No início de 2004, Robert C. Gay e sua esposa Lynette, sentaram-se no escritório de um Apóstolo de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. O casal, membro da Igreja estavam enfrentando questões desafiadoras com a família e participavam de grandes projetos humanitários em todo o mundo e o trabalho do Élder Gay como sócio gerente sênior de uma empresa de investimento global.

Mesmo assim, naquele dia, o apóstolo pediu que deixassem de lado suas vidas por três anos, para serem presidente de missão e companheira de uma das 337 missões de fé. Ao considerar a agitação de suas vidas, eles recusaram educadamente.

O apóstolo disse: “Lynette, você será uma excelente missionária e companheira de seu esposo”. Então, voltando-se para Robert (agora Élder Gay da Presidência dos Setenta), ele falou com uma franqueza inconfundível. “Você realmente não entendeu”.

“O Senhor está te chamando para salvar sua vida. Você viverá sua vida por convênio ou conveniência? Não há um momento conveniente para servir. Isto é uma questão de fé. Ou você acredita que o Senhor abençoará sua vida com as bênçãos que você precisa ao a cumprir com as prioridades Dele, ou não.”

O Élder Gay ficou atordoado. Após refletir em oração, ele e Lynette perceberam que suas vidas estavam desequilibradas com relação a sua fé e Igreja. Eles escolheram servir a missão em Acra, Gana.

Uma vida com as prioridades de Deus

“Uma vida no convênio é uma vida mais equilibrada, vivida de acordo com as prioridades de Deus, não de acordo com os nossos próprios interesses”, disse o Élder Gay no domingo, 3 de maio de 2020, durante um devocional para os jovens adultos dos Santos dos Últimos Dias de todo o mundo.

“Desde então, nossas vidas não são as mesmas. Temos sido muito abençoados por Seu amor e orientação. Se eu sei de alguma coisa, é que essa mesma bênção será sua, ao você permanecer fiel no caminho de Seu convênio. Deus quer salvar a sua vida.”

Como você está gerenciando sua vida?

Alguns anos antes de se casar, o Élder Robert C. Gay dirigiu de Provo, Utah, para Rexburg, Idaho, para visitar a Irmã Lynette Gay. Quando eles deixaram o apartamento, a irmã Gay perguntou ao Élder Gay se podia dirigir seu carro. Ela não tinha carro, e já fazia um tempo desde que havia dirigido. “Claro”, ele disse.

No meio de uma colina perto de seu apartamento, a irmã Gay perguntou se havia uma placa de ‘Pare’ no final da rua. De fato, havia uma placa de ‘Pare’. “Por que, você não vê?”, perguntou o Élder Gay.

A irmã Gay respondeu: “Porque não estou usando meus óculos e não consigo ver enxergar bem sem eles”.

Ao contar essa experiência, o Élder Gay perguntou: “Como vocês estão conduzindo sua vida? Está conduzindo sua vida com os óculos necessários para enxergar a realidade de forma clara?”

Para combater o adversário que pretende impedir que os filhos de Deus vejam as coisas como realmente são e serão, é preciso “enxergar” com os olhos da verdade dos mandamentos e dos convênios de Deus, ele disse.

“Ser discípulo de Cristo significa submeter-se ao que o Senhor pede de você, por mais difícil ou injusto que seja. Os desafios das provações da vida nunca descerão abaixo do escopo da Expiação de Jesus Cristo.”

Não duvide que pode fazer a coisa certa

“Nunca duvidem que o Senhor é capaz de abrir toda porta eficaz, de tranquilizá-lo em meio a conflitos de fé, de ajudá-lo a garantir trabalho, educação e força para viver em retidão ou o que mais for necessário para atingir seu pleno potencial. Não há erro ou luta que não possa ser curada através Dele.”

Além de se submeterem à vontade de Deus, os discípulos de Jesus Cristo se fortalecem. “Meus queridos amigos, nada é mais estimulante do que compartilhar a Luz de Cristo e de Seu evangelho”, disse o Élder Gay.

“Nada além do evangelho de Cristo pode trazer paz às nações, salvar o mundo da pobreza ou elevar outras pessoas a felicidade constante”.

Ele entende você

A irmã Gay compartilhou conselhos semelhantes: “Podemos não ver ou entender completamente o que pode estar se voltando para nós, acima ou atrás de nós, mas podemos ter certeza de nosso trajeto diário se O ‘ouvirmos’”.

“Quando ninguém mais entende, Ele entende você”, disse a irmã Gay. “Com amor, os exorto a olhar para o Salvador todos os dias, não muito longe. Voltem-se para Ele com fé no que vocês sabem ser verdade. Não deixem que suas dúvidas, medos ou coisas que os mantenham acordados à noite os afastem da proteção e do poder do Espírito Santo e das promessas de nosso Salvador, Jesus Cristo.”

Uma promessa encorajadora

O Élder Gay encerrou seu discurso com uma promessa:

“Ao desejarem se esforçar sinceramente para serem convertidos e viverem por convênio e não por conveniência, e se submeterem à vontade de Deus ao fortalecerem outras pessoas, vocês encontrarão todas as bênçãos e milagres que necessitam para ter sucesso nesta vida e estarem capacitados para retornar ao seu Pai Celestial e receberem alegria eterna”.

Fonte: The Church News

Relacionado:

AO VIVO – Devocional Mundial para Jovens Adultos em Português