Jesus Ensinando no Templo ainda jovem

Imagem via mormom.org.

Uma Missão de Vida

A história do jovem Jesus ensinando no templo é especial de muitas maneiras. É a única história que temos sobre o Salvador além de Sua infância e antes de sua vida adulta. Nos ajuda a ver que mesmo quando tinha 12 anos, Ele tinha uma compreensão de Sua missão de vida.

Como Jesus, todos temos uma missão e somos importantes na história da humanidade. Ao achegar ao Pai Celestial em oração, podemos receber entendimento do que Ele deseja que façamos com nossas vidas. Nosso Pai Celestial e Jesus Cristo sempre desejarão que usemos nos talentos e habilidades únicos para servir e elevar outros. Só precisamos perguntar a Eles sobre como fazer isso. Quando descobrimos o que Eles desejam que façamos, temos o potencial de preencher nossas vidas com propósito e trazer uma felicidade que ainda não conhecíamos.

Compreendendo os Negócios do Pai

Quando Maria achou Jesus no templo, depois de procurar por três dias, ela perguntou a Ele o porquê Dele ter deixado ela e José e feito com que eles se preocupassem com sua localização. Sua resposta foi simples e profunda. Ele gentilmente respondeu a questão, perguntando a ela o porquê dela estar procurando por ele. Ele então explicou que estava cuidando dos negócios de Seu Pai.

Quando fazemos o nosso melhor para amar e servir a outros, também estamos cuidando dos negócios de nosso Pai Celestial, que somos nós – todos nós. Nós somos o Seu negócio. Tudo sobre nós importa para Ele, e Ele deseja que nós sintamos Seu amor e alcancemos nosso potencial. Quando estamos engajados nos negócios de Deus, estamos ajudando uns aos outros a crescerem e sentirem amados e valorizados. Quando servimos um ao outro, estamos mostrando simultaneamente ao Pai Celestial que O amamos e entendemos o que Ele quer que façamos com nossas vidas.

Ensinar com Perguntas

No relato do Cristo de 12 anos ensinando no templo, aprendemos que Maria e José O acharam “assentado no meio dos mestre, ouvindo-os, e interrogando-os”. Já se perguntou se Cristo estava fazendo perguntas para aprender ou se Ele estava fazendo perguntas para ensinar? Na próxima passagem de escrituras, diz que “E todos os que o ouviam admiravam a sua inteligência e respostas”. Isso sugere que Cristo já tinha as respostas e estava usando questões que os faziam pensar para ensinar e guiar os homens instruídos a descobrirem mais da verdade por si mesmos.

Mesmo numa terna idade, o Cristo era um mestre do ensino. Está escrito que Ele cresceu, Ele “se fortalecia em espírito, cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava sobre ele”. Enquanto era muito jovem no templo, Ele providenciou um sábio exemplo de como ensinar.

Perguntas que fazem pensar são muito efetivas no ensino – mesmo ensinando crianças pequenas. Quando as pessoas que ensinamos pensam cuidadosamente numa questão por si mesmos, eles tem a oportunidade de obter uma forte conexão pessoal com os princípios da verdade.

Obter Mais das Escrituras

Quando estudamos a vida do Salvador, sempre há lições mais profundas e ricas em significado a serem encontradas além das palavras escritas das escrituras. Ao ler relatos da vida do Salvador – não importa Sua idade – e perguntando a nós mesmos questões sobre o que lemos, podemos descobrir por nós mesmos as verdades que ele compartilhou por meio de Sua vida.

 

Artigo original em mormon.org. Traduzido por Esdras Kutomi.