serão feitos selamentos próprios somente para membros já investidos previamente sob diretrizes e precauções de saúde rigorosas.

  • 12 templos do mundo estão na Fase 1

Fase 2: Aberto apenas para todas as ordenanças próprias. Serão feitas todas as ordenanças próprias. Alojamentos, refeitórios e outros serviços continuarão suspensos.

  • 124 templos estão na Fase 2

Fase 3: Aberto para todas as ordenanças com restrições. Serão feitas ordenanças vicárias de maneira restrita.

  • 14 templos estão na Fase 3

Fase 4: Aberto para trabalho regular no templo. O templo volta para sua atividade regular.

  • 0 templos estão na Fase 4

Operações em pausa: 9 templos estão com operações pausadas por conta das restrições da COVID-19.

  • Templo de Arequipa, Peru
  • Templo de Curitiba, Brasil 
  • Templo de Lima, Peru
  • Templo de Londres, Inglaterra
  • Templo de Manaus, Brasil
  • Templo de Cidade do México, México
  • Templo de Porto Alegre, Brasil
  • Templo de Preston, Inglaterra
  • Templo de Trujillo, Peru

Fonte: Newsroom

| Notícias Locais

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *