Escrever Traduzir

“Para minha completa surpresa, eu percebi que o Livro de Mórmon foi traduzido perfeitamente to Egípcio, não do moderno, mas do Egípcio Antigo.Eu percebi que faltavam alguns pronomes no Egípcio então eu acrescentei alguns pronomes em Hebreu”

Nossa história começa com um linguista talentoso em 1971.Naquele tempo, o Livro de Mórmon era criticamente necessário na língua Africana na África do Sul.Então, para atender essa necessidade, o presidente da missão naquela época, Harlon Clark, encontrou com o Professor Feliz Mynhardt da Universidade de Pretoria, um membro da Igreja Holandesa Reformada que era fluente em muitas línguas, incluindo inglês, hebreu, egípcio antigo e língua africana.Mynhardt rejeitou a oferta, sabendo que a sua universidade e igreja não apreciariam ele ajudar os Mórmons.

Mas, naquela noite enquanto Mynhardt estava orando, o Espírito o repreendeu.Por algum tempo, Mynhardt esteve orando ao Senhor pedindo uma maneira de usar suas habilidades linguísticas para o bem.O Espírito sussurou a Ele que o Senhor deu a ele o Livro de Mórmon para traduzir.Depois de uma noite sem dormir, ele chamou o President Clark na manhã seguinte e o contou que ele o faria.

Conforme seu hábito, Mynhardt não começou pelo início do Livro de Mórmon.Ao invés disso, ele foi para a metade do livro e reconheceu imediatamente de forma o surpreendeu, que o Livro de Mórmon não foi escrito em inglês.Com seus dons linguísticos, ele sentiu que a melhor maneira seria de traduzir do inglês para sua língua original, e depois traduzir para a língua Africana—mesmo que fosse mais difícil.Dessa maneira, ele teria mais precisão na tradução.

Ele investiu meses tentando muitas línguas diferentes.Ele “finalmente tentou Egípcio” e disse:”Para minha completa surpresa, eu percebi que o Livro de Mórmon foi traduzido perfeitamente to Egípcio, não do moderno, mas do Egípcio Antigo.Eu percebi que faltavam alguns pronomes no Egípcio então eu acrescentei alguns pronomes em Hebreu

livro de mórmon áfrica

“Quando olhamos esse evento histórico, podemos ver a mão do Senhor guiando seu trabalho e inspirando Mynhardt”

Quando ele começou a tradução, foi tocado no íntimo da sua alma quando leu”Eu Néfi… faço um registro de acordo com a língua do meu pai, que consiste no conhecimento dos judeus e na língua dos egípcios” Quando compartilhou essa experiência em uma conferência de estaca em Joanesburgo, ele disse: “Eu poderia ter poupado meses de trabalho se eu simplesmente tivesse começado do ínicio” ele soube que Joseph Smith foi um profeta devido a seu trabalho traduzindo o Livro de Mórmon para a língua Africana.Brincando, ele disse depois: “Quantos pessoas que falam inglês escreveriam ou falariam “E aconteceu que”?” todos riram.

Professor Mynhardt sentiu-se chamado por Deus para realizar essa importante tradução.Quando olhamos esse evento histórico, podemos ver a mão do Senhor guiando seu trabalho e inspirando Mynhardt.Naquela época, ele era provavelmente a única pessoa no planeta que sabia inglês, hebraico, egípcio antigo e língua africana fluentemente.

Enquanto se maravilhava com a maneira quase milagrosa de Mynhardt com as línguas, o Bispo Johannes P.Brummer—um homem que havia começado inicialmente a tradução do Livro de Mórmon para a língua africana antes de entregar a Mynhardt—disse: “Eu posso te dizer que eu não tenho dúvida sobre isso, quando Feliz Mynhardt apareceu no meu escritório naquele determinado dia, não foi somente uma coincidência.Ele foi enviado pelo Senhor”

Escrito por David W. Allan no site LDSLiving.com, traduzido por Viccenzo Benatti.