Mãos que Ajudam as vítimas de escalpelamento

“Foi a maior doação de cabelos que a Organização dos Ribeirinhos Vítimas de Acidente de Motor (ORVAM) recebeu!” A declaração foi feita pela senhora Cristina Santos, Assistente Social, Fundadora e Presidente da ORVAM em Belém. O projeto que foi desenvolvido pelo Programa Mãos que Ajudam, de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, contou com a participação de membros e de muitos amigos da Igreja, além de importantes parcerias tais como: Torcida Remista, Instituto Embelezze, ASSEDUC – Servidores da Secretaria de Educação, Ginástica e Help – de jovens da Igreja Católica e da Secretaria Municipal de Educação.

O projeto teve seu lançamento no dia 30 de abril, com um “Chá das Mulheres”, onde todas as mulheres da Igreja de Jesus Cristo e suas amigas foram convidadas a participar. Assim sendo, ao longo do mês de maio, as voluntárias puderam doar. As doações também chegaram de outras regiões, como Castanhal que participou ativamente do projeto. A conclusão da ação ocorreu no sábado, 21, em grande evento realizado na Praça Batista Campos. A meta inicial era arrecadar a doação de 180 cabelos.Todavia, devido ao grande envolvimento das voluntárias e grande expressão de amor, a meta superou 600 doações.

A senhora Cristina Santos, da ORVAM, que estava muito feliz comentou: “Eu não esperava tamanho sucesso na arrecadação de cabelos. Independente da pessoa querer doar cabelo, ela precisa saber doar amor, ser solidário, isso não tem preço. As vítimas de escalpelamentos precisam de muito ajuda. Infelizmente esses acidentes com motores de barcos são mais comuns do que imaginamos. Agradeço a Igreja de Jeusus Cristo por esta iniciativa”. A ação Mãos que Ajudam a ORVAM, arrecadou os cabelos, mas não somente isso, também roupas e materiais de higiene e limpeza.

Voluntárias do programa Mão Que Ajudam

Voluntárias do programa Mãos que Ajudam doam seus cabelos para vítimas de escalpelamento no Pará. Imagem via saladeimprensamormon.org.br.

A imprensa local deu ampla cobertura ao evento – o que sem dúvida contribui para que as pessoas pudessem ter conhecimento da ação e sentirem o desejo de realizar a doação. Por exemplo, no dia anterior ao projeto, a TV Liberal, afiliada da Tv Globo, Rede Bandeirantes – RBA TV e TV Cultura divulgaram o evento de arrecadação. Marcia Leal, 34 anos, recém conversa da Igreja, cortou seus cabelos castanhos naturais e doou nesta campanha: “Soube pelo anúncio que foi dado. Nunca imaginei cortar meu cabelo. O que me motivou foi pensar que, se Jesus Cristo deu a vida por nós, por que eu não posso doar meus cabelos para aquela que não tem? O meu cabelo vai crescer de novo, o delas não, se cada um, de nós, fizesse um pouquinho, nós teríamos um mundo muito melhor ”. O Presidente Salvador Rocha, da Estaca Cabanagem, concedeu entrevista para a TV Band e mencionou: “Estamos aqui para seguir o exemplo de Jesus Cristo. Servir e doar de nós ao próximo”

 

Leia mais em saladeimprensamormon.org.br.