Quando Você Já Está Cansada e Não Pode Fazer Mais Nada

[et_pb_section bb_built=”1″][et_pb_row][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text _builder_version=”3.0.63″ background_layout=”light” text_orientation=”left” border_style=”solid”]

Por Sharon Eubank, Primeira Conselheira na Presidência Geral da Sociedade de Socorro

Se você já pensou “Eu não aguento fazer mais nada!” Ou “Como Deus espera que eu faça isso?”, então você sabe como eu tenho me sentido nos últimos meses. Se você se sentir assim, espero que alguma coisa de minhas experiências possa ser útil para você.

[/et_pb_text][et_pb_text _builder_version=”3.0.63″ background_layout=”light” text_orientation=”left” border_style=”solid”]

Um novo chamado

Era fevereiro e eu estava em meu escritório, no departamento de serviços de caridade SUD quando o telefone tocou. A voz do outro lado perguntou se eu poderia encontrar o presidente Eyring às 13:00.  Na minha cabeça eu tinha uma resposta graciosa, tenho certeza disso, mas a minha boca disse: “Uh, hoje?”

Em todo o meu trabalho como diretora dos serviços de caridade SUD, não interajo muito com a Primeira Presidência. Eu nem tinha certeza de qual escritório era o do presidente Eyring. Quando cheguei, ele estava animado e tentou me colocar à vontade perguntando sobre minha família e meus outros planos. Finalmente ele se sentou, abriu uma pasta e fez um chamado para que eu fosse a Primeira Conselheira na Presidência Geral da Sociedade de Socorro. Fiquei feliz porque adoro a Sociedade de Socorro. E triste porque teria que deixar tudo o que estava fazendo no departamento de serviços de caridade e os esforços humanitários da Igreja em todo o mundo. E então ele disse: “Agora, esse é seu chamado na Igreja, e gostaríamos de pedir-lhe para manter o seu trabalho como diretora dos serviços de caridade também”.

Eu acho que ele falou por vários minutos depois disso, mas eu realmente não sei, porque eu não ouvi mais nenhuma palavra depois desse ponto. Minha cabeça explodiu. Meu cérebro desligou. A frase que se repetia na minha mente era “Como eu vou fazer isso?”

[/et_pb_text][et_pb_text _builder_version=”3.0.63″ background_layout=”light” text_orientation=”left” border_style=”solid”]

Como vou fazer isso?

Também me perguntei simultaneamente: quem é a nova presidente? Quando ele me disse que era Jean Bingham, eu tive um sentimento de calma incrível. Eu sabia que Jean Bingham estava servindo na Presidência Geral da Primária. No verão de 2016, eu pedi às presidências das mulheres se elas poderiam designar alguém para me acompanhar em uma visita ao campo de refugiados na Uganda. Oito meses antes, eles escolheram Jean Bingham. Ela e eu estaríamos saindo em viagem em 48 horas. Se o Senhor sabia oito meses atrás que Jean Bingham e Sharon Eubank viajariam juntas e seriam chamadas para a Sociedade de Socorro ao mesmo tempo, não devia haver erro algum. Algo sobre isso me deu grande coragem e calma.

Mas por dentro ainda tinha um fio de pânico. Eu tinha três problemas muito grandes. O primeiro foi que eu sentia que, se o presidente Eyring realmente me conhecesse por dentro, ele não teria me chamado para essa posição. Se Jean Bingham passasse alguns dias comigo, ela talvez visse que eu não era tão adequada para aquele chamado.

[/et_pb_text][et_pb_image _builder_version=”3.0.63″ src=”https://mormonsud.net/wp-content/uploads/2017/07/sharon2.jpg” show_in_lightbox=”off” url_new_window=”off” use_overlay=”off” sticky=”off” align=”left” always_center_on_mobile=”on” border_style=”solid” force_fullwidth=”off” /][et_pb_text _builder_version=”3.0.63″ background_layout=”light” text_orientation=”left” border_style=”solid”]

Responsabilidades

O segundo problema era que eu não conseguia entender a logística para fazer o meu trabalho, cuidar de minha família, cumprir meu chamado e não sacrificar parte do meu próprio espírito. Eu sabia que não tinha a capacidade de fazer tudo o que era necessário nessas quatro áreas, e senti como se as sementes da minha própria destruição tivessem sido semeadas. No mínimo, eu iria ir mal em todas elas, e a chance era grande de que eu falharia em mais de uma delas.

E o terceiro era que eu já estava cansada.

Um dia, eu estava limpando uma gaveta no meu quarto quando achei uma pequena nota escrita atrás de em uma pequena papeleta do dízimo de setembro de 2011. Tentando descobrir de onde aquilo veio, lembrei-me vagamente de estar em uma reunião da Sociedade de Socorro com a irmã Julie Beck.

[/et_pb_text][et_pb_testimonial _builder_version=”3.0.63″ url_new_window=”off” quote_icon=”on” use_background_color=”on” quote_icon_background_color=”rgba(255,255,255,0)” background_layout=”light” text_orientation=”center” border_style=”solid” body_text_color=”#0375aa”]

“As pessoas vêm para serem elevadas”.

[/et_pb_testimonial][et_pb_image _builder_version=”3.0.63″ src=”https://mormonsud.net/wp-content/uploads/2017/07/sharon3.jpg” show_in_lightbox=”off” url_new_window=”off” use_overlay=”off” sticky=”off” align=”left” always_center_on_mobile=”on” border_style=”solid” force_fullwidth=”off” /][et_pb_text _builder_version=”3.0.63″ background_layout=”light” text_orientation=”left” border_style=”solid”]

Ao ler o velho papel em minha mão, senti imediatamente que esse papel amarelo e amassado flutuava para o topo da minha gaveta desarrumada por algum motivo. O que posso dizer é:

[/et_pb_text][et_pb_testimonial _builder_version=”3.0.63″ url_new_window=”off” quote_icon=”on” use_background_color=”on” quote_icon_background_color=”#f5f5f5″ background_layout=”light” text_orientation=”left” border_style=”solid”]

“Quando você estiver com as pessoas, lembre-se de que elas estão cheias de problemas. Eleve-as para um plano maior. As pessoas vêm para ser levantadas. Construa. Traga o conforto do Espírito. Não traga novos programas ou tarefas. As pessoas precisam ser elevadas.”

“Quando você não puder fazer mais nada, quando você ultrapassar sua capacidade de dar, então sente em paz. Convide o Espírito Santo e os anjos para que venham até você. Fique calma e seja reabastecida”.

[/et_pb_testimonial][et_pb_text _builder_version=”3.0.63″ background_layout=”light” text_orientation=”left” border_style=”solid”]

Uma resposta

Eu sabia que essa era uma resposta para meus três problemas. Eu não tive que citar o manual e/ou memorizar a lista das presidentes da Sociedade de Socorro partindo de Emma Smith até Linda Burton, vestir-me todos os dias em pérolas e fazer minha voz parecer reverente. Meu trabalho na Sociedade de Socorro era simplesmente levantar e edificar outros.  

Minha família, meu “reino”, ainda era minha principal responsabilidade. Eu tinha que me certificar de que não falhar no caminho, enquanto eu não estava sendo a Conselheira Geral da Sociedade de Socorro.

E, finalmente, talvez o mais importante, se eu estivesse muito cansada e não pudesse ver uma maneira de fazer equilibrar um chamado, trabalho, família e ter tempo para mim mesma, eu poderia invocar o Espírito Santo e os anjos para me ajudar. O Senhor abriria um caminho ou me mostraria o que não fazer.

Ele fez exatamente isso. Eu encontrei respostas para os três  problemas. E você também pode. Essa pequena fórmula rabiscada na parte de trás de um recibo de dízimo foi uma revelação para mim e trouxe o alívio que eu precisava de maneira nova.

Deus não me esqueceu em meus problemas e, ao orar por respostas para você mesmo, Ele não vai esquecer você também.

Esse artigo foi traduzido do inglês: Lds.org – When you are already tired and can’t do one more thing.

[/et_pb_text][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

| Inspiração
Publicado por: Inaê Leandro
Inaê Leandro é estudante de Administração, escritora e foi Jovem Senadora em terceiro lugar por Minas Gerais, no Prêmio Jovem Senador, do Senado Federal. Atua como voluntária no Instituto Oikon e mantém juntamente com amigos, o site suscitare.com.br.
Tribunal da Rússia decide que deportação de voluntários mórmons é ilegal
Justiça da Rússia decide que deportação de missionários mórmons...
Cara a Cara - jovens artistas - Nicole Luz
Evento Cara a Cara terá a presença da brasileira Nicole Luz e outros...

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *